15 de julho de 2018

Frase do dia

O sol, há de brilhar mais uma vez. A luz, há de chegar aos corações. Do mal, será queimada a semente. O amor, será eterno novamente. (Juízo final – Nelson Cavaquinho)

Mangaratiba e suas peculiaridades

O Prefeito manda ligar as luzes da Praia do Saco de noite. O problema é que de dia não apagam. Isso que dá fazer as coisas nas coxas, só em momento eleitoral. Esquecem que isso tem vida útil. Com a queima das lâmpadas gasta-se mais com reposição. Ou não repõe.(De um morador da Praia do saco)

Mangaratiba e suas peculiaridades. II

O novo administrador de Itacuruçá é um excelente anfitrião em seu quiosque, já quanto a conhecer os problemas do distrito e saber os caminhos para resolvê-los, há fortes dúvidas, especialmente porque, ao que consta, terá de remontar a equipe do zero, vez que todos foram exonerados há quinze dias e até o momento nenhum dos que têm experiência e conhecimento do distrito foi reconduzido.

Poderia ser aqui

Com previsão para inauguração no segundo semestre de 2018, o trem turístico que vai ligar os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro passará por seis cidades da Zona da Mata. O trem vai iniciar a viagem em Cataguases e depois seguirá por Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Chiador e Além Paraíba. O destino final será a cidade de Três Rios, já no estado fluminense. De acordo com o responsável pelo projeto, o presidente da Organização Não Governamental Amigos do Trem, este será o trem turístico com maior trajeto no Brasil e o primeiro a ligar dois estados. Serão duas locomotivas, com 15 vagões em cada, o que vai proporcionar uma capacidade total para o transporte de 860 passageiros. Os trilhos por onde os trens vão passar foram usados para o transporte de carga, principalmente de café, no início do século XX. Os turistas poderão ver e fotografar belas paisagens durante o caminho, com ruas, montanhas e outros atrativos. O trem também vai parar nas cidades que fazem parte do trajeto para apresentação dos elementos culturais e históricos de cada um dos locais. (Fonte: G1)

Em tempos de Copa

Estudantes brasileiros estão trazendo para o país uma medalha de ouro e quatro de bronze, conquistadas na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, do nome em inglês), realizada em ClujNapoca, Romênia. A medalha de ouro foi obtida por Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, de São Paulo, classificado na 12ª posição geral no certame, que contou com a participação de 594 mil estudantes e mais de 107 equipes de todo o mundo. Os seis representantes do Brasil foram escolhidos depois de quatro provas seletivas realizadas entre os premiados da fase nacional da 39ª Olimpíada Brasileira de Matemática.

Professores sofredores

M de Maria

Anúncios

3 respostas em “15 de julho de 2018

  1. Professor:
    Uma dúvida.
    Quando é aferida a Lei de Responsabilidade Fiscal?
    Em que época do mandato,seja interino ou não?

  2. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores.

    Inegavelmente esse trem turístico entre Minas e São Paulo poderá promover o turismo numa região que, verdade seja dita, não tem praticamente nada nessa importante atividade. Conheço Cataguases, Leopoldina, Além Paraíba e acho que Recreio também, os quais são municípios sem tradição turística.

    No entanto, Mangaratiba que possui muito mais belezas naturais, com admiráveis praias, ilhas, montanhas e florestas, está deixando de aproveitar essa oportunidade de atrair mais visitantes e desenvolver um turismo de qualidade. Ao invés de um trem de passageiros, circula por aqui, circulam por aqui apenas cargueiros de minério.

    Certamente precisaremos ter uma dose de coragem para encararmos um projeto empreendedor desses pois será preciso contrariarmos os interesses da MBR e da Vale. Porém, aí fico a refletir até que ponto é interessante termos o Terminal da Ilha de Guaiba impactando o nosso meio ambiente? No lugar do TIG, não poderíamos ter ali um parque aquático?!

    Se refletirmos comparativamente sobre o assunto, eis que temos no litoral de Santa Catarina o Beto Carrero World que é um parque temático localizado no município de Penha (fica distante uns 35 quilômetros de Balneário Camboriú) e que existe lá desde o final de 1991. E, com a instalação do Beto Carrero, Penha experimentou uma nova fase em sua economia e que continua em expansão, com o surgimento de uma infraestrutura nas áreas de hotelaria e de gastronomia, ao mesmo tempo em que também passou a se beneficiar do crescimento da maricultura, colecionando o hoje título de “capital nacional do marisco”

    Da mesma maneira, acredito que experimentaríamos um outro tipo de crescimento caso tenhamos um projeto turístico que procure aproveitar ao máximo (e com sustentabilidade) o nosso potencial natural e cultural. Até mesmo porque temos bem pertinho daqui umas das maiores metrópoles do país que é o Rio de Janeiro, a qual também é umas das principais portas de entrada do Brasil. Logo, basta sabermos aproveitar as oportunidades e, se necessário for, substituir um empreendimento por outro.

    Ótimo final de domingo a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s