31 de maio de 2019

Frase do dia

A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim produzir bons frutos. (Mateus 7; 18)

Destaque

Na discussão a respeito da situação do transporte público no município na sessão de ontem da câmara municipal, no meio de inúmeras “abobrinhas”, vale o registro da intervenção do vereador Emilson da farmácia quando, em quatro segundos, detonou a alegação de outro edil que defendia a presença de “trabalhadores usando seus automóveis para fazer uma renda extra e colaborar com o deslocamento de moradores”, com uma frase simples e direta: “Vereador, não confunda Uber com lotada”.

Primeira mão

O final de semana pode trazer notícias de mudança de composição na câmara de vereadores de Mangaratiba. As negociações políticas já estão em curso.

Capixaba

Com a publicação do acórdão a respeito da situação prisional do ex-prefeito Capixaba, ficou claro que seu anseio de liberdade ainda vai demorar mais um pouco. Na decisão da segunda turma do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro do último dia 16 de maio, o colegiado não decidiu sobre sua mudança de regime, mas sobre o direito de ter sua pretensão à mudança de regime revista pela Vara de Execuções Criminais. Determina o acórdão: “Nesse contexto, deve ser reformada a r. decisão agravada, devendo ser realizado novo cálculo pelo juízo a quo, uma vez que tratam-se de penas de natureza distinta (detenção e reclusão). Proceder simplesmente ao somatório das penas de reclusão e detenção, sem diferenciá-las, trará prejuízo ao agravante, tendo em vista que este passará mais tempo em regime fechado do que o realmente devido, devendo ser considerado que a pena de detenção somente pode ser cumprida nos regimes aberto ou semiaberto, a teor do que dispõe o art. 33 do CP. Destarte, voto por dar provimento ao Agravo interposto, para determinar calculo diferenciado pelo juízo a quo.” Diante do exposto, a possibilidade de progressão de regime voltou para nova consideração pelo juízo de execução. Em outras palavras, o ex-prefeito continua preso, aguardando nova manifestação da justiça.

Mudanças no horizonte

Após o Rio de Janeiro proibir a distribuição e venda dos canudos plásticos, as sacolas também estão com os dias contados para serem substituídas no estado. A lei, proposta pelo deputado estadual Carlos Minc e sancionada em junho do ano passado pelo então governador Luiz Fernando Pezão, obriga a troca das sacolas plásticas por bolsas biodegradáveis ou reutilizáveis. Para as sociedades e empresários titulares de estabelecimentos, a lei começa a valer no dia 26 de junho. Já para empresários de pequeno porte e microempresários a lei se aplica a partir do dia 26 de dezembro. As novas sacolas devem aguentar pelo menos dez quilos. Elas poderão ser distribuídas gratuitamente ou com cobrança de até seis centavos por unidade. O Rio foi a primeira cidade do país a abolir os canudinhos de plástico. O decreto foi regulamentado no dia 18 de julho no Diário Oficial.

Qualificação

A Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá informa que no período de 3 a 14 de Junho de 2019, estarão abertas as inscrições de Admissão ao Curso Especial de Segurança de Embarcações de Passageiros, que será ministrado no período de 24 a 28 de Junho de 2019, disponível a ambos os sexos, para preenchimento de 30 vagas, conforme programação contida no Programa do Ensino Profissional Marítimo do Aquaviário. De acordo com a Capitania dos Portos, o curso destina-se a qualificar Aquaviários para conduzir embarcações empregadas no transporte de passageiros, sejam elas escolares, de turismo ou de travessia, empregadas na navegação interior e de apoio portuário, a fim de contribuir para a segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e prevenção da poluição hídrica. As inscrições podem ser feitas na Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá, no horário de 8h30 às 15h.

Palavra do papa

O papa Francisco fez um alerta no último domingo dizendo que líderes, como políticos, pastores, autoridades públicas, professores e até mesmo os pais, precisam “ter sabedoria para guiar alguém porque, caso contrário, correm risco de causar danos às pessoas que confiam neles”. “Pode um homem cego guiar outro cego?”, questionou o Pontífice durante o Angelus, na praça São Pedro. Em seguida, o líder argentino respondeu falando que “um guia não pode ser cego, mas deve ver bem, estar consciente de seu papel delicado e sempre discernir o caminho certo para liderar pessoas”. Ele ainda insistiu para que os fiéis evitem fofocas que podem prejudicar os outros e não sejam presunçosos e hipócritas. “Quem é mau traz o mau fazendo o exercício mais prejudicial: murmurando.Isso destrói famílias, destrói escola, destrói empregos, destrói o bairro, gera guerras.” O líder da Igreja Católica lembrou que enquanto tentamos observar e corrigir as falhas do próximo devemos recordar que também temos falhas. “Se eu não penso que tenho, eu não posso condenar ou corrigir os outros. Todos nós temos defeitos e devemos estar cientes de que antes de condenar o próximo, precisamos olhar para dentro de nós mesmos”.

O mundo tem jeito

Uma boa ação comoveu usuários das redes sociais nesta semana. Após imagens de um garoto peruano estudando em uma calçada, para aproveitar a iluminação pública viralizarem, um milionário árabe resolveu ajudar a criança. De acordo com o portal G1, Víctor Martín Angulo Córdova, 12 anos, teve sua história estampada em vários sites do mundo. O garoto ficou famoso ao ser filmado fazendo a ‘lição de casa’ em uma calçada. O motivo é que a residência do menino não tem eletricidade há anos, pois a família não tem condições de pagar a conta de energia. A história comoveu o milionário árabe Aqoob Yusuf Ahmed Mubarak. Após uma extensa procura, Mubarak encontrou Víctor na cidade de Moche, na província de Trujillo, Peru. O milionário decidiu construir uma nova casa para o garoto. E não para por aí, Mubarak vai financiar um pequeno negócio para a mãe de Víctor. Ele ainda prometeu ajudar com recursos para a escola. Segundo informações do portal de notícias, a mãe do garoto trabalha com reciclagem. (Reportagem: Geovana Rodrigues)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

7 comentários em “31 de maio de 2019”

  1. Professor
    Nosso bom presidente sugeriu um ministro do STF evangélico.
    Já temos nos executivos municipais daqui e do Rio evangélicos.
    Merecemos mais?

  2. Rodrigo conheço vc desde da Moleca, fico satisfeito de ver suas postagens e sua briga por justiça, pelo correto. Vc não me conhece, mas observo .

  3. Em tempo! Como a própria denominação diz, trata de “transporte alternativo” e, no meu entender, as vans deveriam prestar um serviço de maior qualidade, com mais conforto e uma tarifa um pouco acima do ônibus. Hoje, porém, o passageiro vai de Muriqui a Mangaratiba, por exemplo, pagando R$ 4,00 em veiculos muitas vezes caindo aos pedaços, em assentos apertados, com gente sendo conduzida em pé numa perigosa rodovia e sem o cinto de segurança. Não era pra ser desse jeito e a atividade está se tornando prejudicial tanto aos motoristas da cooperativa, a qual mal terá condições de investir amanhã na renovação da frota, quanto à sustentabilidade econômica de uma empresa de ônibus que cobra R$ 5,25 pagando muitas obrigações trabalhistas e tributárias.

  4. Bom dia, Prof. Lauro e leitores.

    Em que pese o complemento do transporte de vans, este deve ser sempre algo alternativo pois nunca irá atender satisfatoriamente à demanda.

    Nosso município erra por não oferecer um sistema de transportes. Idosos, pessoas cpm deficiência e estudantes não podem depender de vans ou de UBER. Também o trablhador, ainda que pague em dinheiro ao invés do cartão, também não pode chegar atrasado após várias conduções passarem lotadas nos horarioa do “rush”.

    Sendo assim, insisto em dizer que o prefeito precisa dar aplicação à Lei Municipal 989 de 2016 que criou as sete linhas entre distritos mas nunca foi posta em prática.

    Ótima sexta feira a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: