31 de julho de 2019

Frase do dia

Quando você estiver muito feliz, ou muito triste, lembre-se que isto também vai passar. (Provérbio Indiano)

Festa de Santana – pontos de vista

Recebemos, aqui no blog, o comentário de um leitor que de tão longo e cheio de “considerandos”, o sistema do wordpress classificou como spam. Na revisão feita esta manhã, retiramos a classificação de spam levando-o, democraticamente, à área de comentários para o conhecimento dos leitores. Todavia, entendemos caber algumas contra considerações ao que foi apresentado pelo leitor. A primeira delas diz respeito à questão levantada de que o blog não teria ouvido “o outro lado”. Vale repetir que um blog não é jornal. Jornalismo é que necessita balancear opiniões divergentes abrindo espaço para as manifestações opostas. Blog é espaço de opinião. Simples assim.

Festa de Santana – pontos de vista II

No trecho em que o leitor comenta sobre o uso do whattsapp como instrumento para transmissão de orientações para guardas municipais em serviço, cremos que lhe passou despercebido que o fato apontado não fazia referência ao uso do aplicativo, nem sequer ao comportamento do guarda municipal em cumprir a orientação recebida, mas sim ao fato de se tratar de uma determinação baseada em resolução da autoridade de trânsito do município que não havia sido publicada no diário oficial. O requisito básico de validade dos atos oficiais é a publicidade, e sua eficácia, como estabelece o rigor jurídico, é “Ex nunc”, expressão de origem latina que significa “a partir de agora”. Assim, no meio jurídico, quando dizemos que algo tem efeito “ex nunc”, significa que seus efeitos não retroagem, valendo somente a partir do momento em que é tornada pública a decisão tomada. A falha está justamente no fato de mandar o guarda municipal agir baseado numa resolução juridicamente inexistente.

Festa de Santana – pontos de vista III

Quando ao episódio isolado da remoção de dois veículos estacionados em áreas normalmente autorizadas para tal, mas que “poderiam” atrapalhar a festa, vale lembrar que os automóveis encontravam-se no local e de lá foram removidos na tarde de sábado, pelo menos cinco horas antes do início da festa e movimentação de pessoas. Em segundo lugar, os automóveis apontados por moradores que, na noite do mesmo dia, estacionaram no mesmo local e não foram rebocados, não eram de barraqueiros, mas de participantes da festa. A propósito, a foto dos automóveis estacionados no local à noite foram tiradas, pessoalmente, pelo próprio redator do blog.

Festa de Santana – pontos de vista IV

Encerra o leitor com o seguinte trecho: Concordo que houve sim falhas, como ocorreu no ano de 2018 e vai ocorrer no ano de 2020, como disse, não são máquinas que fazem esses eventos acontecer e sim pessoas, seres humanos, passivo de acertos e erros, então vamos julgar menos, pois essa palavra julgar não cabe a nós e vamos nos unir mais, aproveitar as falhas vivenciadas neste e se junte ao Poder Público para o ano de 2020.” A esse respeito, é cabível a observação do vereador Emilson em conversa sobre o mesmo tema. Dizia ele que essa foi a edição de número 180 da Festa de Santana. No ano que vem, teremos a edição de número 181, na qual o dia da padroeira cairá no domingo 26 de julho de 2020. Por conta disso, o poder público conta com praticamente um ano de antecedência para planejar e tomar todas as providências necessárias para a festa do ano que vem, desde o dimensionamento de banheiros químicos, ajuste no policiamento, publicação das normas para instalação de barracas, publicação das áreas de interdição de trânsito, etc. As críticas mostradas em relação à festa de 2019 não são para apenas “falar mal”, mas sim para apontar falhas que podem e devem vir a ser corrigidas.

