18 de abril de 2018

Frase do dia

Sempre achei que quem é bom em arranjar desculpas raramente é bom em qualquer outra coisa. (Benjamin Franklin)

Mutatis mutandis

A frase de abertura do seriado de ficção “Jornada das estrelas” bem se aplica à nossa realidade. O morador de Nova Mangaratiba Ginho Conceição Monsores foi, com alguns amigos “audaciosamente onde nenhum prefeito jamais esteve”. Ele e seus companheiros reconstruíram, sem qualquer auxílio do poder público, uma ponte de pedestres sobre o córrego na localidade, a ponte da rua José Pedro.

Star trek-vert

Segurança pública

Considerando o aumento dos delitos e crimes praticados em Itacuruçá neste início de ano, é bem oportuna a participação da população do distrito na reunião do Conselho Municipal de Segurança que acontece hoje, às 19h, no Iate Clube de Itacuruçá com a presença do delegado titular da 165 DP, do comandante do 33º. Batalhão de Polícia Militar e do secretário municipal de segurança. A reunião é totalmente aberta à presença e participação da população.

Segurança pública II

Não passou despercebido aos moradores de Itacuruçá que, após as cinco horas da tarde, até meia noite, não estejam circulando os transportes piratas que se autodenominam “ubers”, mas van’s brancas, sem nenhuma outra identificação, a não ser o destino. De acordo com a conversa ouvida por um passageiro, elas são controladas por um “poder paralelo” que está se instalando na Costa Verde e determinou a proibição das “lotadas”, no horário em que definiram ser deles.

Então tá, então!

Como publicado ontem aqui no blog, a página oficial da prefeitura assegura que já existe estoque suficiente para atender a todas as necessidades de medicamentos e insumos do hospital, postos de saúde e ESF. O relato de um morador de Muriqui, no entanto, parece contradizer tais afirmações. Disse ele em red social: “Estou indignado. Acabei de sair do PS Muriqui com meus três filhos. Fui fazer uma consuta, pois os três se encontram gripados com catarros. O médico pediatra passou um xarope, amoxilina e diprona e passamos na farmácia do posto de saúde, pos fizeram uma postagem que estava tudo abastecido que o estoque de remédio completo. Vocês estão de brincadeira. Isso é falta de respeito com os munícipes. Falta de vergonha na cara. As pessoas estão sendo enganadas descaradamente com propagandas só para se beneficiar politicamente. É mentira. Não tem um remédio no PS. Isso é política suja. Com a saúde não se brinca. Várias crianças saindo sem sua medicação. Acorda Mangaratiba! Ja deu. Chega de tanta hipocrisia. Eu corro atrás e compro, mas tem pessoas bem mas precisadas. Isso é covardia com nossa Mangaratiba!” (Carlinhos Russo, via facebook)

Aarão candidato

Tudo depende de como a ministra Rosa Weber colocar a questão em seu relatório a ser julgado pelo TSE, provavelmente na próxima semana. No entanto já existe a manifestação do presidente do Tribunal, ministro Luiz Fux, a respeito do tema. Disse ele em outro processo bastante similar ao de Mangaratiba: “Por ensejar condição pessoal, e não ilícito que fulmine o pleito, o indeferimento do registro de candidatura do recorrente não obstará sua ulterior participação na eleição suplementar, somado ao término do prazo de inelegibilidade decorrente da condenação por abuso de poder nas eleições de 2008. Tal fato, porém, não justifica o deferimento de seu registro. A uma, porque referida conclusão é feita em tese: revela-se perfeitamente possível que sobrevenham novas hipóteses de inelegibilidade ou o não preenchimento de condições de elegibilidade que inviabilizem a candidatura do Recorrente quando da formalização de seu registro no pleito suplementar. A duas, porque o êxito do Recorrente neste pleito não significa necessariamente nova vitória na renovação da eleição”.

Tarrafada

A Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal, réplica às alegações da defesa de quatro senadores, dois ex-senadores e três executivos de empreiteiras acusados de crimes de corrupção passiva e ativa, e lavagem de dinheiro, entre 2008 e 2012, com a Transpetro, braço de logística e transporte da Petrobras. A denúncia foi encaminhada ao STF em agosto de 2017, e ainda aguarda análise da Suprema Corte. O texto da PGR rebate as alegações dos senadores do MDB Renan Calheiros, Garibaldi Alves Filho, Romero Jucá e Valdir Raupp; do ex-presidente da República José Sarney; bem como dos administradores da NM Engenharia e da NM Serviços Luiz Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo; e do executivo da Odebrecht Ambiental Fernando Reis. Ao longo de 80 itens, Dodge rebate as alegações dos denunciados e expõe a fundamentação para as denúncias e a manutenção do inquérito frente ao STF. A PGR rechaça as alegações da maioria dos investigados de que a denúncia se baseia somente em delações. “Os fatos narrados na denúncia amparam-se em provas independentes, obtidas durante a investigação, aptas a confirmar as declarações dos colaboradores. Há, pois, justa causa para deflagrar a ação penal”, assevera na réplica. (Fonte: Secom – PGR)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

8 comentários em “18 de abril de 2018”

  1. Boa noite, Prof. Lauro e leitores.

    Considero razoável que os prefeitos atuais que estão perdendo os seus respectivos mandatos por causa da aplicação da Lei da Ficha Limpa, por falta de requisito de elegibilidade em 2016, possam vir como candidatos nas eleições suplementares tendo em vista que a questão se tratava de uma controvérsia jurídica que todos esperavam ser julgada pelo STF.

    A meu ver, o Supremo poderia ter decidido o recurso com repercussão geral bem antes do pleito de 2016 e não o fez. Tal demora oportunizou que muitos candidatos se lançassem da disputa eleitoral enchendo a Justiça Eleitoral de mais processos de impugnação de registro cujos recursos, por sua vez, ficaram suspensos a exemplo do caso do prefeito da nossa cidade.

    Fora isso, penso que a presença do senhor Aarão de Moura Brito Neto nas suplementares possibilitará que a própria população julgue seu atual governo. Principalmente pelas coisas não estão sendo realizadas num segundo ano de mandato já que agora ele governa com o seu PPA, a sua LDO e a sua LOA, sendo todas as leis aprovadas praticamente tal qual os textos das proposições originais enviadas ao Legislativo.

    Por outro lado, é bom que o prefeito tenha estímulos para melhorar o seu governo nas últimas semanas que terá sabendo que vai ter a chance de concorrer nas suplementares. E eu, mesmo estando na oposição, respeito muito o poder eleitoral do mandatário, consciente de que será uma briga bem árdua na conquista de cada voto através da construção/desconstrução de argumentos mesmo com S. Exa. fora do cargo.

    Vamos aguardar e torcer para que o TSE decida logo por fim a essa novela que em se arrastando há muito tempo.

    Bom descanso a todos!

  2. Arão já está com mais rejeição do que o nosso presidente, jamais ganharia caso viesse candidato . Nem ele cumprindo tudo que prometeu ele conseguiria .

    1. Tenho lá minhas dúvidas se ele não ganharia, meu super herói atrapalhado…
      É só ele prometer permanência de emprego e boquinhas na prefeitura, q a população de Mangaratiba como aceita migalhas, que ele pode acabar se elegendo sim

  3. Aarão candidato.
    “A duas, porque o êxito do Recorrente neste pleito não significa necessariamente nova vitória na renovação da eleição”
    Não entendi essa frase.
    Se alguém puder me esclarecer,agradeço.

      1. Boa noite, Prof. Lauro e leitores.

        Considero razoável que os prefeitos atuais que estão perdendo os seus respectivos mandatos por causa da aplicação da Lei da Ficha Limpa, por falta de requisito de elegibilidade em 2016, possam vir como candidatos nas eleições suplementares tendo em vista que a questão se tratava de uma controvérsia jurídica que todos esperavam ser julgada pelo STF.

        A meu ver, o Supremo poderia ter decidido o recurso com repercussão geral bem antes do pleito de 2016 e não o fez. Tal demora oportunizou que muitos candidatos se lançassem da disputa eleitoral enchendo a Justiça Eleitoral de mais processos de impugnação de registro cujos recursos, por sua vez, ficaram suspensos a exemplo do caso do prefeito da nossa cidade.

        Fora isso, penso que a presença do senhor Aarão de Moura Brito Neto nas suplementares possibilitará que a própria população julgue seu atual governo. Principalmente pelas coisas não estão sendo realizadas num segundo ano de mandato já que agora ele governa com o seu PPA, a sua LDO e a sua LOA, sendo todas as leis aprovadas praticamente tal qual os textos das proposições originais enviadas ao Legislativo.

        Por outro lado, é bom que o prefeito tenha estímulos para melhorar o seu governo nas últimas semanas que terá sabendo que vai ter a chance de concorrer nas suplementares. E eu, mesmo estando na oposição, respeito muito o poder eleitoral do mandatário, consciente de que será uma briga bem árdua na conquista de cada voto através da construção/desconstrução de argumentos mesmo com S. Exa. fora do cargo.

        Vamos aguardar e torcer para que o TSE decida logo por fim a essa novela que em se arrastando há muito tempo.

        Bom descanso a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: