06 de março de 2020

Frase do dia

Pare de conversar com o palhaço e converse com o dono do circo. (Ditado mineiro)

O circo chegou

Segundo a definição, um circo (do latim circus, “circunferência”) é comumente uma companhia em coletivo que reúne artistas de diferentes especialidades, como malabarismo, palhaço, acrobacia, monociclo, contorcionismo, equilibrismo, ilusionismo, entre outros. Nada, aliás, muito diferente de certos movimentos políticos no Brasil.

O circo chegou II

Após uma sessão que durou mais de quinze horas, a câmara de vereadores de Itaguaí cassou, em decisão política, os mandatos do prefeito Charlinho e do vice Abeilard Goulart. O processo, cheio de impropriedades e nulidades jurídicas deve, muito provavelmente, ser anulado pela justiça. Os motivos para a anulação são muitos, como por exemplo, o afastamento de vereadores que votariam a favor do prefeito sob a alegação que teriam interesse direto no resultado; cerceamento da defesa dos acusados quando a comissão processante recusou ouvir pessoas apresentadas pelos advogados. O assunto deve ser analisado pelo poder judiciário com fortes possibilidades de cancelamento da decisão.

O circo chegou III

O que está por trás desse movimento faltando menos de oito meses para o fim do mandato do prefeito? Pelas primeiras notícias do dia, com a posse do presidente da câmara como prefeito interino, diversos vereadores (que votaram pela cassação) assumiriam secretarias para, nesse curto período, buscarem alavancar suas candidaturas à renovação do mandato em outubro próximo. Não podem esquecer, todavia, que deverão deixar esses cargos exatamente daqui a trinta dias e, após isso, talvez, coloquem em seus lugares pessoas de interesse de seus grupos políticos.

Coronavirus

Apresentado pela mídia brasileira e internacional como o “Bicho papão” do século XXI, o covid 19, na melhor das hipóteses, não passa de uma gripe, absolutamente similar às que estamos sujeitos todos os anos. Os brasileiros, atualmente, estão muito preocupados com o coronavirus. O número de casos confirmados, na China, está em torno de cem mil pessoas, sendo que, 1.368 pessoas morreram por Covid-19, incluindo um caso no território semiautônomo de Hong Kong. Duas mortes foram registradas fora do país: nas Filipinas, em 2 de fevereiro; e no Japão. O que muitos brasileiros não sabem é que o Brasil vive uma epidemia de dengue com números bem parecidos. De 29 de dezembro de 2019 a 25 de janeiro deste ano, foram notificados 57.485 casos prováveis (taxa de incidência de 27,35 casos por 100 mil habitantes) de dengue no país. O dado é do Ministério da Saúde divulgado agora em fevereiro. O número é levemente superior ao mesmo período do ano passado e quase o triplo do mesmo período de 2018. A situação, que já é preocupante, ainda pode piorar, visto que historicamente o pico da dengue costuma ocorrer no mês de abril, em razão do período chuvoso. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou em entrevista que “você tem muito mais chance de morrer de dengue no Brasil, hoje, do que de coronavírus”.

Coronavirus II

Nos Estados Unidos, o governo revelou que no último inverno registrou o maior número de mortes por gripe comum. A estimativa é de 80 mil, é o maior registro em quatro décadas. Especialistas na área sabiam que seria uma temporada ruim, mas ficaram surpresos com a quantidade de casos. Nos últimos anos, as mortes relacionadas à gripe variaram cerca de 12 mil a 56 mil, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção a Doença. No outono e inverno os EUA passaram por uma das mais severas temporadas de gripe. Que colocou mais pessoas no hospital e causou mais mortes, especialmente entre crianças e idosos.

Defeso do camarão

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “06 de março de 2020”

  1. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores

    Na comédia que é a política de Mangaratiba, de nada adianta conversar com o dono do circo daqui e tão pouco com o palhaço. O dono do circo mangaratibano, além de nem ser figura da terra, é um sujeito arrogante, ofensivo, prepotente, autoritário e que acredita poder mandar em tudo e em todos.

    Fato é que cada vez mais esse circo está virando um espetáculo de horrores devido à incompetência e à falta de liderança do palhaço que vem fazendo uma péssima apresentação no palco, o que faz hoje com que muitos prefiram assistir aos teatros de outrora, como eram nos velhos tempos.

    Ótima sexta-feira a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: