14 de junho de 2019

Frase do dia

A humanidade se divide em dois grupos, os que concordam comigo e os equivocados. (Ariano Suassuna)

Refletindo

Comenta um leitor do blog: “Eu estava refletindo. A estrada velha de Itacuruçá até hoje está fechada. Caso ocorra algum acidente muito grave na Rio Santos, como uma queda séria de barreira, estaremos ilhados em Muriqui. Já imaginaram como seria se houvesse um acidente nuclear em Angra?”

Turismo

Quanto à composição do Conselho Municipal de Turismo, considerada aqui no blog como carente de representação de outros partícipes da cadeia produtiva do turismo, um leitor do blog faz as seguintes considerações: “Lendo a participação no conselho de turismo, não sei quem são, mas na minha visão teríamos que dar prioridades aos seguintes pontos: Temos 5 distritos e em cada um particularidades. Mangaratiba, tem uma parte histórica, com museus, cais, estaleiro, restaurante e poucas acomodações. Muriqui, com quiosques, praia, clube e rede de pousadas. Itacuruça, tem uma história com suas ilhas, centro cultural, praias, ilhas, rede hoteleira (pousada e hotéis) no continente e nas ilhas, Iates, marina, garagem para barcos, estaleiros. Conceição de Jacareí, cujo atrativo principal é a proximidade com a ilha grande e Angra dos Reis. Sem falar na Serra do Piloto, na Pedra do Urubu, no Parque Cunhambebe e a possibilidade do turismo rural. Tinha que ter um representante de cada distrito e este eleito por todos os interessados, caso fossem democráticos.”

Xing-ling

O prefeito Alan Bombeiro esteve no consulado chinês no Rio de Janeiro, com o cônsul Xu Yuansheng, encarregado do setor de economia e comércio. O objetivo foi estreitar laços e gerar oportunidades de negócios entre a China e Mangaratiba. Até o final do mês, uma delegação chinesa virá a Mangaratiba pará cumprir duas agendas importantes: primeiro conhecer a cidade e colocá-la entre os principais destinos para o turista chinês no Brasil, e segundo, analisar áreas que possam ser de interesse comercial para empresários chineses investirem em negócios no município.

A propósito

Enquanto os chineses não chegam, o empreendimento BR Marinas, em Itacuruçá, realiza, a partir deste final de semana, até o próximo dia 23, uma feira de negócios náuticos.

Quem é?

Intrigante que, na sessão de ontem da câmara municipal de Mangaratiba, o presidente da casa, ao fazer referência à implantação do Procon no município tenha afirmado que, de sua parte já providenciou todo o necessário, mas que ainda faltaria a cessão de dois servidores por parte do executivo municipal para implantar o órgão. O intrigante foi o fato de ele não se referir a contatos com o prefeito, ou seu chefe de gabinete, ou mesmo a secretaria de administração, mas dizer: “Já falei com o Alexandre e até agora nada.”

Atrapalhando o tráfego

Conta-se que, na Irlanda, no tempo da luta do Ira, os atentados a bomba diminuíram, até desaparecer, quando os manifestantes perceberam que não conseguiam fazer as pessoas mudarem de posição. O máximo que conseguiam eram reclamações praguejadas de que naqueles dias o tráfego ficaria ruim e atrapalharia a vida rotineira das cidades. Parece que as manifestações das centrais sindicais e movimentos de esquerda, no Brasil, estão indo pelo mesmo caminho. Marcada para o dia de hoje uma “grande greve geral” contra a reforma da previdência, pouca gente aderiu, apenas grupos de ativistas apareceram nas ruas e, pelo jeito, só conseguiram atrapalhar o tráfego matinal.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

7 comentários em “14 de junho de 2019”

  1. Olá professor Lauro! Justamente por acreditar na CEDAE, e que realmente ela fará algo pela cidade é que entramos na “armadilha” de participar desse tipo de evento. O repúdio apresentado na sessão vem das falsas promessas a que somos submetidos todas as vezes pela empresa, principalmente em época de eleição. Ao contrário do que a população pensa, nós políticos também somos enganados. No circo ao qual mencionei, todos fizemos papel de palhaço acreditando em mais uma mentira. Creio que qualquer um acreditaria pois quando vemos carretas de tubulação chegando, máquinas rasgando a rua, há de se concordar que existe possibilidade da obra ser finalizada. Com dinheiro público devemos ter responsabilidade. Não se pode expor o político e a população a esse papel e deixar faltar o básico. Para mudar essa realidade estearemos com uma representação no ministério público afim de que eles cumpram com os investimentos prometidos e apresentamos na câmara uma PL onde a prefeitura deve contratar uma seguradora para garantir a conclusão de todas a obras. Desde já agradeço a oportunidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: