24/25 de fevereiro de 2019

Frase do dia

Há um tempo para partir, mesmo quando não há um lugar certo para ir. (Tennessee Williams)

Cadê a linha?

Uma inesperada e desagradável surpresa decorrente da queda de parte da estrada RJ14, na ligação entre Itacuruçá e Muriqui, foi o simples desaparecimento (sem maiores explicações) da linha 122T, que faz a ligação Mangaratiba x Itaguaí, via Axixá. Com a ausência desse transporte regular, estão prejudicados não só os moradores da região, como também todos os que necessitam seguir para Mangaratiba, vez que apenas Vans estão fazendo o percurso.

Solidariedade

Louvável, em todos os aspectos, a iniciativa do vereador Wlad da Pesca em apresentar à câmara municipal de Mangaratiba o projeto “Escola melhor”, cujo pontapé inicial se deu a partir da disposição de um empresário da ilha de Jaguanum em assumir os custos da instalação de um poço artesiano na escola da praia da Catita. Pretende ele, a partir desse projeto, incentivar moradores e empresários do município a colaborar, na medida das possibilidades de cada um, com melhores condições de acolhimento de nossas crianças.

Solidariedade II

Lembrando a passagem bíblica constante em Mateus 6, que diz, a respeito dos gestos de caridade: “Não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita”, é oportuno lembrar que já existem muitos empresários no município que auxiliam e apoiam, de forma anônima, pequenas necessidades de diversos setores da administração municipal, independente de quem ou qual grupo político está no poder. Só para exemplificar, podemos citar a implantação de câmeras de vigilância em Muriqui, patrocinada por um empresário local; a realização de eventos culturais relacionados à história de Mangaratiba, patrocinado por uma pousada ou, mais recentemente, o conserto de buracos nas ruas ou a instalação de equipamentos elétricos no posto de saúde de Itacuruçá, cujos custos foram totalmente arcados por um comerciante da área de materiais de construção.

Sem marolas

Começaram a circular nas redes sociais “prints”, da marcação de uma audiência de instrução e julgamento, prevista para acontecer no próximo dia 12 de março, a respeito de uma denúncia do ministério público cujo objeto da ação é uma representação que investiga uma possível captação ilícita de sufrágio e abuso nas eleições suplementares de 2018, para o cargo de Prefeito e Vice-Prefeito. A audiência será realizada no Fórum de Mangaratiba, pelo Juiz Dr. Marcelo Borges. Por conta deste processo judicial, em última instância, o atual prefeito e seu vice poderão até ter seus diplomas cassados. No entanto, como se pode constatar em praticamente todas as eleições de todos os municípios brasileiros, esse tipo de ação é absolutamente comum ao final de todos os processos eleitorais. Alem do mais, caso o juiz titular da 54ª. Zona Eleitoral considere, nessa AIJ, que existem motivos para o prosseguimento da ação, o caminho até uma decisão final da justiça é longuíssimo. Basta lembrar que o ex-prefeito Aarão, enquanto discutia judicialmente se estava elegível ou inelegível, cumpriu quase dois anos de mandato.

Hora de fiscalizar

Reclamação de uma moradora: “Gostaria de saber se o carro que vende empadinha a 1,00 que passa na praia prá lá e pra cá tem licença para tal. Porque, além de ser irritante, vem disputar com o comércio da orla que já está amargando um prejuízo só com essas chuvas, deslizamento e coisa e tal as pessoas não estão vindo. E ainda por cima esses caras vendendo essas empadinhas que ficam o dia todo dentro da mala do carro numa concorrência desleal e debochada. Outro dia eu comecei a filmar ele passou e mandou que eu jogasse no face. Assim não dá. No inverno a gente come o pão que o diabo amassou, aí chega esse verão que já está catastrófico, vem esses caras com música evangélica e enchem a cara no caminhão tombado. Quer dizer além de tudo estão usando o evangelho para se dar bem. Obrigada pela atenção e desculpe o desabafo, mas já falei com um monte de gente e ninguém faz nada para tirar esse carro da orla. Sou Rosana, esposa do Baresão”.

Sempre é bom lembrar

O Salvamar sul tem observado a grande ocorrência de incidentes, com óbitos, e o desaparecimento de embarcações e seus tripulantes, devido a saída dos barcos, que ignoram os avisos de mau tempo e mar grosso e de tripulantes que não fazem o uso dos coletes salva-vidas bem como, do material de salvatagem. Por este motivo, solicitamos aos navegantes, que antes de se fazerem ao mar observem os avisos aos navegantes emitidos pela Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha. Verifiquem as condições e validade do material de salvatagem e façam o uso dos coletes salva-vidas. (Fonte: Marinha do Brasil)

Belo clique

O fotógrafo amador Diogo Costa, que tem apenas dezessete anos, conseguiu boa imagem de um raio que assustou os moradores e turistas que estavam na Praia do Saco, uma das mais procuradas de Mangaratiba, na noite da última segunda-feira.

E agora, José?

Começa a valer, nesta terça-feira, lei que proíbe que as empresas concessionárias de luz, água e gás localizadas no estado do Rio de Janeiro realizem estimativa de consumo para fins de cobrança. A Assembleia Legislativa do Rio derrubou, na semana passada, o veto do governador Luiz Fernando Pezão ao projeto. De acordo com o deputado Dionísio Lins a finalidade é a de resguardar o direito do consumidor que em muitos casos vem sofrendo com cobranças de consumo através de simples suposição, e não pelo que realmente consumiu. A futura lei trata ainda das cobranças retroativas, muitas vezes impostas pelas concessionárias com a alegação de que os medidores apresentaram algum tipo de avaria e necessitam de troca, o que poderia ter ocasionado uma defasagem de consumo. O problema é que essa prática fere os princípios do contraditório, da ampla defesa e da razoabilidade, já que elas só poderão ser cobradas do consumidor desde que seja comprovado algum tipo de adulteração pelo mesmo, com comprovação por parte de um perito. Em caso de descumprimento da lei, o infrator estará sujeito às penalidades previstas no Código de Defesa do consumidor, podendo sofrer multa que varia de mil até 100 mil Ufirs, sendo que os valores arrecadados serão revertidos para o Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor. (Fonte: O Globo)

Hemeroteca

Curiosidades sobre o município. Há quase um século, a revista Fon-fon publicava a seguinte nota de Martins Capistrano (Revista Fon-fon 1920)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

4 comentários em “24/25 de fevereiro de 2019”

  1. Solidariedade:
    Já existe há alguns anos um poço destes ilegais(90% deles no Brasil)no terreno da escola feito de graça pelo sr Euclides.
    Foi rejeitado pela administração passada por estar perto do sumidouro da fossa .
    Com toda razão.
    Único acerto do Aarão.
    Sem análise da água não dá para usar.
    Se for legalizado e analisado será resolvido um problema crônico do Catita.

  2. Em tempo 2!

    Muito bonita a foto do raio na Praia do Saco, mas que também serve de alerta para os riscos decorrentes da força da natureza. Se começa a trovejar, é melhor sair logo do mar e se recolher para que o banhista não acabe sofrendo dano.

  3. Em tempo!

    Considero indispensável que se dê eficácia à Lei n.º 989, de 21 de janeiro de 2016, a qual criou novas linhas de ônibus distritais e interdistritais no Município. Pois, de acordo com o § 4º do seu artigo 1º, existe a previsão da Linha 130-15 – Interdistrital entre a Praia do Saco e Vila Benedita.

    Infelizmente, essa Lei até hoje não saiu do papel! Pois o caput do artigo 2º que, prevê “a concessão de serviço público, mediante procedimento de concorrência pública” jamais chegou a ser concretizado e acredito que tenha sido por causa do desinteresse da iniciativa privada e da falta de credibilidade da própria Prefeitura em relação ao investidor durante todos esses anos de instabilidade política. Até mesmo porque o artigo 7º da norma coloca o empresário totalmente nas mãos do arbítrio do prefeito a ponto de tornar o contrato precário com a imposição de multas e de novas obrigações…

    Todavia, entendo que, caso houvesse um sistema eficiente de transporte público funcionando dentro do Município, através de linhas de ônibus interligando os distritos, a situação dos nossos moradores estaria melhor.

    Fica aí um desafio para ser enfrentado pela atual gestão que, em breve, estará completando seus primeiros cem dias.

  4. Boa noite, Prof. Lauro e leitores.

    Acerca do problema da linha de ônibus em questão, o que vem prejudicando aos moradores do Axixá e de Itacuruçá em geral que dependem do precário transporte coletivo, aproveito para informar que, no dia 18/02, a ONG Mangaratiba Cidade Transparente encaminhou ofício à Administração Municipal a fim de tentar ajudar no problema dos transporte dos alunos da rede estadual ali residentes, considerando que a maioria estuda no C. E. Montebello Bondim, em Muriqui.

    Ocorre que tais os alunos, mesmo recebendo créditos no cartão RioCard pagos pelo Estado, não estão podendo contar com os serviços prestados pela concessionária Expresso Recreio no momento por causa das condições da via. E várias mães informam que os seus filhos estariam deixando de ir para a escola por falta de transporte já que as vans só aceitam o pagamento da passagem em dinheiro.

    Ainda que o transporte escolar da Prefeitura ter como prioridade o atendimento dos alunos da rede municipal e cada ente público, a princípio, deve ser responsável pela condução dos alunos de sua rede, nada impede que o serviço seja excepcionalmente estendido aos do ensino médio que se encontrem em situações excepcionais, como já ocorre em relação aos que moram em área rural, a exemplo de Ingaíba.

    Como já tem alguns dias que a ONG protocolizou o ofício, não sei se essa situação específica dos estudantes já foi resolvida. Torço para que sim.

    Ótima semana a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: