18 de outubro de 2021

Os pequenos atos que se executam, são melhores que grandes atos que apenas se planejam. (George Marshall)

Preocupante

Comerciantes do distrito andam trabalhando “de orelhas em pé”. Corre a informação de mais um caso de roubo no qual o dono do comércio nem pôde reagir. Segundo relatos, um automóvel de luxo parou na porta do estabelecimento. Dele desceram dois rapazes que pegaram alguns itens e levaram as mercadorias para o veículo, mas, na hora de efetuar o pagamento, simplesmente viraram as costas e foram embora. A recomendação que está sendo feita a diversos comerciantes é, em primeiro lugar, não atender a fregueses que se apresentem em suas lojas usando capacetes de motociclistas.

Não era lenda

Há alguns meses, varredores de rua de Itacuruçá alertavam moradores para a existência de uma enorme cobra vivendo no meio do matagal às margens do riacho que corta a brasilinha. Na ocasião, muitos não acreditaram no relato. Nesse final de semana, todavia, uma família fazia um tipo de recreação na porta de casa quando viram a serpente. Nestes tempos de celular com câmeras em todas as mãos, não demorou para que alguém registrasse o fato. A cobra existe sim, e continua no local.

WhatsApp Image 2021-10-15 at 18.22.24 (1)

Dia do médico

O dia 18 de outubro é a data de nascimento de Lucas, que escreveu parte do Novo Testamento da Bíblia. Sua família era pagã, mas o mesmo se converteu ao cristianismo. Passou parte de sua vida curando as pessoas por onde passava, motivo pelo qual foi estabelecido como padroeiro da medicina. Em homenagem a São Lucas, a data de seu nascimento foi escolhida como o dia do médico, profissional que estuda a ciência e as técnicas para se fazer a cura. As técnicas de medicina mais antigas são dos povos da Mesopotâmia, bem antes da era cristã. Registros mostram que por volta dos anos 1700 e 1200 a.C. já eram realizados alguns procedimentos cirúrgicos. Na mesma época, a Índia era possuidora de técnicas mais avançadas, pois retiravam tumores e cálculos de vesícula.

Dia do médico II

Mas antes das técnicas medicinais surgirem, a medicina estava voltada para os rituais de magia, sendo que aos poucos foram se desenvolvendo estudos sobre a ciência, sendo adaptados aos recursos da tecnologia. Com o passar dos anos, as especialidades foram surgindo, pois cada vez mais aumentavam os recursos utilizados nos tratamentos. As primeiras áreas foram da psiquiatria, pediatria e cardiologia. Mas o grande salto da profissão foi a partir do século XVI, com a descoberta do microscópio. Porém, somente no século XX que tivemos grandes conquistas como estudos da genética, microbiologia, bioquímica e outras áreas, onde foram desenvolvidas técnicas minuciosas de avaliação, possibilitando identificar as causas de várias doenças, tornando suas curas mais viáveis.

Dia do médico III

E não parou por aí. Com essas novas descobertas, os campos de atuação profissional também foram se expandindo, sendo que hoje, no Brasil, as especialidades chegam por volta das 52 categorias, segundo aprovação do Conselho Federal de Medicina. Organização Mundial da Saúde define que ter saúde não é apenas não estar acometido por doenças, mas ter condições de manter um estado físico, mental, psicológico e social equilibrados, dando à pessoa mais qualidade de vida. Os médicos são importantes para garantir a saúde de nossas vidas, pois se prepararam para isso. Dentre seus estudos estão a anatomia, o conhecimento do funcionamento do corpo humano, as doenças, como curar as doenças, como diagnosticar uma doença, como agem as medicações em nosso corpo, podendo administrar os melhores tratamentos possíveis. Por isso, jamais devemos nos automedicar, pois não temos os conhecimentos necessários para isso. A automedicação pode causar sérios problemas para a saúde da pessoa, além de gerar risco de perder a vida.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “18 de outubro de 2021”

  1. Caro Prof. Lauro,

    Lendo sua postagem do dia 18 do corrente, fiquei preocupado com a cobra em Brasilinha pois temo que alguém resolva matar o inocente animal, melhor que muitos seres da nossa espécie.

    É certo que, se for uma cobra peçonhenta, há risco para moradores. Porém, fica a indagação reflexiva sobre quem é que estaria ocupando o lugar de quem?!

    Ótimo final de tarde a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: