09 de julho de 2019

Frase do dia

A felicidade morava tão vizinha que, de tolo, até pensei que fosse minha. (Até Pensei – Chico Buarque)

25.932

Nos últimos dias, o blog fez um pequeno recesso em virtude da passagem do aniversário de 71 anos de seu redator, ocorrida ontem, dia 8 de julho. Lembrando Leonel Brizola quando dizia “eu venho de longe”, foram, até aqui, vinte e cinco mil novecentos e trinta e dois dias de vida, com uma infinidade de coisas a agradecer, em especial aos familiares e amigos com quem tive a oportunidade de conviver. Que venham mais trezentos e sessenta e cinco dias!

Patrimônio mundial

A boa notícia do final de semana foi o título concedido à Ilha Grande e ao município de Paraty como patrimônio mundial natural e cultural. No guia de internacional sobre viagens Michelin, assim é descrita a região: “Entre o Rio de Janeiro e São Paulo, a região da Costa Verde é um verdadeiro milagre ecológico onde ainda podemos observar os últimos vestígios de Mata Atlântica nas encostas da Serra da Bocaina. Ilha Grande e Paraty, duas das mais belas jóias do Brasil, foram poupadas da urbanização e relativamente preservadas do turismo predatório devido ao difícil acesso e graças às suas próprias histórias. À medida que nos afastamos do Rio de Janeiro, a paisagem vai ficando cada vez mais selvagem e revela toda a sua beleza a partir de Mangaratiba. Perto da costa, surge Ilha Grande, com sua imponente silhueta, enquanto o litoral se esgarça em baías e ilhotas. Na ponta sul da grande Baía dos Reis, Paraty é a última a ser descoberta, voltada para o mar que foi, durante séculos, sua única ligação com o exterior. Ainda mais ao sul, a partir de Trindade, a paisagem muda de escala quando as montanhas em declive da Serra do Mar terminam abruptamente seu curso diretamente no oceano.”

Contraponto

Pois, do lado de cá, Mangaratiba e a Angra dos Reis continental persistem no caminho sem volta da degradação, da favelização e do turismo predatório. Fica no ar a pergunta: “Até quando?”

Registro do fato

Nesta segunda o prefeito Alan Bombeiro encontrou com os trabalhadores demitidos da empresa que prestava serviço de coleta de lixo na cidade. Com o fim do contrato a empresa não pagou os salários e nem os direitos trabalhistas. A situação dos trabalhadores é grave, muitos pagam aluguel e sequer conseguiram fazer compras para suas casas. O prefeito mostrou comprovantes de depósitos de mais de um milhão de reais na conta da empresa e desmentiu a alegação de que a prefeitura não tinha efetuado o repasse. Segundo Alan, a prefeitura vai intermediar junto a nova empresa de coleta para que contrate os trabalhadores demitidos pois o trabalho deles é muito bem avaliado pela população. (Robertinho Castilho, via facebook)

Em praça pública

Extremamente saudável a atitude do prefeito e diversos vereadores, liderados pelo presidente da câmara, vereador Charles Graçano, em irem à praça pública explicarem, sem restrições, a situação dos trabalhadores da Rio Zin ambiental (Locanty) que ficaram “de mãos abanando” por conta do encerramento do contrato da empresa de coleta e limpeza com a prefeitura. Em vídeo, divulgado através das redes sociais, o prefeito Alan Bombeiro comunicou (e comprovou) que todos os pagamentos devidos pelo poder público à empresa estão rigorosamente em dia, e que o responsável pela mesma se comprometeu a pagar, o mais breve possível, salários, quitações e até mesmo férias vencidas. Explicou, ainda, que a empresa vista nas ruas no dia de ontem apenas assumiu um contrato emergencial, vez que a licitação definitiva para a tarefa ainda está em andamento.

Em praça pública II

Já o vereador Charles Graçano tem se colocado à disposição dos funcionários da empresa substituída para colaborar na luta pelos direitos trabalhistas, férias e também pela oportunidade desses trabalhadores serem reaproveitados na nova empresa que efetuará o serviço de limpeza urbana na cidade. De outra parte, estão ocorrendo gestões no sentido de uma intermediação do poder público junto à empresa que vencer a licitação definitiva para a coleta e varrição para o reaproveitamento da mão de obra. Fica, apenas, a consideração da máxima do escritor Jean de La Fontaine: “Razões não ouve, quem de fome morre.”

Sem correr da raia

Aproveitando o momento de contato direto com a população, o prefeito Alan Bombeiro não se furtou a responder às perguntas relacionadas à invasão da localidade denominada Pomar da Casa Branca. Lembrou ele que a questão é toda e especificamente conduzida pelo judiciário, sem qualquer tipo de interferência ou participação do poder público municipal e que, de fato, pelas informações que dispõe, muito poucas famílias conseguirão permanecer no local e, se a prefeitura for chamada a colaborar com o reassentamento dos que forem retirados, estará pronto para participar do esforço.

Notícia antiga

Agentes da 165ª DP em Mangaratiba, participaram da Operação Pomar da Casa Branca, planejamento do Gabinete de Gestão em Segurança Pública de Mangaratiba. A ação foi feita em conjunto com a Polícia Militar; a Guarda Municipal; secretarias municipais e a Empresa de Energia Elétrica. Esta operação permitiu a execução dos competentes serviços públicos oficiais na comunidade instalada na antiga fazenda, denominada Pomar da Casa Branca, viabilizando total mapeamento da área e considerável identificação popular. Foram atestados 152 imóveis com furto de energia elétrica, havendo perícia criminal no respectivo desvio e remoção da rede clandestina, além da completa colheita de dados pertinentes, que facultará, pelo serviço de inteligência, a devida responsabilização penal em inquérito. O aparato de segurança pública viabilizou toda ação em ordem, e a parceria favorece o desenvolvimento de procedimentos legais naquela comunidade. (Fonte: Polícia Civil do Rio de Janeiro – 2017)

Tabela de vencimentos

Publicada, na pagina 36 da edição n° 945 do Diário Oficial do Município, a nova tabela de vencimentos e subsídios para 2019 dos servidores do Poder Executivo, após ter sido dada a reposição salarial de 15% pela Lei 1.204, de 28 de Maio. Importante compartilhar a informação para todos os servidores defenderem os seus direitos.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

3 comentários em “09 de julho de 2019”

  1. Em tempo!

    Como disse Moisés no festejado Salmo 90 (esse não foi do rei Davi),

    “Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria”

    Lembrando que, segundo a Bíblia, aquele que é considerado o protoprofeta e legislador por excelência, teria vivido nada menos do que 43800 dias. Um pouco menos que a francesa Jeanne Calment…

  2. Parabéns, Professor!

    Conforme havia me manifestado no sítio de relacionamentos Facebook, que chegue e passe dos 30 mil dias!

    Um abraço e ótima tarde a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: