30 de outubro de 2018

Frase do dia

O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade. O otimista vê oportunidade em cada dificuldade. (Sir Winston Churchill)

O dia seguinte

Curiosamente, apesar de foragido da justiça, mas com o nome constando na urna eletrônica, ainda assim o vereador afastado Vitor Tenório, que abandonou a campanha hã dois meses, recebeu sessenta e um votos, segundo o mapa de apuração do Tribunal Regional Eleitoral.

O dia seguinte II

Durante a realização das eleições de domingo, chamou a atenção, em Itacuruçá, a chegada repentina de um grupo de oito homens, todos vestidos de preto, que se postaram, durante um longo tempo, nas proximidades dos dois locais de votação.

O dia seguinte III

Com certeza, o arrombamento do Arquivo Municipal de Mangaratiba, na noite do último domingo, não foi nenhuma ação de bandidinhos amadores, vez que não há no local nenhum objeto de valor imediato, apenas processos e documentos. De outra parte, conforme as primeiras notícias vindas a público sobre a quantidade de papéis remexidos, aponta para algo do tipo “um furto encomendado” de algum item específico.

O dia seguinte IV

Moradores das redondezas do antigo King Nigth, em Itacuruçá, atualmente denominado Centro de Tradições Populares de Mangaratiba, estranharam, nessa segunda-feira, um intenso movimento de retirada de objetos do local através de veículos da própria prefeitura.

Vale o registro

Merece registro e parabéns a equipe da secretaria do meio ambiente de Mangaratiba que, apesar do curto horizonte de menos de cem dias no governo interino, conseguiu concluir o projeto “Mangaratiba Planta Eu Cuido”, plantando centenas de mudas de espécies nativas em todos os distritos com a participação da Cooperativa de catadores.

Vale o registro II

Também merece registro e parabéns o esforço pela permanência da agência dos Correios em Muriqui cobrando um posicionamento da estatal. Assim o secretário Hugo Graçano se manifestou através das redes sociais:“Após acordo de cooperação assinado há cerca de três meses, quando a Prefeitura se comprometeu em ceder um espaço para o funcionamento da agência sem custos para o Correios, o órgão aceitou e voltou atrás na decisão de manter os serviços. Mas novamente esta semana a Prefeitura recebeu a surpresa de que os Correios voltaram atrás no acordo assinado e decidiram novamente encerrar os trabalhos no distrito. Fizemos tudo o que foi combinado, cedemos o espaço, reformamos e adaptamos a loja com recursos públicos, tudo para que o morador do distrito não fosse prejudicado pela decisão descabida de fechar a agência importantíssima para os moradores. Entramos em contato nesta sexta com a gerência dos Correios para cobrar explicações do porquê a mudança de postura. Se não chegarmos a um acordo entraremos na próxima semana com uma ação no ministério Público, pois isso é um completo descaso com a população da cidade.As equipes das secretarias de Comunicação e de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura estiveram na agência na manhã desta sexta-feira conversando com moradores que utilizam a agência. Os moradores responderam a uma entrevista onde são perguntados sobre o que acham da notícia e quais os prejuízos que causados com o fechamento da agência.”

O efeito da facada

A vitória de Jair Bolsonaro ainda levará ao divã comentaristas e cientistas políticos, inconformados com a própria constatação de que foi a vitória contra a velha política, do tostão contra o milhão, a vitória da “guerra de guerrilha” das mídias digitais contra a mídia tradicional. Retirado das ruas pela facada de um ativista de esquerda, Bolsonaro foi eleito presidente sem sair de casa para pedir votos País afora. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Século XXI

O PT embolsou mais de R$212 milhões do Fundo Eleitoral, enquanto a Justiça Eleitoral disponibilizou apenas R$9 milhões para o PSL. Bolsonaro deu show nas redes sociais, com seus 15,3 milhões de seguidores, tornando inútil o ambicionado tempo de rádio e TV. A campanha de Bolsonaro custou menos que campanha de vereador de cidade média, R$1,7 milhão, para conquistar 58 milhões de votos.

Hora de refletir

O cenário que possibilitou a eleição do capitão reformado do Exército com retórica autoritária vem se desenhando há pelo menos 5 anos. Em 2013, a revolta “contra tudo que está aí” se materializou nas jornadas de junho, série de protestos iniciados pelo aumento de 20 centavos nas passagens do transporte público de São Paulo. Mas não era só pelos 20 centavos, como diziam os manifestantes de então. A seguir, os 6 fatores que levaram à vitória de Bolsonaro: O Partido dos Trabalhadores permaneceu 14 anos no poder. Teria ficado até mais se Dilma Rousseff não tivesse sido apeada do poder por impeachment após ser julgada por suas manobras fiscais ilegais. Nessa década e meia, o partido esteve envolvido em 2 graves escândalos de corrupção: o mensalão, descoberto em 2005, ainda no primeiro mandato do ex-presidente Lula, e o propinoduto da Petrobras, descoberto pela Operação Lava Jato, deflagrada em 2014 pela Polícia Federal. Como estava no governo, o PT acabou sendo associado mais diretamente com os esquemas, muito embora vários partidos da base aliada e até da oposição participassem. A retórica lulista do “eu não sabia”, tanto para o mensalão quanto para o petrolão, foi alimentando a raiva pelo partido que outrora se vendia como baluarte da ética e já então caía na vala comum das legendas marcadas pela corrupção.

Hora de refletir II

Pelo menos desde 2014, Jair Bolsonaro se posiciona mais claramente como inimigo do PT. Mesmo tendo votado de forma semelhante ao partido na Câmara em diversas ocasiões, o militar praticamente se autoproclama “metralhador de petralhas“. A classe política foi absolutamente devastada com a Lava Jato. Teve uma total destruição dos líderes políticos, crise de credibilidade do Congresso Nacional, partidos e lideranças.

Hora de refletir III

O esgotamento com a política tradicional levou os brasileiros a almejar mudanças. Na busca pelo novo, pelo desconhecido. No primeiro turno, o Senado teve 85% de renovação. . Das 54 vagas em disputa, 46 foram ocupadas por nomes novos. Nomes tradicionais como de Romero Jucá e Eduardo Suplicy ficaram de fora. À direita ou à esquerda, cartolas da velha política foram rejeitados. Os erros na política econômica de Dilma produziram inflação galopante, juros altos e o mais duro e resiliente reflexo da recessão: o desemprego. Apesar de Temer ter mudado a rota petista, o brasileiro continua se queixando do bolso. (Huffpost –Brasil)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “30 de outubro de 2018”

  1. Bom dia, Professor Lauro eleitores,

    Bem oportuna essa postagem do jovem secretário municipal daqui de Mangaratiba sobre o fechamento dos Correios no distrito de Muriqui.

    Considerando que tivemos uma mudança no comando do governo federal dia 28/10, precisamos saber qual o posicionamento do presidente eleito, senhor Jair Bolsonaro, sobre medidas semelhantes a essa que vêm ocorrendo no país inteiro desde que Michel Temer assumiu o poder.

    Não podemos ficar sem os serviços postais na localidade e algo tem que ser feito!

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: