27 de março de 2015


 Frase do dia

Depressa meu irmão, e sai da pista, que o Brasil é um trem sem maquinista. (Millôr Fernandes)

O outro lado

A atual gestão do município está atribuindo as dificuldades que Mangaratiba está passando a dois principais fatores: a diminuição dos repasses oriundos dos royalties do petróleo e a um “calote” que estaria sofrendo das empresas Vale S.A e sua subsidiária MBR que estaria gerando prejuízo na receita municipal de aproximadamente R$ 5,8 milhões por mês. A versão das empresas, entretanto, não é bem essa e será divulgada na próxima semana por um vereador da oposição.

E por falar nos Edis

Tal e qual em Itaguaí, não é apenas o poder executivo que está sob a lente de aumento da promotoria de tutela coletiva. O promotor Alexsander Véras e sua equipe estão relizando um minucioso trabalho de “puxar fios” e seguir pistas, muitas delas estão levando a conclusões que podem complicar a vida de alguns vereadores. Aliás, ontem, quinta-feira, não houve sessão na câmara, por falta dos vereadores. Assim, as comissões processantes continuam sendo “cozidas em banho maria”.

Desinformação

Não é verdade o boato que tenta desmotivar a população afirmando que um dos vereadores de oposição estaria, aos poucos, se recompondo com o governo.  Conforme declaração do próprio, os três continuam firmes na oposição.

Maestro

Já no campo dos componentes da bancada que apoia o atual governo municipal, uma cena chamou a atenção de todos na última sessão do legislativo. Tal e qual um “animador de auditório” que, fora do alcance das câmeras dos programas de televisão avisa à plateia a hora de bater palmas ou ficar de pé, assim se comportava o vereador Pedro Capixaba, diante da votação de matérias que poderiam incomodar o executivo. Anunciado o assunto em votação pelo presidente da casa com a clássica expressão “os vereadores que aprovam permaneçam como se encontram”, ele logo ficava de pé e fazia sinais discretos para que os demais também se levantassem.

Utilidade pública

Para jovens que já concluíram o ensino médio. Começaram ontem as inscrições para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica. Os interessados podem fazer a inscrição até o dia 21 de abril no endereço eletrônico www.eear.aer.mil.br. O candidato não deve ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no EAGS 2016. Entre os critérios, o candidato precisa ter concluído o Ensino Médio e o Curso Técnico de Nível Médio, de acordo com a especialidade.

Guerreiro

Um exemplo de perseverança e luta, o garoto Thompson Vitor, 15 anos de idade, filho de uma catadora de lixo e de família simples, passou em primeiro lugar no exame de seleção do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, onde irá cursar Multimídia este ano. A história deste jovem nos ensina a não desistir dos nossos sonhos independentemente dos obstáculos que apareçam no caminho. Falta de dinheiro não é desculpa para não estudar. O garoto acorda todos os dias as 05h30 e percorre 6 km de bicicleta para chegar à escola. A família mora em Alecrim, um bairro localizado na comunidade de Paço da Pátria, em Natal. Após voltar do colégio, ele passa a tarde toda estudando e utiliza livros que sua mãe trazia do lixão.

Quem diria!

Se a comparação tivesse saído da oposição poderia até soar exagerada, mas foi o próprio presidente nacional do PT, Rui Falcão quem declarou: “É um governo de merda, mas é o meu governo” referindo-se a administração de Dilma. Diante de tal confissão, não há muito o que se dizer. A frase foi proclamada ontem, em reunião do petista com companheiros e sindicalistas. (Fonte: Revista Veja)

Pés pelas mãos

Parece inacreditável que o governo Dilma tenha se metido em mais uma tentativa de enfraquecer o PMDB. A essa altura do campeonato, a presidente Dilma deveria evitar criar mais conflitos com o partido aliado. Ela perdeu a mínima influência sobre os projetos que são aprovados no Congresso. O PMDB manda no Legislativo por meio dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros. É a realidade hoje. Ainda assim, a presidente vetou parcialmente a lei que limita a criação de novos partidos e o fez de uma maneira a dar tempo de ser pedida à Justiça Eleitoral a recriação do PL, Partido Liberal, antes de a nova regra entrar em vigor. Eduardo Cunha acusou o governo de ajudar o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, a tentar criar o novo partido e disse que o objetivo seria prejudicar o PMDB. O governo cutucou a onça com vara curta na hora em que precisa do PMDB para aprovar o ajuste fiscal. É praticamente um erro político grave por dia. Vale usar aquela imagem de alguém que está no fundo do poço e pega uma pá para cavar cada vez mais fundo. (Kennedy Alencar – rádio CBN)

26 de março de 2015


Frase do dia

Queira! Basta ser sincero e desejar profundo, você será capaz de sacudir o mundo. Vai! Tente outra vez!” (Raul Seixas)

Situação da Gamboa

Segundo informa um leitor do blog, antes da sessão da última terça-feira um grupo de moradores foi recebido pelo vereador Chicão da Ilha, o secretário de obras e um representante jurídico. Acertaram colher informações mais detalhadas sobre os motivos das demolições na Gamboa e agendaram nova reunião para a próxima semana.

Vapt-vupt

O juízo da Vara Única de São Sebastião do Alto acolheu ação de improbidade administrativa movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cordeiro contra o prefeito de São Sebastião do Alto, Mauro Henrique Chagas, preso em flagrante pela Policia Federal, na semana passada, quando recebia uma propina de R$ 100 mil cobrada de um empresário que havia vencido duas licitações para realizar obras no município. Em decisão liminar a Justiça determinou o afastamento de Mauro e a cidade está sendo governada pela presidente da Câmara de Vereadores, Rosângela Pereira Borges do Amaral. Entretanto, se Chagas for solto por determinação judicial e o Tribunal de Justiça derrubar a liminar que o afasta do cargo, nada o impedirá de reassumir o mandato. (Fonte: Elizeu Pires)

Efeito Tiririca

O Plenário do Senado aprovou na última terça-feira, em segundo turno, o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais, em que são eleitos os deputados federais, estaduais e distritais e os vereadores. A Proposta de Emenda à Constituição, havia sido aprovada em primeiro turno há duas semanas e faz parte de um grupo de matérias relacionadas à reforma política selecionadas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, e pelos líderes partidários. A matéria agora será analisada pela Câmara dos Deputados. Pela proposta, somente serão admitidas coligações nas eleições majoritárias: para senador, prefeito, governador e presidente da República. Fica assim proibida a coligação nas eleições proporcionais. Será a ”morte” das coligações, exceto para as eleições majoritárias.

Para entender

As vagas hoje são distribuídas conforme o número de votos recebidos pela legenda ou coligação. A mudança tornará inútil a figura do candidato puxador de votos, que atualmente é representado por algum político importante ou por celebridades. Ironicamente apelidada de “Lei Tiririca”. Tiririca teve 1,35 milhão de votos e ajudou a eleger candidatos com pouquíssimos votos, como Vanderlei Siraque, que somou 93 mil votos, menos que outros dez candidatos não eleitos. Em eleições passadas, outros puxadores levaram a Brasília uma bancada de candidatos nanicos, como Enéas Carneiro. Enéas foi escolhido por 1,5 milhão de eleitores e puxou mais quatro deputados, incluindo Vanderlei Assis de Souza, com irrisórios 275 votos. Hoje, os partidos se aliam para formar chapas com o intuito de somar forças e produzir um alto coeficiente. Com a nova regra, uma aliança partidária não produzirá qualquer efeito positivo ou negativo. (Fonte: Revista Veja)

Ladeira abaixo

Pesquisa do Instituto Ipsos aponta que 72% dos entrevistados consideram o governo Dilma ruim ou péssimo. Em 2013, na mesma pesquisa, eram apenas 13%. Além disso, 54% dos ouvidos acreditam que há motivo para a presidente deixar o cargo. Os dados serão publicados pela revista  “Exame”, que chega hoje às bancas. Entre os entrevistados, 51% disseram que vão participar de novas manifestações contra o governo.

Eixo do poder

Com a fraqueza do governo Dilma, o controle político do país tem se deslocado cada vez mais do Palácio do Planalto para o Congresso Nacional. O governo depende dos presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, para aprovar ou rejeitar projetos no Congresso. No primeiro mandato, quando tinha força, Dilma conseguia pressionar o Congresso. Agora, fraca, ela depende do PMDB em geral e de Cunha e Renan em particular. Como presidentes das duas Casas, eles controlam a pauta de votação. (Kennedy Alencar – rádio CBN)

Quanto mais mexe…

O rombo de R$ 5,6 bi no fundo dos funcionários e pensionistas dos Correios, Postalis é mais um escândalo a ser investigado no governo do PT. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo revelou que funcionários dos Correios tentam evitar que os participantes do Postalis tenham uma redução de até 25,98% em seus contracheques a partir de abril de 2015 pelo período de 15 anos e meio para cobrir o rombo. Difícil mesmo é explicar como os gestores do fundo, controlado pelo PT e PMDB, optam por fazer política com países vizinhos com credibilidade questionável, como é caso do governo da Venezuela, e com empresas “amigas” utilizando recursos dos trabalhadores. Há um petrolão inteiro e talvez muito mais, ainda não investigado no setor de fundos de pensão. Isso sem falar no BNDES. Também sob influência dos dois partidos políticos, o Funcef, dos empregados da Caixa Econômica Federal, e a Petros, da Petrobras, contabilizam prejuízos bilionários. (senador Ronaldo Caiado – Democratas).

25 de março de 2015


Frase do dia

Mangaratiba tem tudo para ser uma cidade-modelo, mas se contenta em ser uma cidade-vergonha. (J.L. Monteiro – via facebook)

Gamboa

Algumas dezenas de moradores da Gamboa foram a Mangaratiba na tarde de ontem para estarem presentes na sessão da câmara na qual o vereador José Luiz do Posto falaria a respeito da situação do bairro frente à ação de demolição de construções irregulares promovida pelo Inea. A maioria deles não conseguiu lugar nas galerias. Muitos reclamaram que os poucos lugares disponíveis estavam ocupados por assessores dos próprios vereadores, impedindo maior presença de público. Ao que parece, a única providência concreta foi a convocação do secretário de obras para explicar a situação, o que deve ocorrer na próxima segunda-feira.

Carnê Mei

Corre, nas redes sociais, um boato infundado sobre o que seria um possível “golpe”, praticado através do envio de “carnês da cidadania do MEI”. A afirmação não tem nenhum fundo de verdade. Para facilitar a vida dos micro empreendedores individuais, especialmente os que não dispõem de acesso à internet, desde o ano passado o Ministério da Micro e pequena empresa decidiu enviar os carnês diretamente aos contribuíntes via Correios. O boato gerou nota da SMPE que pode ser lida no link: http://tinyurl.com/pqscm23

Como ter certeza?

Quem dispõe de internet pode acessar a página da Receita Federal e consultar o número de CNPJ que está na primeira linha do carnê. Desse modo, descobrirá “se” e desde “quando” está inscrito como micro empreendedor individual. Estando cadastrado e, ainda assim, continuar com a dúvida, deve ir ao “programa gerador de DAS” para verificar quais contribuições estão em aberto e, lá mesmo, imprimir outra guia, para o mês em curso ou todo o ano.

HSBC

Observação interessante na lista de nomes divulgada pelo “swissleaks” sobre brasileiros que têm conta na Suíça, Há, pelo menos, um sobrenome bem conhecido no município, “Bertino Maciel”. São três poessoas citadas sendo que um certo Ernani Bertino Maciel foi alvo de investigação da Polícia Federal em 2007 sobre sonegação fiscal. Ficou preso quarenta dias e pagou multa de quinhentos mil reais.

Retaliação

Circula a informação que pelo menos parte das demissões dos últimos dias de funcionários da prefeitura ocorreram em retaliação a pessoas que “curtiram” a manifestação de moradores de Mangaratiba na Alerj, na última quinta-feira.

Desastre ambiental

Por conta do vazamento de petróleo que ameaça as praias da região e futura reserva de botos-cinza, a Transpetro foi multada em mais R$ 25 milhões, além dos R$ 50 milhões impostos pelo Inea. Há marcas de óleo no costão rochoso e diversas praias do município. O óleo atingiu a costa de algumas ilhas, onde se encontram a APA Guaíba e a futura APA Marinha Boto-Cinza. O Inea confirmou que, após o acidente, o óleo foi levado pela maré e atingiu áreas próximas a Porto Galo, Caetés, Garatucaia, Porto Real, Club Med, e as ilhas Furtada, Guaíba, Jaguanum, Siri Pestana e Praia de Araçá. (Fonte: O Dia)

Toma que o filho é teu

Menos de um ano depois da Copa do Mundo, que rendeu um lucro recorde para a Fifa, a entidade não quer nem ouvir falar do Brasil. Nesta semana, a Fifa reuniu a sua cúpula em Zurique e, na agenda, apenas os Mundial de 2018, 2022 e 2026. Questionados pela reportagem se haviam discutido os estádios vazios do Brasil, os cartolas foram claros: “Esse problema é de vocês”. Para a Fifa, o Brasil de fato garantiu a “Copa das Copas”. A renda e os lucros bateram todos os recordes, como o jornal Estado de S. Paulo revelou na quinta-feira. A Copa foi o evento esportivo mais lucrativo da história. Enquanto isso, pelo menos seis dos 12 estádios estão com sérias dificuldades para se financiar, fecharam ou foram pegos no meio de escândalos de corrupção. Para a Fifa, porém, esse é agora um problema do Brasil. Segundo cálculos de diversos governos estaduais, porém, a realidade é que a Copa do Brasil vai perseguir as contas públicas ainda por anos. (Fonte: Época Negócios)

24 de março de 2015


Frase do dia

Fé na vida, fé no homem, fé no que virá. Nós podemos tudo, nós podemos mais.
Vamos lá fazer o que será. (Gonzaguinha)

CEFEC

Na última sexta-feira aconteceu em Itacuruçá, promovido pela Fundação Mário Peixoto e coordenado pela historiadora Mirian Bondim, o evento em comemoração aos vinte e cinco anos do Centro Cultural Ferroviário jornalista Odejaime de Holanda. Cerca de cento e cinquenta pessoas estiveram presentes à efeméride, muitos personalidades que conhecem o distrito há mais de cinquenta anos. Sucesso absoluto, apesar dac pouca divulgação e absoluta ausência de apoio material da prefeitura.

A propósito

Está aberta no Cefec, até o próximo dia nove de abril, a exposição de fotografias “Itacuruçá em preto e branco”. Os interessados em apreciar as fotografias antigas do distrito ou reviver memórias, podem visitar o centro cultural no horário de nove às dezesseis horas. (NR. Em uma cidade que se pretende turística, o Cefec deveria abrir nos finais de semana, o que não acontece)

 Vias de fato

Os embates entre situação e oposição no município ultrapassaram, nesse domingo, o campo da discussão de ideias. Uma testemunha, que frequenta o bar do “Duca”, em Muriqui, presenciou uma briga entre o Anderson Careca e o padrasto do procurador da prefeitura Leonel Algebaile Bertino.  O motivo, o padrasto do procurador ter agredido verbalmente e desrespeitado o Anderson, um dos que denunciou o esquema de corrupção, na frente de todo mundo. Segundo quem testemunhou, ele parecia estar descontente com o fato do enteado ter sido apontado pela Justiça como pessoa chave no esquema que desviou mais de R$60 milhões dos cofres de Mangaratiba. A testemunha  estranhou que, ao invés do surrado ir procurar a delegacia quem foi para a 165ª. abrir um BO foi o ex secretario posto que foi ameaçado de morte.

Transporte de estudantes

Vale a pena trazer para a área principal do blog o comentário-denúncia a seguir. “Há pelo menos 03 anos, os alunos universitários vêm enfrentando sérios problemas com os ônibus que realizam o trajeto dos distritos do Município de Mangaratiba à Campo Grande e Santa Cruz, bairros estes onde estão localizados as unidades de ensino. Especialmente com os veículos da linha de Mangaratiba e Muriqui, a constante quebra de veículos, atrasos no horários, excesso de velocidades, má condições dos veículos é notória. Basta recapitularmos alguns acontecimentos: Veículo da empresa Águia Dourada (ocorrido em 2013), porta do veículo quebrada, com risco de soltar, para não ficarmos parados na estrada, dois universitários vieram de campo grande a Muriqui segurando a porta.; Veículo da empresa Águia Dourada (ocorrido em 2013), preso na Polícia Rodoviária Federal por irregularidades em documentações e estado de conservação; Veículo da empresa Mangaratur (ocorrido em 2013), em uma semana quebrou 04 vezes na estrada do Campinho, sendo substituído por uma van de apenas 15 lugares, para comportar todo efetivo que estava no ônibus; Veículos que transportam universitários de Mangaratiba (ocorrido em 2014), constante quebra de veículo na estrada e não comprimento de horários, levando alunos a perderem provas pelo atraso. Ano de 2015, apenas 02 meses de aulas e constantes reclamações de excesso de velocidade dos ônibus da linha Mangaratiba, Conceição de Jacareí e Muri qui.Vale ressaltar, que há 02 semanas o veículo com numeral 950 da empresa Águia Dourada (linha de Muriqui), não saiu do lugar em frente a Unisuam. O motorista por sua vez abandonou o ônibus em busca de outro para levar os alunos, deixando o ônibus em rua deserta, por 30 minutos, rua esta com sério risco de assaltos e roubos. Ainda para colocar a cereja no bolo, os motoristas da linha de Muriqui, resolveram ser “sertanejos”, porque todos os dias as músicas são colocadas em alto volume, tornando difícil a comunicação interna. Com constante reclamações, pois muitos querem descansar após um dia de trabalho e estudos, espera-se que providências possam ser tomadas.“

Luciano Mota

Na última sexta dia 20 de março temendo uma decisão desfavorável, o prefeito de Itaguaí pediu licença partidária ao PSDB. Devido a isso o julgamento que poderia resultar em sua expulsão foi suspenso. O partido ainda não se pronunciou sobre o tempo dessa licença e se dará uma nova data para uma nova reunião decisiva.

Análise externa

Resumo do principal editorial publicado na edição dessa segunda-feira do jornal britânico Financial Times. “O Brasil está em meio a uma crise causada pelo próprio País e, antes de melhorar, a situação ainda vai piorar.” Apesar da atual situação negativa, o editorial reconhece que o Brasil está longe do quadro de hiperinflação. Melhor ainda, as instituições estão se segurando, especialmente o Judiciário.

Segue

Continua o editorial: “O Brasil está em crise. No início deste mês, mais de um milhão de manifestantes foram às ruas para expressar seu descontentamento. Grande parte do País sofre racionamento de água após um longo período de seca. A Petrobrás está envolvida em um escândalo de corrupção épico que viu até US$ 10 bilhões desviados. A economia deverá encolher este ano e talvez também no próximo ano, o que seria o pior desempenho desde 1931. Os índices de aprovação de Dilma Rousseff já caíram para 13%. Parece que foi ontem que o País festejava boas novas. Portanto, a queda foi espetacular. Infelizmente, a situação está suscetível a piorar ainda mais. A queda do encanto do Brasil é de sua própria autoria”. (Fonte: Agência Estado)

Eixo do poder

A presidente Dilma Rousseff deveria entender que já vive uma situação de parlamentarismo branco. O Poder Executivo perdeu força na comparação com o Poder Legislativo. Depois de ser reeleita, estava claro que Dilma Rousseff seria uma presidente mais fraca no segundo mandato devido a dificuldades na economia e na política. Mas erros na montagem do ministério e o plano fracassado de tentar derrotar Eduardo Cunha na disputa pela presidência da Câmara a enfraqueceram ainda mais. Passadas as eleições para as presidências da Câmara e do Senado, que aconteceram em 1º de fevereiro, havia uma avaliação no governo de que aquele momento seria o fundo do poço. No entanto, em 50 dias, a situação piorou muito. A presidente da República se enfraqueceu a ponto de o presidente da Câmara anunciar publicamente a demissão de um ministro de Estado antes do Palácio do Planalto. Foi o que aconteceu na semana passada no episódio de saída de Cid Gomes da pasta da Educação. Ficou claramente simbolizado ali que o eixo de poder em Brasília se inclinara do Executivo para o Legislativo. Estamos vivendo uma fase, que pode ser passageira ou durar todo o segundo mandato de Dilma, na qual há um parlamentarismo branco com cores peemedebistas. (Kennedy Alencar – rádio CBN)

23 de março de 2015


Frase do dia

Só sinto no ar o momento em que o copo está cheio e que já não dá mais pra engolir. (Grito de alerta – Gonzaguinha)

Corrupção disseminada

Na última terça-feira, a 21ª Câmara Cível proibiu o prefeito de Búzios, André Granado, de fazer qualquer nova contratação de servidor. A medida, pedida pelo Ministério Público, é uma tentativa de frear a série de desmandos que levou o chefe do Executivo a responder a dez ações por improbidade administrativa e a duas penais, que já resultaram em uma condenação. Para o MP, trata-se de mais um caso de uma prática antiga: mau uso de verba pública. O problema se repete no caso de outros 64 prefeitos eleitos em 2012 (ou seja, 70% dos 92 existentes no estado), que também são investigados. Um levantamento feito nos tribunais Superior Eleitoral e de Justiça do Rio, nos ministérios públicos Federal e do estado e na Polícia Federal revela ainda que 50 desses prefeitos alternam a cadeira no gabinete com o banco dos réus, sendo que em 13 casos já houve condenações. Juntos, 65 chefes do Executivo respondem a pelo menos 118 ações por improbidade administrativa, dez penais e 86 inquéritos. Treze já foram cassados, mas estão recorrendo. (Fonte: G1)

Segue

Nos últimos três meses, dois prefeitos foram cassados (Helil Cardozo, de Itaboraí; e Marcos Antônio da Silva Toledo, o Taninho, de Natividade) e dois foram acusados de enriquecimento ilícito (Luciano Mota, de Itaguaí, e Arlei Rosa, de Teresópolis). Além deles, o prefeito de São Sebastião do Alto, Mauro Henrique Silva Queiroz Chagas, foi preso em flagrante quando recebia R$ 100 mil de um empresário, que teria sido obrigado a pagar propina por causa de um contrato com o município.Ele era o vice na chapa de Carmod Barbosa, que ganhou as últimas eleições, mas foi cassado em abril do ano passado e responde a três processos por improbidade, devido a contratos considerados ilegais. (Fonte: G1)

Deu no “O Dia”

Um comerciante e ex-servidor do Degase foi morto a tiros na madrugada de ontem em Muriqui, Mangaratiba, no litoral sul-fluminense. Segundo um funcionário do Tribunal de Justiça do Rio, a vítima é amigo de infância e secretário de um juiz que atua em comarca da região. Ainda de acordo com a fonte, o homem brigava contra a presença do tráfico de drogas perto da sua casa e teria sido morto por retaliação dos criminosos. (Fonte: O Dia)

Vai derramar

Na visão da população, a CPI da Expresso “não deu em nada”. Quinze meses depois do encerramento dos trabalhos nada do que foi acertado no Termo de Ajustamento de Conduta foi cumprido. Os horários continuam irregulares; as constantes quebras de veículos viraram rotina; o conforto dos passageiros continua não tendo nenhuma prioridade.Expresso

Derramou

Em uma rua de Muriqui, a população passou do limite de tolerância com relação ao péssimo serviço prestado pela Ampla. No último sábado, sem energia elétrica durante várias horas, já que a interrupção começara no meio do dia e se estendia para além das nove da noite, moradores foram para as ruas onde, em protesto, incendiaram papéis e madeiras.Muriqui protesto

 

22 de março de 2015


Frase do dia

Temos todos a mesma história, várias ondas e um oceano; vários fatos e uma memória; vários jogos e um só engano. (Oswaldo Montenegro)

Moderação

A moderação no blog existe por vários motivos. Um deles, é para que a área de comentários não seja utilizada como instrumento para qualquer tipo de ataque pessoal a quem quer que seja, inclusive o redator do blog. Assim sendo, aos que pretenderam usar o espaço de comentários a partir de seus interesses específicos só resta um conselho: criem seus próprios blogs, ganhem a credibilidade de mais de quatrocentas visualizações diárias e cento e quarenta mil por ano e postem o que acharem que devam.

Deu no jornal Atual

Chamada de capa do jornal atual da última sexta-feira. “A câmara de Mangaratiba aprovou a criação da terceira comissão processante contra o prefeito Evandro Capixaba. Apesar das comissões, a bancada da situação tem feito ‘corpo mole’.

Saúde

Cobrança de um servidor da saúde em uma rede social. “Em 2013 veio uma verba do governo do estado no valor de 64 mil para incentivo aos profissionais da rotina cirúrgica do hospital, na época o dr. Marcelo Barbosa cobrou do antigo secretário que nos enrolou e não repassou o dinheiro e não devolveu ao estado. E aí colega? Agora vc é o secretário, não vai dar conta desse dinheiro que vc mesmo na época cobrou?”

Utilidade pública

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro divulgou o edital do concurso público para 300 vagas de guarda-vidas. As inscrições começam segunda-feira e poderão ser feitas até 30 de abril pelo site http://www.cbmerj.rj.gov.br ou ainda no http://www.acessopublico.org.br. A taxa é de R$ 110 e o salário R$ 2.826,70. No entanto, entre novembro e março, os profissionais recebem adicional de R$ 1 mil. Do total de vagas, 20% são reservadas para negros e índios, conforme determina a legislação.

Eles não aprendem

O Poder Legislativo não faz obras e por tanto não precisa de materiais de construção. Quando necessita de uma reforma contrata uma empresa para isso e ela se encarrega de tudo. Também não trabalha com transporte de carga nem precisa de máquinas pesadas, assim como não extrai minérios e muito menos distribui qualquer insumo para a agricultura, mas a Câmara de Vereadores de Rio das Ostras tem como um dos mais frequentes fornecedores uma empresa voltada para isso. Trata-se da Transbr Comercio e Transporte de Areia, uma micro empresa que fornece material de expediente e de limpeza para a Casa, desde o início da gestão do vereador Alzenir Pereira Mello, o Nini (PMDB), como presidente. (Fonte: Elizeu  Pires)

Esse é “o cara”

Ontem, em visita apostólica à cidade de Nápoles, o papa Francisco pediu para almoçar com noventa prisioneiros de uma cadeia próxima, entre eles gays, transsexuais e portadores de HIV. O encontro não estava no cronograma, mas o papa fez esse pedido especial e abriu espaço na agenda. A atitude não é nova. Semanas depois de ser escolhido papa, o argentino lavou os pés de muçulmanos e mulheres encarceirados. Nesta sexta-feira (20), ele também reiterou o posicionamento da Igreja Católica contra a pena de morte. Nas palavras dele, a execução é “inadmissível, independentemente de quão grave for o crime”. (Fonte: Revista Time).

Predadores

Enfim foi descoberto o lucro da FIFA com a Copa do Mundo no Brasil. A singela quantia de R$ 16 bilhões ou cinco bilhões de dólares. O Brasil deu à entidade um recorde de faturamento. Realmente é a tal da “Copa das Copas”, como o governo gostava de anunciar. Ao que parece, a quantia surpreendeu até os executivos da mandatária do futebol mundial. Na Copa da Alemanha, o lucro foi de, apenas, US$ 249 milhões. Vale lembrar que o custo do mundial para os brasileiros foi de aproximadamente R$ 30 bilhões, dinheiro público. O modelo de negócios da FIFA é realmente extraordinário. Especialmente em países como o nosso, onde o governo abre as pernas e concede todo tipo de isenção fiscal à entidade. Para ser mais exato, R$ 1 bilhão em isenção fiscal. Na prática, realizamos uma grande festa, gastamos o dinheiro que não tínhamos em meio a uma crise financeira, e a FIFA lucrou sozinha R$ 16 bilhões. Para não dizer que não partilharam nada com o Brasil, eles fizeram uma doação de US$ 100 milhões à CBF para investir no futebol de base. A apuração é do Estadão aqui: http://bit.ly/196itDc

21 de março de 2015


Frase do dia

Os visitantes dão sempre prazer, se não quando chegam, pelo menos quando partem. (Provérbio português)

De barcos e fios

Há uma questão que já passou da hora de ser regulamentada no município, especialmente no distrito de Itacuruçá, a da entrada e saída de embarcações transportadas em caminhões. Na noite de quinta-feira, mais uma vez, um caminhão transportando um barco arrebentou vários fios por onde passou. Ora é a fiação elétrica, ora a de telefonia. O prejuízo e a demora no reparo sempre atrapalham a vida do consumidor.

(In) segurança

Um rapaz do distrito, que tem uma motocicleta como instrumento de trabalho, foi assaltado na noite de quarta-feira. Levaram sua moto. Avisada, a guarnição da polícia militar perseguiu o bandido que, ao se ver encurralado na altura da Nuclep, abandonou a moto e se embrenhou no matagal. Dessa vez o veículo foi recuperado.

(In) segurança II

Na noite de ontem, em Muriqui, um homem chamado Adilson, que trabalhava no forum de Mangaratiba e morava na rua 12 de outubro, foi chamado em casa. Assim que abriu a porta foi morto com vários tiros. Quando a polícia e ambulância chegaram ao local nada mais havia a ser feito, apenas recolher o corpo.

O “caso” Francisco

Assentada a poeira, ao que parece a pessoa que desferiu tiros em direção ao Francisco da Linha não tinha intenção de matá-lo. Entretanto deixou claro que o fará, se ele voltar a Itacuruçá. De outra parte, diz-se nos bares que o Francisco até já colocou sua casa à venda.

Na Band (de novo)

O vazamento de óleo decorrente do transbordo entre navios no terminal da Petrobrás de Angra dos Reis, chegou à baía de Sepetiba. Anteontem, vários pescadores já relatavam terem encontrado manchas de óleo nas praias da ilha de Jaguanum. Ontem, a rede Bandeirantes de televisão veio ao município para fazer reportagem que foi ao ar em rede nacional no noticiário da noite.

Clima

A carta aberta divulgada pela prefeitura “abrindo o jogo” quanto à situação dos recursos do município, aumentou o clima de insegurança dos servidores com relação ao pagamento do próximo fim do mês.

Nuvens carregadas

A CPI da Petrobras deve investigar as responsabilidades do conselho de administração da estatal, presidido por Dilma Rousseff entre 2003 e 2010, auge da roubalheira do “petrolão”. Requerimento do deputado Altineu Côrtes (PR-RJ), já na pauta da CPI, obriga a Petrobras a entregar aos deputados cópia de todas as gravações em áudio e vídeo das reuniões do conselho entre os anos de 2005 e 2015. As gravações das reuniões mostrarão a atitude de conselheiros, como Dilma, na aprovação de negócios ruinosos para a Petrobras. No período em que Dilma presidiu o conselho, a Petrobras comprou refinarias superfaturadas e vendeu seus ativos a preço de banana. A Petrobras vendeu por uma pechincha metade da subsidiária na África ao banco BTG Pactual, de André Esteves, um amigão de Lula. (Fonte: Diário do poder)

Análise política

Queixa-se a presidente Dilma Rousseff de estar sendo injustiçada. De não ser responsável pela situação que desembocou nesta superposição de crises – a política, a econômica e daqui a pouco a social. Não diz quem é responsável, é claro. E por razões compreensíveis. Mas dá para adivinhar. Se não for Fernando Henrique Cardoso, como o PT prefere, só pode ter sido Lula. Elementar. O responsável é Lula. Mas em grande parte por tê-la escolhido para sucedê-lo. Definitivamente, Dilma não tinha competência para ser eleita presidente da República. Não tinha e não tem. Uma pessoa que chefia equipes e não delega poderes é uma péssima executiva. Não pode se dar bem quem trata seus subordinados com insultos e palavrões. Quem os humilha publicamente. Dilma é assim – e muito mais. Lula tinha dois nomes capazes de sucedê-lo: José Dirceu e Antonio Palocci. O mensalão comeu Dirceu. Alguma cabeça tinha de rolar para que a de Lula fosse preservada. A quebra criminosa do sigilo bancário de um caseiro, testemunha de orgias numa mansão do Lago Sul de Brasília, comeu Palocci. Nas contas de Lula, restou Dilma. Ele admirava a capacidade de Dilma de arrumar a casa e de comandar com mão de ferro. E achou que escolher uma mulher como candidata a presidente seria um ótimo lance de marketing. E foi. De resto, Lula estava convencido de que Dilma o ouviria para tudo. E que faria o que ele mandasse. Até que fez. Mas logo começou a deixar de fazer. Se Dilma recuperar a popularidade e chegar bem ao final do seu governo, Lula tentará se eleger presidente outra vez. Do contrário… Do contrário terá de convencer a maioria dos brasileiros de que nada teve a ver com o desastre dos dois governos de Dilma. Lula pode muito. Mas não pode tudo. (Ricardo Noblat)