01 de agosto de 2018

Frase do dia

A solução do governo para um problema é usualmente tão ruim quanto o problema. (Milton Friedman, economista)

Quem não foi, vai agora

O prefeito interino de Mangaratiba aproveitou o último dia do mês de julho para exonerar todos os que não se alinham a seu projeto de poder e nomear seus apaniguados. É o que consta do diário oficial número 838, tornado público no dia de ontem com mais de cem páginas de nomeações e exonerações. Um cálculo superficial indica que foram mais de setecentos atos.

Enquanto isso…

Denúncia, veiculada nas redes sociais, noticiou que faltou gás na cozinha do hospital de Mangaratiba no dia de ontem, deixando servidores e pacientes sem alimentação. Um dos denunciantes assim se expressou: “Assim não da Hospital de Mangaratiba sem gás de cozinha refeições dos paciente e funcionários sem previsão de sair. Cadê o prefeito do Facebook?”

Sem tempo

Desde o início do mês o Sindicato Sispmum vem tentando agendar com o prefeito interino para tratar de assuntos de interesse do servidor. Lamentavelmente, só marcaram para o dia 16/08. Também, para tratar de assunto da saúde no município, o Conselho Municipal de Saúde não consegue agendar uma audiência com o prefeito.

Sem grana

Ao que parece, com a liberação do pagamento de julho, confirmou-se que algumas dezenas de pessoas trabalharam de graça, pois foram exoneradas na base do decreto de “exoneração coletiva” e não foram avisados. Como consequência, seus nomes não estavam na folha de pagamento depositada no dia de ontem.

Serra do piloto

Hoje, a partir das oito horas da manhã, a passagem provisória no caminho em direção à Serra do Piloto estará totalmente interditada, inclusive para pedestres. As únicas alternativas para quem  efetivamente necessitar subir para o distrito ou descer para Mangaratiba, será via Angra dos Reis e Rio Claro ou pela serra do Matoso e Itaguaí. A prefeitura assegura que a interdição é necessária para a mudança de posição da ponte provisória e que a passagem deverá voltar a ser liberada no dia de amanhã.

Samba na feira

A Secretaria de Eventos noticia que, após encontro com dirigentes da Escola de Samba Acadêmicos de Santa Cruz, foi discutida  a viabilidade de trazer alguns projetos culturais para Mangaratiba, como ativar a escola de samba do município, resgate dos blocos carnavalescos, esquenta para o carnaval e aula de música para os alunos da rede pública. Com relação ao projeto da ‘Nossa Feira’, em Muriqui, a Verde e Branco da Zona Oeste pretende se apresentar na feira já no próximo domingo.

 Fake

Na semana passada, uma história bizarra ganhou força nos grupos de WhatsApp. O “causo”: uma porca teria dado a luz à um bebê porco mutante, com feições humanas e demoníacas. Para reforçar a história, circularam fotos nos grupos “comprovando” o tal nascimento. O nascimento, claro, não passa de um boato, uma fakenews. Parece meio óbvio que uma coisa assim não teria cabimento, mas como o pessoal começa a compartilhar em massa, muita gente leva pra frente jurando que é verdade. As imagens do “porco-bebê” também ganharam a internet  e foram destaque em diversos sites internacionais conhecidos pela publicação de conteúdos duvidosos. Em cada publicação, o local do acontecimento muda: desde Muranga, no Quênia, até Altamira, no Pará. As imagens do filhote humano de porco são na verdade capturas de um vídeo publicado pela página All Social Power. Na publicação, eles explicam que se trata de um boneco articulado feito de silicone criado pela artista plástica LairaMaganuco.

Sem mortadela

Com a temperatura sempre abaixo de dez graus nas noites de Curitiba, o acampamento em frente à polícia federal, onde o ex-presidente Lula está preso, perdeu força de mobilização. Por conta disso, o PT pretende que a greve de fome iniciada por representantes de movimentos sociais nessa segunda-feira, em Brasília, ganhe mais adeptos. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o partido quer convocar um jejum nacional para dia 4, quando ocorre a convenção que vai oficializar a candidatura presidencial de Lula. O ato será em solidariedade à greve de fome que começou às 15h desta segunda-feira e continuará por tempo indeterminado. Por enquanto, seis pessoas participam do manifesto, organizado pela Via Campesina.

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

Uma consideração sobre “01 de agosto de 2018”

  1. Bom dia, Prof. Lauro e leitores.

    É de conhecimento do meio político que, dentre as principais coisas feitas por um governo, capaz de atrair votos no Brasil, são as festas e a última delas seriam os serviços de saúde, os quais apenas são lembrados pelo cidadão quando o mesmo precisa de um socorro, passar por uma cirurgia ou fazer algum tratamento necessário.

    Por isso, tenho observado que, desde que o dia quando o prefeito interino assumiu, o foco de suas ações parece estar na realização de eventos e agirá vamos ter uma escola de samba pra animar Muriqui que é o principal reduto eleitoral dele…

    É certo que, entre as festas e os serviços de saúde, temos aí as obras públicas (visíveis), dentre as quais o asfaltamento de ruas é o que mais se destaca, pois o eleitor diariamente passa por essas vias. Sem nos esquecermos de que os políticos inescrupulosos costumam abastecer o caixa dois de suas campanhas com tais atividades… Claro que não estou dizendo que seja este o caso de Mangaratiba. Imagine!

    Pois bem. Sabendo o prefeito em exercício de que teremos em breve eleições suplementares, não me admira o fato de que o mesmo encontra-se fazendo muitas obras e festas, deixando, a meu ver, a saúde por último. E daí, dentro desse contexto, explica-se a demora em atender tanto ao conselho de saúde quanto ao sindicato dos servidores públicos. Até porque boa parte dos funcionários concursados, inclusive dos técnicos de enfermagem, é gente de fora e que nem tem domicílio eleitoral em Mangaratiba, o que fundamenta uma justa desconfiança quanto ao direcionamento das ações do governo.

    Mais do que nunca espero que o TSE defina logo as eleições suplementares solicitadas pelo TRE para o dia 28/10 a fim de que, com um calendário eleitoral, as inaugurações cessem e os futuros candidatos fiquem numa condição de menor desigualdade em relação ao prefeito interino.

    Ótima segunda feira a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: