14 de outubro de 2019

Frase do dia

A melhor maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar. (Dom Helder Câmara)

Casa Cheia

Bastou o sol firme e a temperatura alta para o município voltar a experimentar intenso movimento. Desde a manhã de sábado a rodovia Rio Santos teve intenso movimento, inclusive com trechos de grandes engarrafamentos. Em Itacuruçá, desde as primeiras horas de sábado, já era praticamente impossível estacionar um automóvel, o que só era possível nas ruas mais distantes ou nos estacionamentos pagos. Como conseqüência, a volta dos mesmos problemas de sempre, como a invasão de “flanelinhas” oriundos de outros municípios.

Seca pimenteira

Diante da manifestação entusiasmada de um dos organizadores da edição deste ano da Pesca de Caiaque ao dizer: “Em 2020 a praia vai ficar pequena para o DKF”, imediatamente surgiram nas redes sociais manifestações de inveja, alegando que quiosques, hotéis e pousadas de Itacuruçá  tiveram muito lucro, mas que considerando as dificuldades de infra-estrutura do distrito, o evento deveria ser transferido para a Praia do Saco.

Fim da feira

Apesar das promessas, feitas no início do ano e até agora não cumpridas, a feirinha de Itacuruçá, realizada aos sábados na praça ao lado da passagem de nível, continua em acelerado processo de extinção. No sábado 05 de outubro não houve feira, por conta do evento Prefeitura em seu Bairro. Neste último sábado, 12 de outubro, apenas cinco barracas se apresentaram: uma de bugigangas, uma de caldo de cana e pastel, uma de carne de porco, uma de plantas e uma de legumes.

Advogado do diabo

A canonização da Irmã Dulce, no último domingo, trouxa à luz uma curiosidade, a origem da expressão “advogado do diabo”. Esse é o epíteto com que se denominava o advogado que tinha por missão apresentar provas impeditivas da admissão de um candidato a santo ou beato. Sua função era averiguar todos os fatos apresentados em favor do candidato., procurando falhas nas provas de milagres do candidato a santo. Nesses processos de canonização e beatificação, também havia o promotor da fé, encarregado de argumentar a favor do candidato. Popularmente, a expressão passou a designar o indivíduo que apresenta muitas objeções a uma determinada tese, criando dificuldades para a defesa. Por vezes, o advogado do diabo defende um argumento contrário ao da maioria apenas com o intuito de testar a qualidade do argumento.

Advogado do diabo II

A referência à função questionadora vem da leitura da última edição do diário oficial do município, de número 1006, na qual a secretaria de segurança, trânsito e ordem pública publicou portaria que regulamenta a entrada e permanência de veículos automotores nas ilhas do município. Curioso observar que apenas na Gamboa, na ilha de itacuruçá e na Marambaia, há condições para a presença de veículos. Considerando que o comando do Cadim dificilmente se submeterá a restrições oriundas do poder público municipal, restará fiscalizar, apenas e tão somente, a praia da Gamboa e sua única rua trafegável, a rua João Gomes.

Advogado do diabo III

Se o caso acima é discutível, vez que podem existir motocicletas e tratores levados para as ilhas, a outra portaria publicada deixa no ar, no mínimo, uma forte preocupação com o estrangulamento da única atividade econômica que é vocação do município. De acordo com a portaria número 76, publicada na mesma edição do diário oficial, está proibido o estacionamento de qualquer tipo de veículo da cadeia do turismo em qualquer logradouro dos distritos discriminados no artigo primeiro, ou seja, todos os distritos.

Advogado do diabo IV

Nos artigos seguintes, segue a portaria esclarecendo e estabelecendo proibições as mais diversas, inclusive com multa de setecentas Ufir’s para quem descumprir a medida e estabelece um único local autorizado para que esses veículos possam ser estacionados, um local específico situado na Praia do Saco.

Advogado do diabo V

Então fica combinado assim: o ônibus de turistas que pretendam fazer o passeio turístico partindo de Itacuruçá, os deixará no cais às dez horas da manhã e deverá seguir mais trinta quilômetros pela rodovia Rio Santos até encontrar o local apropriado para estacionamento. No final da tarde, quando do momento de levar os visitantes de volta, deverá rodar outros trinta quilômetros de volta, da Praia do Saco até Itacuruçá. Mais ainda, o mesmo deverá acontecer com quem for passear pelo mar saindo de Conceição de Jacareí; grupos de amigos pescadores que costumam alugar Van’s para embarcar a partir de Itacuruçá; grupos que procurem as águas geladas da cachoeira da Ingaíba ou, até mesmo, quem resolver realizar algum tipo de passeio ecológico em trilhas da Serra do Piloto. Tudo isso sem levar em conta que em dias de “casa cheia”, como nesse último final de semana, os condutores dos veículos que forem para esse único local de estacionamento autorizado, no fim da tarde, na hora de pegar seus passageiros, enfrentarão longos engarrafamentos na Rio Santos, entre a Praia do Saco e Itacuruçá.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “14 de outubro de 2019”

  1. Sr. Editor. Temos que reconhecer que tem pessoas que têm vocação para o desastre administrativo. É o que se pode concluir com esta questão de restrição para estacionamento dos veículos transportadores de turistas. Se não é vocação então é má fé mesmo e desejo incontido de destruir o turismo da cidade.
    Enquanto algumas cidades procuram dinamizar o turismo em seu território, Mangaratiba procura “dinamitar” esta indústria. Lamentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: