19 de setembro de 2018

Frase do dia

O jeito mais prático de se aprender sobre respeito é lembrar que as escolhas do outro não são da sua conta. (Anônimo)

Em progresso

Ao que consta, o vereador afastado Edison Ramos, que também é policial civil do estado, e estava com prisão preventiva decretada, teria se apresentado à justiça há alguns dias e conseguido habeas corpus. Já quanto ao caso do também vereador afastado Vitor Tenório Santos, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, ainda não se pronunciou sobres seu pedido de habeas corpus. Continua, portanto, na condição de foragido da justiça.

Atualização às 16:20

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, negou o pedido de habeas corpus para o vereador afastado Vitinho. A decisão, tomada ontem, foi publicada no site do STF na tarde de hoje.

Decidido

Decisão tomada ontem pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por unanimidade de votos, fixou a competência do Juízo de Mangaratiba para julgar questões relacionadas à sucessão municipal. Na prática, essa decisão não terá qualquer efeito imediato, vez que a câmara já realizou nova eleição para a presidência e consequente interinidade na prefeitura. No entanto, estabelece jurisprudência para casos futuros.

Bebida amarga

Useiro e vezeiro em utilizar a greve como forma de pressão, o Partido dos Trabalhadores tem enfrentado “braços cruzados” de membros contratados para a campanha de Fernando Hadad por conta de atrasos no pagamento. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, parte da equipe de pré e pós produção de vídeos está parada há pelo menos três dias. (Fonte: Infomoney)

Cautela e caldo de galinha

Especialmente nas redes sociais, muitas pessoas se aproveitam do relativo anonimato para agredir e atacar a honra de candidatos, bem como divulgar fatos sabidamente inverídicos sobre adversários. O Tribunal Superior Eleitoral, através da Resolução 23.551, deixa claro a necessidade de respeito a livre manifestação de pensamento, desde que o eleitor seja identificável ou identificado, limitando-se, no entanto, a liberdade de manifestação apenas quando ocorrer a ofensa a honra de terceiros ou a divulgação de fato sabidamente inverídicos. A consequência da conduta de divulgar informação sabidamente falsa é a aplicação de multa, que varia de R$ 5.000,00 a R$ 30.000,00, em regra. A divulgação de informações falsas através de grandes veículos de comunicação social ainda poderá ser tida como abuso dos meios de comunicação, ensejando a inelegibilidade do candidato, nos termos preconizados na Lei Complementar 64/90.

Efeito da facada

Pesquisa Ibope divulgada nessa terça mantém Jair Bolsonaro na liderança da corrida presidencial, mas com Fernando Haddad se consolidando em segundo lugar, se distanciando de Ciro Gomes. O capitão reformado tem 28%, enquanto o petista subiu 11 pontos em relação ao levantamento anterior do Ibope e agora aparece com 19%. O pedetista aparece em terceiro, com 11%, mesmo índice da última pesquisa. Geraldo Alckmin caiu para 7%, apesar da estratégia de atacar Bolsonaro, e empatou tecnicamente com Marina Silva, que soma 6%. Os líderes na pesquisa também são os candidatos com maior índice de rejeição. Bolsonaro é rejeitado por 42% dos eleitores, enquanto 29% não votariam em Haddad.

Siga o dinheiro

A campanha eleitoral petista registrou R$ 1,5 milhão em gastos eleitorais com a defesa de Lula. O absurdo foi registrado e tratado com naturalidade e foi chamado de “consultoria jurídica em processo eleitoral”. Os principais beneficiários do esquema foram Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins Zanin, ambos sócios do escritório Teixeira Martins. Além disso, R$ 900 mil foram pagos ao escritório Aragão e Ferraro Advogados, e R$ 150 mil com o escritório de Edilene Lobo, ambos focados em direito eleitoral. Advogados especialistas em direito eleitoral afirmaram que o caso de assessoria jurídica no caso da ONU, não consiste em uma justificativa válida para ser computada como gasto de campanha, pois se trata de uma defesa individual de Lula.

Siga o dinheiro II

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou nessa terça-feira que irá pedir o ressarcimento dos cofres públicos pelo dinheiro gasto em campanha pelo PT durante o período em que o ex-presidente Lula foi cabeça de chapa. Em seu balanço de um ano de gestão, Dodge, que é também procuradora-geral eleitoral, afirmou que o entendimento do Ministério Público é de que devem ser devolvidos valores do fundo eleitoral utilizados por candidato inelegível. (Fonte: Diário do Poder)

É golpe

Um novo golpe envolvendo candidatos à presidência está sendo propagado pelo Whatsapp. De acordo com o laboratório de segurança da PSafe, as mensagens utilizam uma manchete alarmante sobre a morte do candidato Jair Messias Bolsonaro, que está internado no hospital Albert Einstein após levar uma facada durante comício em Juiz de Fora (MG). Segundo o laboratório, os usuários estão recebendo uma mensagem falando que a Globo acabou de confirmar com a direção do hospital onde ele está internado a morte do candidato à presidência. A mensagem vem acompanhada de uma URL, que num primeiro momento parece mesmo do site da Globo, mas esconde em si um link malicioso. Ainda não se sabe exatamente qual é o objetivo do golpe, mas o mais provável é que esse link malicioso instale no aparelho um malware para captura de dados, como senhas de banco e dados do cartão de crédito. Por isso, é importante sempre ficar atento na procedência de links enviados pelo WhatsApp, nunca clicar em nada enviado por um desconhecido e manter o antivirus sempre atualizado. O melhor mesmo é checar pelo título das supostas matérias enviadas nos mensageiros nos buscadores da web. (Fonte: Canaltech)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

5 comentários em “19 de setembro de 2018”

  1. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores.

    Realmente essa pesquisa do Ibope induz à ideia de que o eleitor antecipadamente precise escolher entre dois candidatos: Haddad ou Bolsonaro, mas não sei até que ponto o desempenho do candidato petista significaria um efeito da facada. Seria, a meu ver, o anseio de parte do eleitorado em querer retornar à velha política assistencialista dos governos anteriores.

    No segundo turno, vejo as chances de qualquer adversário de Bolsonaro sair vitorioso, até mesmo no caso de Haddad. Como se vê, a releição do candidato do PSL é altíssima indicando que, mesmo sendo o mais votado no primeiro turno, poderá não vestir a faixa presidencial.

    Ótima quarta-feira a todos!

    1. Tenho um palpite diferente,Rodrigão.
      Diante da extrema polarização PTxAntiPT vai dar Bolsonaro no primeiro turno.
      Não é o que eu gostaria…

      1. Sou Bolsonaro, mas não creio na vitória dele no primeiro turno. Caso vc vença, te pago um churros, ou sanduíche de presunto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: