27 de junho de 2020

Frase do dia

Pensar é difícil. É por isso que a maioria das pessoas prefere julgar. (Anônimo)

Segurança

Aumentam, nas redes sociais, denúncias de arrombamentos e furtos em residências, inclusive um estabelecimento comercial, em Itacuruçá neste período de restrições sociais. Nos últimos dias, pelo menos duas casas no Axixá e um restaurante na praça da estação foram assaltados por bandidos. Segundo suposições de moradores, os criminosos entram no distrito pendurados em vagões do trem de minério, entram em residências de veranistas, levam tudo o que podem e ainda vandalizam aquilo que não os interessa. No meio da madrugada, com o apoio de algum veículo que os espera na estrada, vão embora.

Vale o registro

A lei de acesso de cadeirantes às praias do município, sancionada na última quarta-feira pelo prefeito Alan Bombeiro, é de autoria do vereador Emilson dos Santos Coelho. A lei permite que o município faça parcerias com órgãos públicos ou empresas privadas para a construção de caminhos de acesso que permitam ao cadeirante acesso a areia e ao mar. Esses pontos de acessibilidade poderão ser elaborados em forma de esteiras, decks de madeira, caminhos de alvenaria ou outros meios que viabilizem a condição de acesso à praia e ao banho de mar. Outro benefício previsto pela lei é a disponibilização de cadeiras anfíbias, que são próprias para a utilização aquática e de fácil deslocamento pela areia.

Controlando

A prefeitura de Mangaratiba criou o programa de distanciamento controlado e vai adotar o sistema de bandeiras para orientar o retorno gradual do comércio durante a pandemia de Covid-19. O programa segue uma metodologia que avalia a capacidade de resposta do sistema público de Saúde e o risco de contágio (curva de contágio) para estabelecer em que estágio o município se encontra no combate à Covid-19. Mangaratiba será avaliada por meio de 11 indicadores consolidados em dois grandes grupos com pesos na definição final, quais sejam: propagação (velocidade do avanço, estágio da evolução, incidência de novos casos sobre a população e mortalidade), peso de 55%; capacidade de atendimento (capacidade de atendimento e mudança da capacidade de atendimento), peso de 45%. O Município será classificado, semanalmente, em uma Bandeira, a qual será definido a partir do indicador síntese que é a média ponderada das bandeiras dos indicadores, respeitados os respectivos pesos. Confira a íntegra do Decreto no site da Prefeitura em www.mangaratiba.rj.gov.br

Ministro da educação

Oposição significa impedimento, obstáculo. É o ato de opor ou opor-se contra algo, ou seja, de colocar-se contrário diante de alguma situação. É fazer objeção diante de qualquer fato. Ser opositor é ser antagônico. Assim parecem ser aqueles que fazem oposição ao atual governo federal, inclusive boa parte da imprensa. Não importa muito o tema, desde que, através daquele assunto, seja possível construir uma nova crítica. Depois do “caso Queirós”, agora é a escolha do professor  Carlos Decotelli. Apesar do extenso currículo, o primeiro destaque dado por alguns jornalistas é que ele seria oficial da reserva da Marinha e que isso significaria um aumento de protagonismo militar no governo Bolsonaro – neste caso, particularmente, da Marinha. Deixam de destacar que o professor Decotelli tem um perfil mais moderado que seu antecessor, é um acadêmico e também o primeiro ministro negro de Bolsonaro. Durante alguns meses no ano passado, entre fevereiro e agosto, ele comandou o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia ligada ao MEC que costuma ser alvo de disputas em qualquer governo, por gerir um orçamento bilionário (de R$ 55 bilhões em 2019) e ser responsável por financiar alguns dos principais programas da educação básica pública nos municípios, como transporte e infraestrutura escolar.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

2 comentários em “27 de junho de 2020”

  1. Ministro da educação

    Acho que este extenso currículo apontava algo que não era verdadeiro, tanto assim que foi modificado pelo próprio.

    E existe algo na passagem dele pelo FNDE que ainda não está bem esclarecida, vamos aguardar.

  2. Bom dia, professor Lauro e leitores.

    Prece que há um erro material no Decreto n.° 4 267, de 25 de junho de 2020, publicado na edição n.° 1155 do Diário Oficial do Município de Mangaratiba, o qual institui um “plano de transição” para o chamado “modo normal”.

    Vale lembrar que a vigência do ato retroage ao dia 01/06, conforme consta no seu artigo 22, o que suspeito ser um erro material uma vez que ali existe uma referência de revogação ao “Decreto 048/2020” [na verdade p 4.048/2020], onde o prefeito parece ter assinado sem observar a supressão de um numeral por quem redigiu o texto.

    Enfim, veremos mais eu uma publicação de erratas na próxima edição do DOM…

    Ótimo sábado a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: