28 de agosto de 2018

Frase do dia

O dom da fala foi concedido aos homens não para que eles enganassem uns aos outros, mas sim para que expressassem seus pensamentos uns aos outros. (Santo Agostinho)

Fatos e versões

Ontem, o blog publicou o que teria sido um acontecimento, no mínimo complicado, ocorrido no Posto de Saúde de Itacuruçá na madrugada de sábado para domingo. Como o assunto já tinha sido objeto de postagem de uma moradora nas redes sociais, as primeiras reações foram de tratar-se de “boato maldoso” que poderia, inclusive gerar registro policial para que a moradora “apresentasse provas”

Fatos e versões II

Logo após a publicação da moradora, assim se manifestou o secretário municipal de segurança: “Quanto a notícia do terror que teria ocorrido no Posto de Saúde de Itacuruçá, quando funcionários teriam sido agredidos e trancados. Se não bastasse tal relato, ainda estão difamando e humilhando a Guarda Municipal e a Polícia Militar, desqualificando-as publicamente em perfil do Facebook. Posso afirmar, após apuração oficial, que tais afirmações são *falsas*, provável tentativa política e covarde para aterrorizar a população. Falsos alarmes e difamação das instituições de segurança pública de Mangaratiba, podem acarretar medida judicial. Como se diz: “não é fato, é fake”! Lamentável. A segurança pública em Mangaratiba, através de todas as instituições, é serviço de excelência! Diferencial notável através de comparação para com as cidades vizinhas e outras do estado do RJ. Este parecer e a realidade dos fatos serão transmitidos à Autoridade Policial, para justa análise e possível responsabilização quanto ao crime de difamação e contravenção penal de falso alarme. Esta é a nossa política: da Verdade, da Lei, da Ordem e da Justiça”.

Fatos e versões III

No início da tarde, na mesma rede social, foi publicado o seguinte texto por um guarda municipal, testemunha do evento, confirmando o incidente: “Olá eu GM Saraiva estava no ocorrido era que não foram trancados no posto de saúde. O servidores sim ficaram assustados. Eu GM Saraiva e o o amigo que estava comigo GM Marcos Vinicius não morremos por causa mão de Deus. Cerca de 15 homens invadiram o PS às 03:35 da madrugada. Aonde resultou em um desmaio de um dos rapazes que foi agredido, um segundo totalmente arrebentado a cara. E um terceiro escondido pois queriam matar ele. Nós GMS que estavam de plantão procurávamos fazer com que não agredisse os outros servidores, a todo momento em envolvido tentando apartar toda esses 15 rapazes e tentando fazer com que o patrimônio publico não fosse destruído.Após chegou um GM Elias para nos ajudar.Chamamos, ligamos para o DPO as 03:50 e depois as 04:05 e os PMS só apareceram as 05:10”

Entrevista Cledson

Começou ontem, com o candidato Cledson Dutra, a série de entrevistas promovidas pela ONG Mangaratiba Cidade Transparente com os candidatos às eleições suplementares no município, transmitidas pela rede social Facebook. Hoje será a vez do candidato Emil de Castro, a partir das dezoito horas. Para quem perdeu e quiser assistir o link está aqui https://www.facebook.com/mangaratiba.transparente.3/videos/323316188413758/

Rua Fortaleza

A junção de marés grandes com chuvas, há anos é um problema que nenhum gestor municipal consegue solucionar. Com a volta das chuvas, reinicia-se a temporada das águas poluídas invadindo as casas nessas ruas, localizadas entre o Ranchito e a Praia do Saco.

Conversa fiada

Não entre na conversa fiada do deputado. Entenda como funciona uma emenda parlamentar. Todos os anos, no mês de agosto, é votado o orçamento da união para o ano seguinte. No ano em curso do orçamento, cada deputado federal pode mobilizar até R$ 15 milhões em deslocamento dos tais recursos orçamentários com emendas parlamentares, geralmente voltadas em benefício de suas bases eleitorais, mas é preciso elaborar, em conjunto com o poder executivo municipal, projetos específicos, onde serão alocados. Se houver qualquer falha no projeto ou não houver projeto, a emenda é excluída do orçamento, mas fica disponível ao parlamentar. Isto significa exatamente que, se não houver entendimentos entre o deputado federal e o prefeito sobre projetos específicos para alocar os recursos das emendas, elas jamais chegarão nas cidades. Tecnicamente o parlamentar pode até provar que elaborou e solicitou diversas emendas parlamentares, e muitas vezes, se for adversário político do prefeito, não apresenta os referidos projetos, porque não os tem ou não quer apresentar, fazendo com que os recursos destinados retornem, e assim o parlamentar os destinam para outras cidades, ou em acordos parlamentares até mesmo para fora do seu estado de origem, e usa a informação inicial de que os recursos foram destinados para a cidade, e não foram usados em suas bases eleitorais, afirmando que o prefeito se recusou a receber os recursos, o que não corresponde com a verdade. Eu suma, as emendas parlamentares são utilizadas pelos deputados federais como instrumentos de barganhas políticas ou como armas para inviabilizar governos, e é isso que está acontecendo em nossa cidade de Itaguaí! (Por Sérgio Prata)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

2 comentários em “28 de agosto de 2018”

  1. Bom dia Professor!
    Infelizmente nos finais de semana(de sexta a domingo) nós moradores ao redor do centro de itacuruça não conseguimos dormir antes das 04hs da manhã por causa do SOM Altíssimo.
    Esse fato ocorrido já era de se esperar, pois todos os finais de semana após o termino dos eventos realizados em alguns comércios, alguns frequentadores passam pela ruas fazendo a maior arruaça, deixando os moradores preocupados e temerosos.
    É hoje não vejo mais a atuação do CHOQUE DE ORDEM.
    Porque será? Enquanto isso, nós moradores ficamos reféns a essa Desordem.

  2. Bom dia , fico aterrorizado com a cara de Pinóquio desse interino depois de falar que os uniformes municipais eram obras suas agora o posto do INSS, Não custa nada lembrar pra ver a verdade de que tudo isso foi estartado pelo governo Aarão e Brandão;
    Além dos transportes universitários, iluminação pública entre outras como o asfalto que também já estava pronto pra iniciar, mas o povo não é bobo se interino fosse bom o Valdir do Vasco era efetivado.
    Ps:g…com.. p… outros e fácil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: