15 de janeiro de 2021

Frase do dia

Se os homens quisessem falar só daquilo que entendem, quase não falariam. (Arturo Graf)

Efeito colateral

Desde fins de novembro do ano passado, a prefeitura de Mangaratiba estava encontrando grandes dificuldades com a questão da coleta de lixo. O assunto foi objeto de intensa campanha da oposição política e matéria de destaque em diversos noticiários do estado. No dia de ontem, uma ação impetrada na justiça teve a decisão do juiz tornada pública, determinando que a coleta seja retomada imediatamente e o contrato da PDCA com a prefeitura seja cumprido nos termos em que foi firmado.

Efeito colateral II

A leitura da sentença acima mostra, no entanto, que aquilo que parecia uma derrota da prefeitura transformou-se, na verdade, numa ratificação daquilo que estava pleiteando o poder público municipal nos últimos meses, que era a empresa PDCA trazer de volta todos os caminhões anteriormente alocados e a implantação do sistema de coleta em dias alternados. Diz o magistrado: “o requerimento liminar de coleta diária de lixo urbano não merece sucesso, por não ser modus operandi da maioria dos municípios”.

Minério

A justiça do Rio de Janeiro liberou o transporte do minério de ferro da empresa MRS Logística em Mangaratiba, suspenso desde a última sexta-feira por determinação da prefeitura da cidade. A restrição da circulação na via férrea atinge as exportações da Vale que saem do terminal de Ilha Guaíba. A decisão é do desembargador Celso Peres, do TJRJ. A interdição, segundo a prefeitura, ocorreu após emitir diversas autuações e notificações MRS por descumprimento à legislação ambiental de Mangaratiba, que prevê a obrigatoriedade no transporte ferroviário, em vagões abertos de minério ou de cargas a granel, do respeito do limite de recipiente de cada vagão e a utilização de lona. A decisão do TJRJ tem caráter liminar, podendo vir a ser revista pelo colegiado do tribunal.

Maria da Penha

Divulgando as estatísticas de atendimentos no mês de dezembro de 2020, desde vistorias de cumprimento de medidas protetivas e prisões efetuadas pelos agentes da GCM, a ronda Maria da Penha da Guarda Municipal objetivando à proteção contra a violência doméstica contra mulher, surpreendeu, em números, pelo grande número de ocorrências num município onde, aparentemente, esse tipo de crime não ocorreria. Segundo o balanço, foram oitenta e uma ocorrências que resultaram em oito prisões, apenas no mês de dezembro.

Imunização

Pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus podem ter imunidade ao vírus por cerca de cinco meses, de acordo com descobertas preliminares em um novo estudo liderado pela Public Health England, agência do governo britânico. A pesquisa examinou o impacto da infecção em mais de 20.000 trabalhadores de saúde voluntários de todo o Reino Unido e uma versão preliminar do estudo encontrou apenas 44 casos entre 6.614 pessoas. Dois grupos de pessoas, um sem evidência de infecção anterior e o outro com evidência de infecção anterior, foram acompanhados por até seis meses. O estudo concluiu que a infecção anterior reduz as chances de contrair o vírus novamente em 83% por pelo menos cinco meses. O público-alvo do estudo foi testado regularmente para Covid-19.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

3 comentários em “15 de janeiro de 2021”

  1. Sua temporalidade na publicação,direito seu,está me irritando muito,direito meu.
    Vamos ficar de mal?

  2. “o requerimento liminar de coleta diária de lixo urbano não merece sucesso, por não ser modus operandi da maioria dos municípios”.
    Surpreende como passamos anos fazendo a coisa errada…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: