23 de outubro de 2019

Frase do dia

Há muita gente falando o que pensa na internet e pouca gente pensando sobre o que fala. (Anônimo)

Nota de falecimento

Faleceu na manhã de hoje, o morador de Itacuruçá João Ximenes. Havendo mais informações sobre o sepultamento, informaremos aqui no blog.

Sessão da câmara

Destacou-se, na sessão de ontem da câmara municipal de Mangaratiba, a intervenção indignada do vereador Dr. David questionando a atitude da vereadora licenciada e atual secretária de Assistência Social do município Cecília Cabral que, nas palavras dele, estaria lhe imputando a dificuldade de tramitação de um projeto de políticas públicas na área da assistência. Destacou ele que a matéria, no que diz respeito ao legislativo, segue com sua tramitação normal, no entanto, o item que interessaria mais diretamente à vereadora licenciada já teria sido vetado pelo próprio prefeito, vez que impróprio por vários motivos. Recebeu apartes de apoio de diversos outros vereadores.

O X do problema

Pelo que destacou o vereador Dr. David, o trecho vetado pelo prefeito se referia à autorização para o secretário da pasta da Assistência passar a ter o poder de conceder gratificações e abonos especiais para servidores sob sua supervisão, sem necessidade de levar o assunto à esfera de autorização do chefe do poder executivo. Como realçado na justificativa do veto, existe lei municipal estabelecendo competência exclusiva do prefeito para esse tipo de concessão.

Timidamente

A escritora quilombola Pituka Nirobe está visitando desde segunda-feira as bibliotecas públicas do município contando histórias de seus antepassados na Ilha da Marambaia, além de outras que fazem parte da lúdica infantil das nossas tradições populares. Como destacado ontem aqui no blog, uma ação extremamente válida, no que diz respeito ao resgate e valorização das nossas raízes africanas, especialmente nesses dias que antecedem ao Dia Nacional da Consciência Negra. De outra parte, uma ação tão tímida, no que diz respeito ao envolvimento das escolas e população em geral, que, no evento de ontem acompanharam atentamente as palavras da escritora menos de trinta crianças e apenas um vereador, o Emilson da Farmácia..

E agora, José?

A Fundação Mário Peixoto informa que os trabalhos da artista plástica Cida Mansur estão em exposição de terça-feira a sábado no Museu Municipal de Mangaratiba. Seu trabalho reafirma o compromisso de reutilizar materiais descartados diariamente. A artista ainda se utiliza desses materiais em suas oficinas de arte com pacientes. Todavia, moradores e visitantes de Itacuruçá só poderão ter contato com essa obra se forem a Mangaratiba, vez que, conforme afirmado e reafirmado aqui no blog, a única sala de exposições disponível no CEFET Odejaime de Holanda Ferreira, está destinada a apresentar, exclusivamente, obras da artista Concília Kede.

Brincadeira tem hora

No afã de criarem “zoações” enaltecendo seu time, alguns torcedores e internautas acabam cruzando a linha da prática de crimes, mesmo sem se dar conta. É o que está acontecendo com essa mensagem abaixo, que circula nas redes sociais. Não fosse a expressão “secadores de plantão”, que nunca seria utilizada em qualquer documento oficial, a imagem tem todas as características de documento oficial e pode ser caracterizada como crime de falsificação de documento público ou falsidade ideológica.

Dia do aviador

D’astro-rei desafiamos nos cimos, Bandeirantes audazes do azul. Às estrelas, de noite subimos, para orar ao Cruzeiro do Sul. Contacto! Companheiros! Ao vento, sobranceiros, lancemos o roncar da hélice a girar. (Dia 23 de outubro – dia do aviador)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

3 comentários em “23 de outubro de 2019”

  1. E antes que alguém questione sobre o local do evento de dezembro ser na praia do Sahy, o objetivo é que as pessoas conheçam o local lindíssimo, com uma história riquíssima e que merece ser respeitado. Conscientizar as pessoas que as pedras não são para fazer churrasqueira, são ruínas que merecem ser preservadas e respeitadas, pois guardam a memória do nosso povo. Queremos sensibilizar o maior número de pessoas para ajudar a transformar aquele local em um parque de visitações turísticas e cultural. São João Marcos tem 1/3 das nossas ruínas e recebem visitantes do mundo inteiro. Por que não, Mangaratiba? O sítio Arqueológico do Sahy é maravilhoso!!

  2. Bom dia, novamente!
    Com relação a cultura e Dia da Consciência Negra, a Prefeitura Municipal de Mangaratiba e a Fundação Mário Peixoto, têm o maior respeito. Dia 20 de novembro acontecerá na Marambaia mais uma festa tradicional e, em virtude do compromisso dos quilombolas neste dia, no início de dezembro faremos juntos uma outra comemoração nas Ruínas Arqueológicas do Sahy. Ontem a Fundação Mário Peixoto esteve presente na Marambaia, com representantes do INEPAC, conversando com a presidente da AQUIMAR. Gostaria de ressaltar que, apesar das imensas dívidas encontradas na Fundação, incluindo gato no relógio, temos o maior respeito pela Cultura e estamos nos esforçando para fazer um trabalho sério e com responsabilidade. Sem jeitinhos, principalmente àqueles que ao invés de somar, diminui. A equipe da Fundação Mário Peixoto está se empenhando para fazer eventos e ações com muito amor e carinho por nossa cidade. Inclusive estamos realizando fóruns setoriais para a criação do Conselho de Políticas Culturais do Município, Lei que já existe desde 2013 e até hoje não havia sido colocada em prática. Hoje, às 18h, será o Fórum Setorial em Conceição de Jacareí. Já aconteceram em Mangaratiba, Itacuruçá e Muriqui. Também haverá outro no dia 29, no centro cultural, em Mangaratiba. Estamos aguardando a presença de todos do segmento de Cultura para se candidatarem a uma vaga no Conselho. Não estamos indicando, estamos deixando a população decidir seus representantes. Assim faz uma gestão séria. Outro abraço.

  3. Bom dia, Professor!
    Com relação às últimas postagens sobre a sala de exposições do CEFEC, gostaria de fazer algumas observações, se me permite. Em uma gestão passada fizeram uma homenagem para a artista Maria Concilia Marques Kede, inclusive com a intenção de dar a sala de exposições o nome da mesma. Não foi possível naquele momento, pois a senhora Concilia ainda era viva. Este ano, a Fundação Mário Peixoto foi procurada pela historiadora Mirian Bondim e pelo senhor João Marcos, que fizeram a solicitação para a concretização do fato, pois a artista já havia falecido. O Vereador Emilson fez um projeto de Lei tornando a sala de Exposição Permanente Maria Concilia Marques Kede, Lei sancionada pelo atual prefeito. O prefeito, em respeito pela cultura do município, revitalizou o CEFEC. A sala de exposição se tornou permanente por alguns fatores também… O baixíssimo índice de visitações, comparado a sala de exposição do Museu Municipal. Para se fazer um vernissage, demanda custos, como transporte das obras, buffet do vernissage, música e outros. Gasto desnecessário aos cofres públicos mediante a quantidade de visitações. A sala permanente não impede que outros eventos sejam realizados no CEFEC, eles continuarão a acontecer e todos serão bem-vindos. O CEFEC só não realizará mais vernissage. E não mudamos o nosso estatuto, estamos cumprindo a Lei. Um grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: