19 de junho de 2020

Frase do dia

A virtude de uma pessoa mede-se não por ações excepcionais, mas pelos hábitos cotidianos. (Blaise Pascal)

Compasso de espera

O Prefeito de Mangaratiba e secretários do executivo municipal se reuniram nessa quinta-feira com proprietários de pousadas do município para tratar das questões relativas à retomada dos serviços de hospedagem na cidade e investimentos no setor de turístico. De acordo com o prefeito, ainda não é possível restabelecer o serviço de hotelaria devido à pandemia da COVID-19, mas, a Prefeitura está trabalhando em diversos projetos para aquecer o turismo quando a circulação de pessoas puder ser normalizada. Os serviços só poderão retornar em sua totalidade quando o risco oferecido pela pandemia estiver controlado, mas, pensando em não prejudicar ainda mais as empresas que recebem os turistas está sendo estudada a retomada gradual do funcionamento das pousadas.

Compasso de espera II

O Secretário de Cultura, Turismo e Eventos, Roberto Monsores, explicou que a Secretaria já montou um planejamento de retomada do turismo, em colaboração com as demais cidades da Costa Verde, para o período pós pandemia. O objetivo é explorar de forma ordenada os demais potenciais turísticos da cidade, como o histórico-cultural, o ecoturismo e o turismo de aventura, sem deixar de lado o controle das atividades já realizadas. A prefeitura, entre outras ações, está trabalhando no mapeamento das ilhas e trilhas do município, em projetos para a segurança de banhistas, estruturação do ecoturismo, implantação do turismo de aventura, e prestando auxílio para inserir as empresas de Mangaratiba no Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos.

Itaguaí abrindo

A Prefeitura de Itaguaí incluiu novos estabelecimentos comerciais na lista de atividades liberadas para funcionamento durante o estado de calamidade pública, que foi estendido até 26 de junho. De acordo com o decreto 4.470, estão liberados a partir desta sexta-feira: restaurantes e lanchonetes (com regulamentações); consultórios odontológicos (somente emergência); salão de beleza e barbearias (com regulamentações); lojas de vendas de roupas; escritório de contabilidade e de advocacia; atividades físicas ao ar livre e escritórios e consultórios de plano de saúde, seguro de saúde e cooperativas de saúde. Em decretos anteriores, já haviam sido liberados mercados, açougues, frigoríficos, peixarias, hortifrutis, padarias, farmácias, lojas de venda para alimentação animal, postos de combustíveis, pontos de venda de gás de cozinha, oficinas de manutenção de veículos (carros, motos e bicicletas), lojas de produtos de limpeza e higiene pessoal, materiais de construção, lojas de conveniência, lojas de venda de peças de automóveis, clínica e consultório médico, óticas e igrejas (assegurando que a ocupação seja no máximo de 30% de sua capacidade, respeitando um espaço mínimo de 2 metros entre as pessoas).

Eleições 2020

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou ontem que o plenário deve votar na próxima terça-feira, em dois turnos, uma Proposta de Emenda à Constituição sobre o adiamento das eleições municipais deste ano. A discussão é motivada pela pandemia do coronavírus, que já tem atrasado processos de verificação das urnas e também deve afetar as convenções partidárias onde são decididos os candidatos. Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno da eleição está, atualmente, previsto para 4 de outubro, e o segundo turno, para 25 de outubro. Em entrevista à TV Senado, Alcolumbre disse ser favorável a eleições no mês de novembro, com primeiro turno no dia 15. Nesse caso, o segundo turno, possivelmente, ocorreria no dia 29 de novembro.

Eleições 2020 – segue

A Constituição de 1988 prevê que, por regra, o primeiro turno sempre é realizado no primeiro domingo de outubro, e o segundo turno, no último domingo do mesmo mês. Por isso, para mexer na data, será preciso fazer uma emenda à Constituição. O parlamentar disse ainda ser contrário a um eventual adiamento do pleito para 2021 e, consequentemente, à prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores. Neste ponto, há consenso com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia e com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso.

Gripe espanhola

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

2 comentários em “19 de junho de 2020”

  1. Bem!
    Quero saber qual proteção tem os funcionários da PMM em virtude a alíquota que foi aumentada?
    Novamente o legislativo assina e um dos vereadores vem a público para dizer q o texto q eles mesmo assinaram é INCONSTITUCIONAL..
    Me fez lembrar a LEI AMBIENTAL!!.Q foi aprovada pelo legislativo as escuras, apenas pq disseram q seria bom para Mangaratiba.
    Ridiculo.
    Triste.
    E digo!!Não somos idiotas.Novembro vem ae!!

  2. Professor, poderia explicar como um conhecido restaurante no centro de Mangaratiba reabriu ao público. Não temos um decreto vigente restringindo a abertura de bares e restaurantes até 05/07? Pq para uns podem? Teve até comentário do próprio prefeito em uma publicação sobre a reabertura do restaurante no centro de Mangaratiba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: