20 de junho de 2018

Frase do dia

Não sou eu quem repete essa história, é a história que adora uma repetição. (Chico Buarque)

Quem paga o prejuízo?

Na sessão de ontem da câmara municipal de Mangaratiba, o vereador Rodrigo Bondim abordou o assunto da regularização do transporte universitário que finalmente foi solucionado.Em aparte do vereador Renato Fiu-fiu, foi lembrado que a demora na realização dessa licitação acabou por interromper o andamento normal da formação de inúmeros estudantes que tiveram de desistir de seus cursos. Nas operações de guerra, o planejamento tático sempre leva em conta a possibilidade de “danos colaterais”. Quem será responsabilizado por esses “danos colaterais” que interferiram fortemente no futuro de nossos estudantes?

Câmara online

Intrigante que, durante todo o discurso do vereador Dr. Davi no tema livre da sessão de ontem, em nenhum momento a transmissão mostrou o orador na tribuna, focalizando, apenas, a mesa diretora.

Reflexão

De um morador em rede social: “Estou me sentindo muito triste, em ver que tudo parou na nossa querida Mangaratiba, principalmente os serviços públicos e o nosso turismo, olhando para este presente divino, me pego à sonhar com um futuro melhor para o nosso município, onde nossas crianças possam desfrutar de toda essa beleza, na qual fomos agraciados por Deus. Espero que os futuros políticos antes e depois de serem eleitos, façam uma reflexão sobre tudo que, viram, ouviram e de tudo que passamos nestes últimos anos, onde ao invés de avançarmos para um futuro melhor, paramos no tempo, e também que governam com muito mais amor à Mangaratiba, porque governar por amor, já vimos que não dá certo. É isso aí minha gente vamos votar com o pensamento voltado no futuro das nossas crianças e do nosso município. Se enganar nunca mais, é lembre_se a maioria dos políticos não possuem empresas, portanto não votem por emprego ou qualquer outra oferta vindo deles”. (Luiz Carlos Pinto)

Eleições suplementares

Mais um pré-candidato a prefeito nas eleições suplementares é o comodoro do Iate Clube de Muriqui Cledson Dutra.

Uniformes em Itaguaí

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Itaguaí informa que quando iniciou a gestão atual, em janeiro de 2017, e conforme laudos técnicos, foram encontrados vários uniformes rasgados e contaminados por urina de ratos e fezes de morcegos pois as vestimentas foram abandonadas pelo governo anterior, sendo esses uniformes escolares condenados para uso. Desta forma, as providências cabíveis foram tomadas para que os mesmos fossem incinerados. Em virtude da atitude de alguns políticos, que deveriam estar lutando e trabalhando para o crescimento do município e a melhoria de vida da população, se faz necessário esclarecer que essas pessoas estão criando fatos mentirosos, com o objetivo de denegrir esta administração e a imagem de Itaguaí.

Trumpices

Democratas realizaram um protesto imprevisto no Congresso dos Estados Unidos e republicanos moderados e grupos empresariais importantes do país pressionaram o presidente Trump nessa terça-feira para parar a separação de crianças imigrantes de seus pais. Uma pesquisa de opinião mostrava que a maior parte dos norte-americanos se opõe à política. As separações de famílias e detenções de crianças na fronteira sul dos EUA, destacadas por vídeos de jovens em celas e uma gravação em áudio de crianças chorando, geraram protestos no país e forte condenação no exterior.

Trump I

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

4 comentários em “20 de junho de 2018”

  1. Boa Tarde

    Mais uma atitude covarde desse prefeito de Itaguai,(vulgo charlinho), que aliás deveria estar preso a muito tempo.
    Destruir uniformes novos, só por causa que tem o logotipo do governo anterior,
    Não sei como alguém pode defender esse prefeito, que esta destruindo a cidade de Itaguai.

  2. Mudança?! Ontem após o término da “aula de zumba” na King Night um grupo se reuniu e começaram as especulações sobre quando será realizado o novo pleito, até aí tudo bem! A surpresa foi quando começaram a especular sobre a real possibilidade do Chicão da Ilha compor a chapa do Alan bombeiro e se tal fato ocorrer o grupo em questão ofereceria apoio em troca de cargos na prefeitura,resumindo,a política e os políticos no município não mudarão pois o povo não muda,como disse Obama:”os políticos são reflexo da sociedade.”

    1. Boa tarde, Milton e demais.

      A meu ver há que se distinguir primeiramente o joio do trigo diante das coisas que se ouvem falar diante das especulações. Ou seja, o que realmente é verdade e o que não passa de mais um boato maldoso que pessoas andam espalhando por aí para prejudicar a imagem do adversário.

      No entanto, creio que estamos de acordo de que a oposição não pode perder o seu viés de mudança. Logo, diante desses fatos, o antídoto para quem está na oposição e sofre ataques é responder com transparência tanto nas palavras quanto em atitude.

      Acerca de ser o ex-vereador Chicão da Ilha vice do Alan Bombeiro numa eventual eleição suplementar, é algo que, a meu ver, só poderá ser dado como certo quando houver uma aprovação de ambos os nomes pelas respectivas convenções partidárias do Solidariedade e do PSDB. Pois, caso o novo pleito ocorra no início de 2019, conforme bem colocou o ver. Rodrigo Bondim, muita água ainda deverá rolar debaixo dessa ponte.

      Seja como for, a escolha da mudança está em nossas mãos. Senão concordamos com algo, somos livres para nos manifestar, revermos algumas rotas e buscarmos uma solução. Quem poderá decidir tudo isso chama-se cidadão eleitor.

  3. Bom dia, Prof. Lauro e leitores,

    Acerca da pergunta formulada no título do primeiro tópico, sobre quem pagará pelo prejuízo dos estudantes que ficaram todos esses meses sem o transporte universitário, há duas pessoas jurídicas a serem responsabilizadas: o Município de Mangaratiba e a empresa de ônibus Lual Turismo, que foi a ganhadora da licitação homologada, conforme publicado no Diário Oficial do Município, edição número 788.

    Ambos eu considero igualmente responsáveis e existe até uma ação judicial movida pelo Município em face da empresa contratada sem que houvesse um resultado prático até o momento.

    Sendo assim, se fosse eu o advogado ou o defensor público do aluno que resolvesse entrar na Justiça para mover uma ação de reparação de danos morais e/ou materiais, colocaria ambos os réus no pólo passivo e estudaria também a possibilidade de desconsideração da personalidade jurídica da empresa. Até porque a Luau poderá nem ter patrimônio suficiente para pagar tantas indenizações.

    Minha sugestão é que os universitários não deixem essa questão barata e lutem pelos seus direitos.

    Ótima quarta feira a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: