16 de outubro de 2019

Frase do dia

A competitividade de um país não começa nas indústrias ou nos laboratórios de engenharia, ela começa na sala de aula. (Lee Iacocca)

Inacreditável

Quando se pensou que, com a denominação da sala de exposições do Centro Cultural Ferroviário de Itacuruçá com o nome da matriarca da família Kede, Dona Concília, o distrito estava ganhando um espaço renovado para a difusão da arte e da cultura, estávamos todos enganados. Chegou ao conhecimento do blog que o espaço, aliás, o único espaço capaz de abrigar mostras as mais diversas, só pode ser utilizado, a partir de agora, única e exclusivamente para a exposição de obras da Dona Concília.

Inacreditável II

No bojo da informação recebida, consta que a Fundação Mário Peixoto teria realizado uma mudança em seus estatutos que permitiria a utilização da área de forma exclusiva e por tempo indeterminado para a exposição das obras de Dona Concília. Assim sendo, qualquer outra manifestação artística vinculada ao distrito, como eventuais exposições de fotografias, de pinturas de outros artistas, de selos e até mesmo de itens e curiosidades dos tempos do trem “maria-fumaça” no município não mais podem ser realizadas naquele espaço. Como não existe outro local adequado e disponível no distrito, quem perde é a cultura e memória de Itacuruçá.

Feriado trágico

O dia adicional de folga, propiciado pelo feriado do dia do professor, também trouxe incidentes e acidentes graves. Na madrugada de segunda-feira, uma lancha pegou fogo na Marina, em Itacuruçá. Ontem, ocorreu o afogamento de um jovem rapaz de dezenove anos em frente ao quiosque 15, em Muriqui. Apesar das buscas dos bombeiros, o corpo seguia desaparecido. Na ilha da Vigia, ocupantes de um Jet-sky sofreram um acidente quando faziam manobras arriscadas. Ambos vieram a óbito, um rapaz e uma moça. Na rodovia Rio Santos, ocorreram pelo menos dois acidentes envolvendo automóveis: um dentro do túnel entre Itacuruçá e Muriqui e outro, já no início da noite, no trevo de entrada de Itacuruçá. Para completar, constatou-se, na manhã de hoje, que uma das creches de Itacuruçá foi assaltada e saqueada na noite de ontem, inviabilizando o acolhimento de cerca de cento e cinquenta crianças.

Cabine abandonada

Atendendo ao questionamento de um leitor do blog a respeito de onde ficaria a cabine construída para a Guarda Municipal na praça da estação e sem uso desde o governo Capixaba e que seria apropriada para a instalação de um ponto de apoio para bombeiros e guarda-vidas nos dias de “casa cheia”, esclarecemos que a mesma fica situada na parte da praça de frente para os quiosques e o mar e que está (ainda) completamente abandonada.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: