15/16 de março de 2020

Frase do dia

Meus Deus! Estão deixando o povo doido com este coronavirus. (Anônimo, via redes sociais)

O bicho papão

Foi ao ar, há alguns anos, através do canal TNT de televisão a cabo, uma série denominada “The Last Ship” baseada em um romance de mesmo nome de William Brinkley. A história acontecia depois de uma pandemia global que matava mais de 80% da população do mundo. A tripulação do navio fictício USS Nathan James, da marinha americana, que não foi afetada pelo vírus, tenta encontrar uma cura para o vírus e salvar a humanidade. Já na literatura, o livro de Dean Koontz, “The Eyes Of Darkness”, publicado em 1981, está recebendo atenção renovada agora, apesar de ter quase 40 anos de idade. O livro menciona um vírus mortal chamado “Wuhan 400”, que é descrito como uma “doença grave semelhante à pneumonia” que se espalha atacando os pulmões e os tubos brônquicos e resistindo a todos os tratamentos conhecidos. Quanto ao livro, interessante observar que o autor não só acertou na doença global, como no lugar onde ela se originaria, bem como na data, o ano de 2020.

O bicho papão II

Ainda que estejamos do outro lado do mundo, é certo que os casos vão aumentar no Brasil. Por aqui, já há a orientação de órgãos de Saúde para a realização de alguns eventos sem público, como é o caso do UFC Brasília, das partidas de futebol realizadas nesse final de semana, suspensão de eventos os mais diversos, fechamento de cinemas e teatros. Segundo o ministro da saúde, a já declarada Pandemia Mundial de Coronavírus não deve chegar com tanta força ao Brasil, que já registra mais de 70 casos confirmados, tendo entre os infectados até um membro do governo. O próprio presidente tem aparecido de máscara. Há quem defenda que está havendo um exagero na forma como a imprensa trata o tema, mas é fato também que o medo já está instalado nas pessoas, afinal, há mais de 80 mil confirmações em todo mundo e cerca de 4 mil mortes em decorrência da doença. De acordo com a OMS, mais de 80% dos infectados têm sintomas leves e, por isso, não procuram a unidade de saúde e não são contabilizados.

O bicho papão III

As infecções das vias respiratórias inferiores continuaram a ser as doenças transmissíveis mais letais, causando três milhões de mortes em todo o mundo em 2016. A taxa de mortalidade por doenças diarreicas diminuiu para quase a metade entre 2000 e 2016, mas essas enfermidades causaram um milhão e meio de mortes em 2016. De forma similar, a tuberculose matou menos pessoas durante o mesmo período, mas ainda se encontra na lista das dez principais causas de morte, com um total de um milhão e trezentas mil pessoas que perderam a vida por causa da doença. O HIV/Aids já não está mais entre as doenças que mais tiram vidas, foram um milhão de mortes em 2016 contra um milhão e meio no ano 2000.

O bicho papão IV

Seguindo o padrão adotado em vários estados, o governo de Mangaratiba editou decreto, publicado no último final de semana, estabelecendo, a nível municipal, medidas de prevenção ao contágio do coronavírus. Destacam-se, entre essas medidas, a suspensão pelo prazo de quinze dias, de diversas atividades, como a realização de eventos com a presença de público, ainda que previamente autorizadas, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, shows, feiras, eventos científicos, comícios, passeatas e afins; visitação às unidades de assistência social e saúde; visita a pacientes diagnosticados com o COVID-19, internados na rede pública ou privada de saúde. Quanto às aulas, sem prejuízo da manutenção do calendário recomendado pelo Ministério da Educação, o Secretário Municipal Educação deverá expedir em quarenta e oito horas ato para regulamentar as medidas necessárias. Deve ele, no entanto, seguir a providência estadual de antecipar para agora o recesso escolar de meio de ano suspendendo as aulas por quinze dias.

O bicho papão V

Conta uma história hindu que um profeta estava meditando na floresta quando encontrou a “peste”. Perguntou a ela onde estava indo. Recebeu como resposta que a “peste” estava indo para a cidade grande matar dez mil pessoas. Tempos depois, em outra meditação, voltou a encontrar a “peste” e reclamou: “Você disse que iria matar dez mil pessoas. Pelo que eu soube morreram cem mil.” Ao que a “peste” respondeu: “Eu só matei dez mil mesmo, os outros noventa mil morreram de medo.” Ao que parece, por aqui, isso não aconteceria, vez que, com sol forte e dia de calor, as praias do município estiveram cheias, bem como quiosques, com música ao vivo, aglomeração de pessoas e filas para tomar os ônibus cheios da viação Ponte Coberta, com destino a Nova Iguaçú, sem nenhum medo do tal de coronavírus.

Bicho Papão VI

Observa um morador antigo do município que, enquanto só se fala em álcool gel, coronavírus e jogos sem platéia, por um momento, o Rio de Janeiro não mais fala de balas perdidas, nem confronto entre traficantes e policiais, nem roubo de cargas, nem geosmina na água da Cedae.

Raul Seixas – profético

Assim cantava o chamado “maluco beleza” há quarenta e três anos.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

2 comentários em “15/16 de março de 2020”

  1. O bicho papão V

    Praias lotadas também na cidade do Rio de Janeiro.

    Isto mostra quanto o carioca e fluminense são ‘isperrrrrrrtos’.

  2. O bicho papão V

    Praia cheia em Itacuruça, em Copacabana, todos os envolvidos com saúde alertando para um possível colapso do sistema de saúde, caso o número de infectados aumente.

    Isto mostra como o carioca e fluminense são ‘esperrrrtos’….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: