06 de agosto de 2020

Frase do dia

Não deixe que as ideologias vigentes entorpeçam seu cérebro. (Alexander Fleming)

Cultura

Tomaram posse no dia de ontem os integrantes do primeiro Conselho Municipal de Política Cultural de Mangaratiba. Com representantes de todos os segmentos voltados para as atividades artísticas e culturais, o excelente trabalho deve ser creditado ao esforço da ex-presidente da Fundação Mário Peixoto, Elizabeth Antunes, à equipe da FMP, ao atual presidente Jefferson e ao apoio incondicional do prefeito Alan Bombeiro.

A propósito

E lembrar que, com tanta história pra contar, tanta tradição a resgatar e tanta memória a preservar, há alguns anos, uma anterior presidente da FMP achava que “cultura” era realizar cursinhos de artesanato, e nada mais!

Primeiro emprego

Estão abertas as inscrições para jovens interessados em iniciar uma carreira profissional.

E o salário? Ó

Hoje comemora-se o dia do profissional da educação, que inclui todos aqueles que dedicam suas atividades à estrutura do sistema educativo e inclui professores, servidores, merendeiras, inspetores de alunos, etc. A data, instituída em 2014, no entanto, não trouxe consigo (ainda) a devida e necessária valorização salarial.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “06 de agosto de 2020”

  1. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores

    Bem lembrada a postagem acerca dos salários dos profissionais da educação, o que se aplica também aos professores e demais servidores da SME do nosso Município.

    Segundo a tabela de vencimentos e subsídios, vigente desde meados do ano passado (e sem a revisão geral anual que deveria ter sido em janeiro), em conformidade com a Lei Municipal n.° 1.204, de 28 de maio de 2019, um professor concursado em Mangaratiba recebe inicialmente R$ 1.193,36 (mil cento e noventa e três reais e trinta e seis centavos).

    Já um servidor comum do chamado grupo funcional básico (cujo cargo exige apenas o nível fundamental de escolaridade) tem o seu vencimento inicial de parcos R$ 971,84 (novecentos e setenta e um reais e oitenta e quatro centavos) e recebe um complemento para não ficar abaixo do mínimo nacional.

    Tudo isso é vergonhoso para um município rico que possui uma elevada arrecadação per capta, mas gasta absurdos com licitações e incha a folha de pagamentos com mais de 2.200 comissionados dos quais muitos nem moram ao menos na cidade.

    Mesmo distantes dos velhos tempos, quando, por exemplo, foi criada a Lei Municipal n.° 5/1991, houve o ajuizamento ano passado de uma ação civil pública pelo SISPMUM pleiteando o cumprimento em Mangaratiba do piso nacional do magistério, sem contar que tramitam quatro processos acerca da revisão geral anual, inclusive das diferenças remuneratórias.

    Apesar dos pesares, acredito que a população dará uma resposta nas urnas em 15/11 e dias melhores voltarão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: