03 de outubro de 2018

Frase do dia

A mentira é uma verdade que se esqueceu de acontecer. (Mario Quintana)

Invasão

As autoridades públicas do município devem ficar atentas e fiscalizar a formação de uma nova invasão nas proximidades do cemitério de Itacuruçá. Segundo relatos, já estão instalados pelo menos seis barracos na área.

Outubro rosa

Já é tradição mundial que o mês de outubro seja dedicado à campanha de prevenção do câncer de mama. Aqui em Mangaratiba iluminaram o prédio da câmara de vereadores com luzes em tom cor-de-rosa. No entanto, logo surgiram, nas redes sociais, questionamentos sobre a existência de mamógrafo no HMVSB. Um membro do conselho municipal de saúde assim se manifestou a respeito: “O mamógrafo foi instalado e funcionou durante cerca de três anos, diariamente, fazendo 8 mamografias por dia. Quanto à situação do mamógrafo existente mais nada pode ser feito, pois o mamógrafo foi desativado e possivelmente a ampola de RX foi furtada. Estou preparando denuncia para o MFE e MPF. A Câmara de Vereadores nunca se interessou pelo fato. Como Conselheiro Executivo do Conselho Municipal de Saúde já estou tomando as medidas sobre o caso do mamógrafo. É tudo muito pior do que vocês imaginam! Vamos ter gente indo pra cadeia”. (Paulo Fabrício Nigro)

Festival de fakes

A última semana de campanha para as eleições gerais, as redes sociais estão sendo invadidas por notícias falsas, das verossímeis às absurdas. Entre elas as que asseguram que o apresentador Ratinho iria entrevistar o candidato Jair Bolsonaro amanhã, dia do debate na rede Globo de televisão no mesmo horário. Outra que o apresentador Pedro Bial estaria pedindo “voto útil” para o candidato Jair Bolsonaro. Uma terceira afirma que o eleitor teria que votar em todos os candidatos, desde presidente a deputado estadual pois, se votasse em branco para algum desses cargos, teria seu voto totalmente anulado

Fakes locais

As redes sociais locais também não estão ficando de fora dessa campanha de desinformação quando se referem à eleição suplementar em Mangaratiba, desde a falta de esclarecimento de que nossa eleição suplementar só ocorrerá no dia 28 de outubro, junto com o eventual segundo turno para presidente e governador, até ataques inventados contra o candidato que parece estar na dianteira da preferência do eleitorado, atribuindo-lhe malfeitos que o tirariam da cadeira antes de completar o mandato suplementar em 2020.

Garotinho

O ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello negou ontem pedido para suspender a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que barrou a candidatura de Anthony Garotinho ao governo do Rio de Janeiro. Na decisão, o ministro julgou o recurso inviável por entender que ainda cabem questionamentos ao próprio TSE. Garotinho foi barrado por ter sido condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito, em julho, pela segunda instância do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O caso envolve desvios de R$ 234,4 milhões da área de saúde do Rio de Janeiro quando ele era secretário da pasta, entre 2005 e 2006. Apesar da decisão, o nome de Garotinho será mantido na urna eletrônica. Segundo a Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro, ainda cabem recursos e o sistema de candidaturas foi fechado no dia 19 de setembro, não sendo possível a exclusão do nome do candidato das urnas.

Faltou nível

Política é a discussão de ideias. Um debate entre candidatos pressupõe, portanto, que eles apresentarão suas propostas para que os eleitores escolham a que mais se ajusta á sua maneira de pensar. O último debate televisivo para o governo do estado do Rio de Janeiro foi marcado por um verdadeiro deserto de ideias ao lado de um nível baixíssimo de propostas efetivas. O que se destacou, no entanto, para quem teve a paciência de ficar acordado até a madrugada, foram os ataques e acusações entre alguns candidatos, chegando ao ponto de o candidato Romário chamar o ex-juiz federal Wilson Witzel de “frouxo”, porque teria sido transferido do Espírito Santo para o Rio de Janeiro após enfrentar, por lá, quadrilhas do crime organizado.

Efeito facada

Há pouco menos de um mês, o candidato à presidência Jair Bolsonaro contava com apenas oito segundos de tempo de propaganda eleitoral na televisão. Após a facada que quase lhe custou a vida, passou quase todo o restante do tempo de campanha que lhe restava internado em um hospital paulista. Pois, por conta disso, seu “tempo de televisão” de oito segundos se multiplicou ao infinito, vez que, sem sair da cama do hospital, o assunto “Bolsonaro” passou a frequentar todos os programas jornalísticos e mídias sociais, alcançando um número de eleitores infinitamente maior do que aqueles que ele conseguiria atingir com caminhadas pelo interior do país.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

5 comentários em “03 de outubro de 2018”

  1. Professor:
    O fanático político é tão imbecil quanto o fanático religioso.
    Sabem das informações mais obscuras.
    Creem !
    Recebo as postagens mais absurdas.
    Me dão muita vergonha alheia.
    Brigas na família.
    Nunca vi um tempo político tão conturbado.
    O pior é que acho que qualquer que seja o desenlace nós estaremos economicamente ferrados.
    Haddad já disse que tá tudo bem,não precisamos reformas,e sim incentivar a economia.
    Como fez a saudosa Dilma.
    Bolsonaro sempre votou a agenda do PT.
    Paulo Guedes é uma Cabeça de Ponte para agradar o mercado.
    Me engana que eu gosto…e especulo.
    Poste de novo ou fascista despreparado.
    Vou chorar…

  2. Em tempo!

    Ontem, na TV GLOBO, percebi que tivemos mais embates do que debates entre os candidatos ao governo estadual.

    Tanto o juiz, Dr. Wilson José Witzel (PSC), quanto o ex-secretário de Estado de assistência social, o jovem deputado estadual Pedro Fernandes (PDT), saíram-se bem, ambos mostrando conhecimento sobre a realidade do Rio de Janeiro, assim como não foi ruim a participação do ex-prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM).

    Já o Romário (Pode) mostrou o quanto ele é um despreparado para ocupar a chefia do Poder Executivo, uma vez que se trata de um cargo de gestão pública, o que requer tanto conhecimento quanto um traquejo político para lidar com as mais diversas situações. E, pelo que se viu, o ex-jogador de futebol será adversário fácil para que Eduardo Paes vença no segundo turno e se torne governador deste estado juntamente com o seu vice, deputado estadual Comte Bittencourt (PPS).

    Quer moleza melhor do que disputar eleição com o Romário?

    Ótima quarta-feira a todos!

  3. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores.

    Em relação ao mamógrafo, em se tratando de um bem público, se o mesmo foi mal cuidado, é preciso que haja investigação a respeito. No entanto, tenho a opinião de que cidades pequenas não deveriam oferecer tais serviços em que a manutenção do equipamento requer custo e o seu uso precisa de mão-de-obra especializada.

    Como sabemos, a mamografia tem por finalidade auxiliar na prevenção e no tratamento do câncer de mama. Porém, se ocorrer um erro de diagnóstico, a paciente pode sofrer sérias consequências. Logo, o serviço precisa ser prestado dentro de um padrão de qualidade.

    A meu ver, se tivermos nos dois municípios vizinhos litorâneos, Itaguaí e Angra dos Reis, serviços de exame de imagem que funcionem a contento, em que não haja uma longa fila de espera, as mulheres de Mangaratiba poderiam ser encaminhadas para fazerem os seus exames numa dessas cidades, bastando que tenhamos aqui equipamentos de raio-X.

  4. Bom dia os processos relacionados aos 85 mil que o Alan se apropriou já tramitam com força e tudo indica condenação e que teremos novas eleições caso ele ganhe dia 28, Isso não é fake infelizmente é a realidade de Mangaratiba!

    1. Faça como o Professor:
      Quando ele fala em processos ele publica uma cópia.
      Se não, fica apenas no disse me disse.
      Conversa na manicure…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: