SAÚDE

A meningite é uma doença que consiste na inflamação das meninges – membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Ela pode ser causada, principalmente, por vírus ou bactérias. O quadro das meningites virais é mais leve e seus sintomas se assemelham aos da gripe e resfriados. Entretanto, a bacteriana – causada principalmente pelos meningococos, pneumococos ou hemófilos – é altamente contagiosa e geralmente grave, sendo a doença meningocócica a mais séria. Ela, causada pela Neisseria meningitidis, pode causar inflamação nas meninges e, também, infecção generalizada (meningococcemia). O ser humano é o único hospedeiro natural desta bactéria cujas sequelas podem ser variadas: desde dificuldades no aprendizado até paralisia cerebral, passando por problemas como surdez. A transmissão se dá pelo contato da saliva ou gotículas de saliva da pessoa doente com os órgãos respiratórios de um indivíduo saudável, levando a bactéria para o sistema circulatório aproximadamente cinco dias após o contágio. Como crianças de até 6 anos de idade ainda não têm seus sistemas imunológicos completamente consolidados, são elas as mais vulneráveis. Idosos e imunodeprimidos também fazem parte do grupo de maior suscetibilidade.  A doença chega a matar em cerca de 10% dos casos e atinge 50% quando a infecção alcança a corrente sanguínea e é este um dos motivos da importância do tratamento médico. Febre alta, fortes dores de cabeça, vômitos, rigidez no pescoço, moleza, irritação, fraqueza e manchas vermelhas na pele (que são inicialmente semelhantes a picadas de mosquitos, mas rapidamente aumentam de número e de tamanho, sendo indício de que há uma grande quantidade de bactérias circulando pelo sangue) são alguns dos seus sintomas. A doença meningocócica tem início repentino e evolução rápida, pode levar ao óbito em menos de 24 a 48 horas. Para a confirmação diagnóstica das meningites, retira-se um líquido da espinha, denominado líquido cefalorraquidiano, para identificar se há ou não algum patógeno e, se sim, identificá-lo. Em caso de meningite viral, o tratamento é o mesmo feito para as viroses em geral; caso seja meningite bacteriana, o uso de antibióticosespecíficos para a espécie, administrados via endovenosa, será imprescindível. Geralmente a incidência da doença é maior em países em desenvolvimento, especialmente em áreas com grandes aglomerados populacionais. Tal constatação pode ser justificada pela precariedade dos serviços de saúde e condições de higiene e pela facilidade maior de propagação em locais fechados ou aglomerados. Por este último motivo é que, geralmente, a doença é mais manifestada no inverno – quando tendemos a buscar refúgios em locais mais fechados para fugirmos do frio. Para a meningite, as vacinas mais utilizadas são a bivalente, a tetravalente e a monovalente, em menores de 2 anos. Entretanto, não existe ainda vacina para alguns sorotipos da doença. Evitar o uso de talheres e copos utilizados por outras pessoas ou mal lavados e ambientes abafados são formas de se diminuir as chances de adquirir a doença. Manter o sistema imunológico fortalecido e seguir corretamente as orientações médicas, caso tenha tido contato com alguém acometido pela doença são, também, medidas importantes. E lembre-se: nunca use remédios sem prescrição médica.
O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:
A automedicação pode ter efeitos indesejados e imprevistos, pois o remédio errado não só não cura como pode piorar a saúde.

5 respostas em “SAÚDE

  1. Hoje se realiza em Mangaratiba a escolha dos Membros do Conselho Municipal da Saúde, onde somente os Delegados escolhidos em eleição passada podem votar. É de se estranhar o método aplicado para tal escolha: 1 – A População foi convocada a comparecer as urnas através de varias formas de comunicação realizadas, tendo início as 09:30 hs e término as 10:30 hs. Para se habilitarem a votar, as pessoas assinavam uma lista de presença e ficavam aguardando o encerramento . Após encerrado esta formalidade, os organizadores solicitaram aos presentes, quem gostaria de se candidatar ao cargo de Delegado, para posteriormente em data agendada, escolherem os Membros do Conselho Municipal de Saúde.
    2 – No dia e hora marcada, 19/09/2013 as 09:00hs, os Delegados eleitos em cada Distrito do Município compareceram ao local determinado para realizar a devida escolha dos Conselheiros. Para surpresa de um dos delegados, já se encontrava afixado numa pilastra, um cartaz com os nomes das entidades não governamental que iriam concorrer a eleição para escolha dos Membros do Conselho Municipal de Saúde.
    Indignado, o Sr. Antonio Evangelista, Delegado eleito pelo distrito de Itacuruça, indagou sobre a escolha destas entidades, já que não havia sido feita qualquer tipo de divulgação de inscrição.
    3 – Foi dado como resposta, de que estas entidades foram escolhidas por uma Comissão do Conselho atual e, que a data de inscrição teria se encerrado no dia de ontem, 18/09/2013. Questionando este método de escolha já que nenhuma divulgação oficial havia sido feita e, sem uma explicação decente, um dos representantes do atual conselho, falou que estavam agindo de acordo com o regimento interno.
    Esquece este Sr., que Regimento Interno é somente para ordenar as obrigações e atribuições a serem cumpridas pelo Conselho, talvez não seja do seu conhecimento, que quando se trata de eleição que venha através de voto popular, é obrigatório a divulgação ou comunicação por outros meios de informações oficiais, de que estão abertas as inscrições para que os interessados possam se candidatar e concorrer.
    4 – Como forma de protesto e não querer compactuar com este sistema adotado, que ao seu ver existe um interesse muito forte, colocando até em dúvida a transparência do pleito, o Delegado acima se retirou do recinto não realizando o voto para escolha dos Membros do Conselho Municipal de Saúde.

  2. Caro Prof.º Lauro
    E com lagrimas nós olhos que li o relato do acorrido no dia 29/06/2013, tinha ouvido falar no assunto porém não sabiá que era com o Sr. e com enorme pesar, mais temos sempre que guardar a saudades com enorme carinho e usar o desconforto gerado para lutar contra a injustiça.
    Minha esposa está gravida de 05 meses e tenho mais três filhos 02 adolescentes e uma menina com 09 anos nossa saúde, transporte e educação e motivo de revolta.
    Vamos unir, agir e cobrar parado nada irá mudar.

    Elandro Oliveira

  3. Odontologia de Mangaratiba

    A pedido do Prefeito em exercício Ruy Quintanilha o Dr. Davi que foi candidato a vereador nas eleições de 2012, assumiu hoje a odontologia do Hospital Vitor de Souza Breves e reinaugurou a emergência odontológica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s