A propósito

Lembrou o citado vereador Emilson que, há alguns anos, quando o atual prefeito ocupava a vereança no município e fazia forte oposição ao então prefeito Capixaba, que a edição daquele ano da festa de Santana ficou seriamente prejudicada justamente porque não houve antecedência na tomada de providências. Na véspera do início do evento, o Corpo de Bombeiros vetou sua realização por conta da inexistência de solicitação do aval daquela corporação. Naquela ocasião, o executivo municipal de então implorou ao atual prefeito, mesmo sendo de oposição, que tentasse interceder junto ao comando da corporação para liberar a festa. Pouco conseguiu, mesmo indo procurar, diretamente, o comando geral da corporação. O fato é que, naquele ano, a festa na praça foi um verdadeiro fracasso. Mais ainda, foi a partir desse episódio que a diocese determinou ao pároco local que se abstivesse de intervir na parte não religiosa da festa.

Esqueceram de mim

Lembrete endereçado ao secretário Roberto Monsores levantado por um internauta. “ A Prefeitura de Mangaratiba se esqueceu de realizar a “Festa da Cocada” e de incluí-la no calendário turístico da cidade? Pois, conforme previsto no art. 4° da Lei Municipal 1167/2018, era para o evento estar acontecendo agora no último final de semana deste mês de julho. No entanto, fica a dica para que se lembrem das deliciosas cocadas de Muriqui durante a festa agostina dos moradores do Morro de São Sebastião”.

Esqueceram de mim II

Em Mangaratiba ninguém sabia. A secretaria de turismo, cultura, eventos, esportes e lazer tem tantos afazeres que nem sequer deve ter notado. Os senhores vereadores, ainda em recesso, tampouco deram as caras por lá. Apenas a Marinha e o jornal Atual estiveram presentes nas festividades de inauguração da sede da Arquimar (Associação da Comunidade Remanescente de Quilombo da Ilha da Marambaia). A seguir, trecho da reportagem produzida pelo jornalista Wellington Campos e publicada no Jornal Atual: “Após descerramento da fita de inauguração da sede, o presidente da Arqimar, Fábio Marçal, destacou a luta da comunidade para a construção da sede da associação com recursos próprios e na mobilização dos moradores que participaram do mutirão para erguer a tão sonhada sede. O presidente também ressaltou o apoio do comandante Max no acabamento final da obra. O presidente agradeceu ainda a todos os colaboradores e aos militares do Cadim que também ajudaram no mutirão com a comunidade para finalizar a obra da sede para inauguração. “Hoje é um dia histórico para todos os moradores da Ilha da Marambaia. Quero agradecer primeiramente a Deus por mais essa conquista da comunidade. Agradecer aos nossos anciões que lutaram num passado recente pelo os nossos direitos. Agradecer ao comandante Max, que vem realizando um grande trabalho em prol da comunidade devolvendo a nossa dignidade e resgatando a auto estima de todos os moradores. Hoje a comunidade tem uma sede, um espaço de todos e para todos”, discursou Fábio Marçal. Após a solenidade de inauguração, o grupo cultural Filhos da Marambaia fez a sua primeira apresentação de jongo no grande salão da sede da Arqimar. Em seguida, os festejos continuaram com a festa julina realizada pela comunidade. (Foto: Jornal Atual)

Vice-campeão         

Uma posição na qual ninguém queria estar. O escândalo da Petrobrás foi eleito o segundo maior caso de corrupção no mundo na votação da Transparência Internacional, ONG que tem sede na Alemanha e é referência no trabalho de combate a esse tipo de crime. O caso mais votado foi do ex-presidente da Ucrânia. Ele fugiu do para a Rússia em 2014 depois de acumular uma fortuna, enquanto a Ucrânia enfrentava uma crise financeira. A campanha começou em outubro e teve a participação de mais de 4,5 milhões de pessoas que indicaram casos de corrupção ao redor do mundo. Entre os nove mais votados, também está  o escândalo da Fifa. A Transparência Internacional faz relatórios anuais com índices de percepção de corrupção. No último boletim, o Brasil apareceu no posto de número posição 76, entre 169 países. Quanto mais baixa a posição, pior.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: