18 de março de 2019

Frase do dia

O homem comum é exigente com os outros, o homem superior é exigente consigo mesmo. (Marco Aurélio)

Férias

No ar há dez anos, o blog sempre procurou manter atuais suas publicações que, lamentavelmente, nem sempre conseguiram ser diárias, em vista de inúmeras intercorrências. Após todo esse tempo, no entanto, chegou a hora da pausa. Entrando em férias a partir de hoje, o editor do blog comunica a todos os leitores que, até o dia 15 de abril próximo, as publicações deverão ser ocasionais e intermitentes.

Feiras

A iniciativa foi da administração temporária à frente do executivo municipal do vereador afastado Vitor Tenório e foi bem recebida pela população e produtores locais. No entanto, o que se percebe, nos últimos meses, é que as feiras de fim de semana nos distritos estão ficando cada vez mais fracas. A realizada em Itacuruçá, aos sábados, já está reduzida a menos a metade das bancas iniciais. A de Muriqui, ocorrida no último domingo, praticamente faliu. Os setores da atual gestão do município responsáveis por eventos dessa natureza precisam se movimentar de forma rápida e urgente.

Água na fervura

Com o anticlímax do questionamento junto à justiça eleitoral e da rejeição das duas representações para se formar uma comissão processante na câmara municipal de Mangaratiba contra o prefeito Alan Bombeiro, bem como com o fim da temporada de verão, a temperatura política no município diminuiu sensivelmente.

Lembrete

Estamos informando aos aposentados e pensionistas que, em nossa assembleia geral, convocada para o dia 20/03, pretendemos também indicar os nomes dos que serão candidatos ao Comitê de Investimento do PREVI-Mangaratiba representando os aposentados e pensionistas, além dos representantes dos servidores ativos e inativos para os conselhos fiscal e de administração previdenciária (CAP). Importante termos uma presença mais influente na estrutura de governança do instituto. Venham participar! (Sindicato dos servidores públicos de Mangaratiba)

Atração turística

Construída como uma réplica de navio encravada na pedra na ilha de Itacuruçá, a “casa navio”, criada por Gustavo Benttenmuller e existente há mais de sessenta anos, apesar de despertar a curiosidade de quem a avista do continente, nunca foi objeto de atenção do poder público municipal para se tornar atração turística. A imagem abaixo ilustrou reportagem da revista “O Cruzeiro” em 1966.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

4 comentários em “18 de março de 2019”

  1. Em tempo 2! Acho que a temperatura não precisaria ter esquentado tanto na cidade, caso o governo tivesse lidado de maneira mais tranquila com a população desde que assumiu. Trago à memória aqui o recadastramento dos servidores num curto prazo para ser concluído até 25/01, segundo os termos do Decreto n.º 4005/2018, mas que depois precisou ser revogado por um outro ato. Junto veio também a ordem para exonerar os servidores comissionados que se desfez com a revogação. Enfim, foi um erro desnecessário e que causou descontentamentos imensos justo no final de ano quando muita gente pretendia desfrutar de suas merecidas férias.

  2. Em tempo!

    Quanto ao “anticlímax”, suponho que será algo bem passageiro, pois bastarão novos acontecimentos para surgirem reclamações na internet e até na Câmara Municipal.

    A rejeição do impeachment não significa, por si só, que o Chefe do Executivo tenha plena governabilidade garantida a ponto de, por exemplo, ter aprovados todos os seus projetos de lei ou conseguir mudar a suplementação na LOA para 50% como era previsto na proposta original encaminhada pelo ex-prefeito Aarão, mas que sofreu uma emenda. Pois o que possa ter motivado os vereadores a rejeitar as duas denúncias oferecidas pelo servidor talvez tenha uma ou mais explicações cabíveis. E, sendo assim, uma delas é que, talvez, não interessaria entregar o poder ao vice, o qual assumiria a Prefeitura sem nenhuma rejeição, com maiores chances de êxito no pleito “logo ali” de 2020.

    De qualquer modo, espero agora algumas reivindicações de grupos da sociedade, inclusive de servidores descontentes com a falta da revisão geral anual (data base) e outros direitos mais que estão sendo negados desde gestões anteriores. Poderá ser também que venhamos a continuar escutando reclamações de moradores quanto a problemas em seus respectivos bairros, consumidores se queixando dos ônibus da Expresso, da Enel e da Cedae, pessoas que são exoneradas de seus cargos comissionados, etc.

    O jeito agora é aguardar e esperamos para sentir o novo clima da cidade quando estivermos próximos de maio.

    Boas férias!

  3. Boa tarde, Prof.Lauro e leitores.

    Acho lamentável a feira de Muriqui, assim como em outros distritos, ficar esquecida. Estive lá neste último domingo e fiquei triste com a pouca presença tanto de vendedores quanto de público. Pois, numa época em que a população da cidade aumenta em relação ao inverno (quanto o prefeito da época iniciou os trabalhos de olho no pleito suplementar ainda não definido pela Justiça Eleitoral), era pra feira estar bombando.

    É diante deste e de outros acontecimentos mais que me arrependo de ter apoiado o atual gestor ainda que para alguns amigos essa minha decepção pareça ser prematura enquanto que para outros tardia. De qualquer modo, aguardei que se completassem os 100 dias de trabalho, sendo que agora chegou a hora de cobrar resultados.

    Ótima segunda-feira a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: