01/02 de abril de 2018

Frase do dia

O maior feito de Jesus não foi ressuscitar os mortos, mas é a capacidade de ressuscitar os vivos. (Padre Fábio de Melo)

Tragédia

A lamentável notícia publicada aqui no blog no dia de sábado teve o desfecho que ninguém gostaria. A pequena Brenda Valentina Alves Oliveira Aleixo, de 2 anos e meio, é mais uma vítima da violência no Estado do Rio. A criança morreu após ser baleada no início da manhã de sábado perto do Morro do Chapéu, em Conceição de Jacareí, distrito de Mangaratiba. Brenda estava com os pais em um carro. Segundo testemunhas, eles teriam arrancado com o veículo quando os bandidos anunciaram o assalto. Outra versão aponta que o pai da criança teria discutido com traficantes do local e, quando resolveu ir embora, teve o carro alvejado. Os criminosos disparararam e acertaram a menina. Os pais encontraram equipe do 33º BPM, que a levaram para um posto de saúde no município. Brenda foi transferida para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, onde morreu por volta das 11h. Ainda segundo o comando do batalhão, policiais realizam buscas no Morro do Chapéu com o objetivo de prender os criminosos que fugiram. (O Globo)

Tragédia II

Ainda na tarde de sábado, ocorreu um assassinato em Itacuruçá. Ao que parece, por conta de uma dívida de trezentos reais que a vítima. Ao ser cobrada pelo credor, afirmou que não pagaria. Algum tempo depois, o homem voltou a ser abordado pelo credor que, após a confirmação de que não pagaria a tal dívida, desferiu-lhe um tiro no ouvido e, quando caído, ainda recebeu mais dois tiros na cabeça..

Roubo de automóvel

Ainda no início da noite de sábado, em Itacuruçá, um casal que chegava ao distrito em um fiat pálio vermelho, foi abordado por ocupantes de uma motocicleta logo após o viaduto de entrada da Brasilinha. Após renderem o casal, os bandidos levaram o automóvel deixando-os a pé. Tudo aconteceu a menos de quinhentos metros do DPO do distrito.

Enxugando gelo

A Guarda Municipal se encontra em Itacuruçá combatendo irregularidades, como demarcação de solo público e exercício ilegal de atividade, cometida por flanelinhas, e o transporte de pessoas por moto sem placa e sem capacete. Aquele que faz questão de defender a ilegalidade, com discurso de que os infratores estão trabalhando, lembro-lhes que os G.M.s tambem estão trabalhando! Para os que questionam os crimes que vem ocorrendo, sugiro que façam essa cobrança junto as Polícias Civil e Militar. Instituições que possuem a obrigação de combater atividades criminosas. Só teremos de fato e de direito seguranca pública, com aplicação de tolerância zero para qualquer ilegalidade! (Vitor Carvalho, secretário municipal de segurança)

Semana decisiva

Encerrou-se na última quinta-feira o prazo para o pedido de “vista” solicitado pelos advogados do prefeito de Mangaratiba em relação ao processo que definirá a continuidade ou não do seu mandato. A tendência é que o feito entre na pauta de julgamento da próxima quinta-feira e, como tudo indica, em breve teremos novas eleições no município para completar o mandato.

Semana decisiva II

Chamou a atenção de alguns atores políticos de Mangaratiba  mensagens via wattsapp relacionadas ao vereador Vitinho atacando a atual gestão municipal. Após alguns dias afastado da política local, o vereador, presidente da câmara municipal e eventual ocupante temporário da cadeira de prefeito, no caso de cassação, de repente começou a atacar justamente aquele que foi responsável por sua ascenção ao cargo.

Desvio de rota

Segundo um morador do município, a caravana pré eleitoral do ex-presidente Lula não deve passar por aqui. O motivo é simples. Segundo ele, por aqui vende-se trinta ovos por dez reais.

Diz-me com quem andas

Considerando os últimos acontecimentos políticos e judiciais, é bem provável que o ex-candidato Pedro Paulo sinta fortes calafrios e profundo arrependimento por ter tirado esta foto.

Esse é o cara

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

9 comentários em “01/02 de abril de 2018”

  1. Às vésperas do desfecho de uma guerra jurídica sem precedentes, chega às livrarias o livro “A verdade vencerá: o povo sabe por que me condenam”, escrito pelo presidente Lula. O coração da obra são as 124 páginas, de um total de 216, que apresentam um retrato fiel do ex-presidente no presente contexto em formato de uma longa entrevista concedida aos jornalistas Juca Kfouri e Maria Inês Nassif, ao professor de relações internacionais Gilberto Maringoni e à editora Ivana Jinkings, fundadora e diretora da editora Boitempo. Foram horas de conversa aberta e sem temas proibidos, divididas em três rodadas, que aconteceram no Instituto Lula, em São Paulo, nos dias 7, 15 e 28 de fevereiro. Entre os principais temas debatidos, ganha destaque a análise inédita do ex-presidente sobre os bastidores políticos dos últimos anos e o que levou o PT a perder o poder após a reeleição de Dilma Rousseff. Lula também fala sobre as eleições de 2018 e suas perspectivas e esperanças para o país. Leitura recomendada para quem se interessar por saber a verdade e não ser mais enganado pela mídia golpista.

    1. Lula representa todos os corruptos

      Deltan Dallagnol, no UOL, teve de explicar que Lula é mais do que Lula:

      “Na decisão que o Supremo Tribunal Federal tomará no habeas corpus do ex-presidente Lula está em jogo muito mais do que a sua prisão. Corremos o risco de ter uma Justiça criminal de faz de conta para poderosos, que passará a mensagem de que o crime, sim, compensa. Isso porque o Supremo tende a definir a possibilidade ou não de prender qualquer réu, em qualquer caso, após sua condenação em segunda instância. Se essa prisão for impedida, o leitor reclamará por muitos anos que nenhum grande criminoso é preso no Brasil, não só por corrupção, mas também por homicídio, pedofilia, crimes contra o sistema financeiro e assim vai (…).

      Impedir a prisão após a segunda instância é uma distorção, esta sim merecedora da pecha de inconstitucionalidade. Primeiro, porque esvazia o direito fundamental à Justiça. Segundo, faz letra morta da regra constitucional da duração razoável do processo. Terceiro, porque acaba com a proteção que o direito penal dá sobre a vida, a liberdade, a dignidade, a propriedade e outros valores quando o criminoso é poderoso.”

  2. “Diz-me com quem andas”

    O companheirinho do Paes vai é fazer do limão uma limonada. Basta cortar is caras da foto e ficar só com o que está à sua esquerda. Será reputado amigo do maior presidente que o Brasil já teve. Tenho uma foto com o Lula e a Bené na vitoriosa campanha de 2002 que pra mim é um histórico troféu de guerra. Tenho o maior prazer de mostrar pro netinho.

    1. Na URSS tinham por hábito cortar das fotos os desafetos da hora.
      Inegavelmente mimiguinhos associados no crime:
      COMO FOI COMPROVADO EM 2 INSTÂNCIAS !!!!
      Vc tem uma incontrolável paixão mórbida por malfeitores…
      Procure ajuda profissional.

  3. “A tendência é que o feito entre na pauta de julgamento da próxima quinta-feira e, como tudo indica, em breve teremos novas eleições no município para completar o mandato.”

    Acho que o Aarão consegue ficar na prefeitura até o próximo mês. Se quinta passada foi ponto facultativo no TSE, o advogado vai poder segurar a devolução do processo até o final do expediente de hoje. Aos 45 do segundo tempo, não duvido que o prefeito vai querer que o tribunal pare tudo pra ouvir Adão, Eva e a serpente. Olhe que de Bíblia ele entende bem.

  4. “Chamou a atenção de alguns atores políticos de Mangaratiba mensagens via wattsapp relacionadas ao vereador Vitinho atacando a atual gestão municipal. Após alguns dias afastado da política local, o vereador, presidente da câmara municipal e eventual ocupante temporário da cadeira de prefeito, no caso de cassação, de repente começou a atacar justamente aquele que foi responsável por sua ascenção ao cargo.”

    Alguém tem dúvidas que Vitinho irá concorrer nas suplementares? O prefeito é bem capaz de lançar alguém para projetar na política e ser novamente candidato em 2020. Resta saber como entregará a administração da cidade para o presidente da Câmara. Acredito que esburacada como estão hoje as nossas ruas.

  5. A desculpa “não tem verba” , já está sendo usada a 1 ano e 4 meses . Vamos ver até quando ela vai durar .

  6. “enxugando gelo”:

    É só o dito cujo secretário de segurança cobrar ao prefeito que se cumpra a lei 13.022 que já vai ajudar e muito, a questão da violência em Mangaratiba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: