17 de março de 2018

Frase do dia

As palavras têm a leveza do vento e a força da tempestade. (Victor Hugo)

Na marca do pênalty

Confirmado o motivo do afastamento do vereador e presidente da câmara municipal de Mangaratiba do cenário político municipal. A segunda turma do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro publicou, no dia de ontem, a decisão unânime que rejeitou o recurso denominado “embargos de declaração” que pretendia livrá-lo, e ao ex-secretário Humberto Vaz, de se tornarem réus ainda no caso do processo que levou à prisão o ex-prefeito Capixaba. A partir de agora, o processo segue em frente e ambos podem vir a ser condenados, no mínimo, por “formação de quadrilha”. A seguir, um trecho da decisão. Veja a versão completa ali acima na nova guia. Caso Capixaba. “Vistos, relatados e discutidos estes Embargos de Declaração em que figuram como embargantes Vítor Tenório dos Santos e Humberto Carlos Mendonça Vaz, decidem os Desembargadores que integram o II Grupo de Câmaras Criminais, por unanimidade REJEITAR os declaratórios, na forma do voto da Desembargadora Relatora. Rio de Janeiro, 14 de Março de 2018. Desa. Gizelda Leitão Teixeira”

Na marca do Pênalty II

A decisão da última quinta-feira,  da segunda turma do TJRJ, além de seus efeitos imediatos, também afeta planos e projetos de longo prazo vez que, na iminência do afastamento do prefeito Aarão, quem assumiria o cargo até a realização de eleições suplementares seria, justamente, o vereador Vitor Tenório, como presidente da câmara, o que o capacitaria a ser o candidato a completar o mandato da atual gestão. Com o seguimento do processo e eventual condenação nos próximos meses, mesmo que a pena aplicada não signifique prisão, o simples fato de ter sido condenado inviabilizará sua eventual candidatura.

Prefeito na rua

Causou espanto e surpresa, repercutidas nas redes sociais, a presença do prefeito Aarão nas ruas do primeiro distrito no dia de ontem, após quinze meses de mandato. Os que conhecem seu comportamento  político afirmam que ele já está se posicionando para influenciar nas eleições suplementares ou tentando ser ele mesmo o candidato, ou apoiando alguém.

Renovação da CNH

Os motoristas que precisarem renovar a Carteira Nacional de Habilitação a partir de junho deste ano terão que fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico, que já era obrigatório. A mudança na lei foi publicada na última semana por meio de uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito, que redefiniu a formação de condutores no país. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito, o curso é para atualizar sobre mudanças nas leis de trânsito. Hoje é preciso renovar a CNH a cada 5 anos; para motorista acima de 65 anos, a validade é de 3 anos e é exigido exame médico; não é preciso fazer curso ou prova. Os prazos não mudam, mas a partir de junho passará a ser exigido um curso teórico de 10 horas/aula (máximo de 5 horas/aula por dia) que pode ser feito de forma presencial ou à distância; Se for à distância, precisa ser concluído em 5 dias. Depois, é preciso fazer prova teórica presencial, com 30 questões de múltipla escolha. O motorista deve ter 100% de frequência no curso e 70% de acertos no exame. Ainda não há definição sobre mudanças no preço da renovação. (Fonte: O Globo)

Ideologia vs realidade

Enquanto a militância do Psol pedia o fim da Polícia Militar, pouco mais de quatro horas após a morte de Marielle Franco, assassinada no Estácio, na Zona Norte do Rio, na noite de quarta-feira, outro vereador do PSOL foi vítima de um crime na região. Renato Cinco, que visitou o local do homicídio logo depois de deixar uma vigília pela colega na sede do partido, foi assaltado na companhia da namorada a cerca de 400 metros da esquina entre as ruas Joaquim Palhares e João Paulo I, onde Marielle foi alvo de quatro tiros na cabeça. Renato passava de carro com a companheira pela Avenida Salvador de Sá, na Cidade Nova, quando quatro homens armados desceram de outro veículo e anunciaram o roubo, por volta das 2h desta quinta-feira. Os bandidos tentaram levar o automóvel do casal, mas a chave quebrou na ignição. O bando acabou fugindo com celulares e outros pertences do parlamentar e da namorada. (Fonte: Jornal Extra)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

18 comentários em “17 de março de 2018”

  1. Sugiro ao professor Lauro que ao invés de ler o jornal Extra, procure notícias que a mídia golpista não divulga porque não interessa à burguesia que o povo fique sabendo. Que acha de entrar mais no Conversa Afiada do ex-repórter da Globo Paulo Henrique Amorim?

    “Os responsáveis por matar Marielle Franco não queriam se livrar de uma vereadora de 38 anos que dedicava seus dias ao expediente político. O desejo dos assassinos era o de silenciar uma ideia. Marielle foi morta à noite, em uma emboscada, sem poder de reação, o modo covarde como se mata nas favelas do Rio de Janeiro e do Brasil, lugares onde as cartas não chegam, a luz falha, a água é suja, as escolas fecham ao som de tiros e o Estado é um tanque de guerra com licença para matar o qual chamam de Caveirão.

    Dias antes de ser executada, Marielle Franco denunciou o assassinato de três homens – jovens e de periferia –, parte grande do estereótipo dos corpos que enchem os cemitérios do país. “Foi um recado”, era uma das frases que mais se ouvia entre as pessoas que, ainda estarrecidas, lotaram o Centro do Rio, na quinta-feira, em vigília e protesto. Mas que recado? O que queriam dizer os assassinos de Marielle? A quem eles se dirigiam? “Não ousem mexer nas estruturas”, eles sussurravam.

    Não se sabe ainda se a execução de Marielle foi motivada pelos crimes que ela denunciou – dois deles na área do 41º Batalhão de Polícia Militar e seu histórico de terror.

    The Intercept Brasil formou um time de quatro jovens jornalistas – Bruna, Carolina, Juliana e Yuri – para contar as histórias de Eduardo, Matheus e Reginaldo. É irrelevante o que a conclusão policial dirá sobre a relação da morte de Marielle com sua pressão pela investigação desses casos. Porque esses assassinatos, tendo policiais como suspeitos, continuam sem solução.

    Marielle se foi, mas a pressão para que esses – e todos os outros jovens de periferia – tenham respostas não pode parar. A ideia de que é impossível enfrentar o crime organizado sem usar armas é errada. A ideia de que é impossível ter liberdade nos subúrbios do Brasil é velha e errada. Uma mulher, sozinha, talvez não possa peitar os senhores da guerra. Mas uma multidão pode.”

  2. “outro vereador do PSOL foi vítima de um crime na região. Renato Cinco, que visitou o local do homicídio logo depois de deixar uma vigília pela colega na sede do partido, foi assaltado na companhia da namorada”

    Fiquei tão absorvido pelas notícias de Mangaratiba que esqueci de comentar isso que não passa de uma notícia feita para desqualificar a luta do PSOL contra o massacre dos policiais contra o proletariado. Querem agora sujar a honra da Marielle e vincular a imagem dela ao Comando Vermelho que é uma mentira. Na semana que vem o PSOL irá entrar com uma representação no Conselho Nacional de Justiça contra a desembargadora Marilia Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que acusou a Vereadora de ser “engajada com bandidos”. Como já disse várias vezes e repito, o diabo veste toga.

  3. Gostaria de saber como fica se o Prefeito tiver mesmo que se afastar agora, com o presidente da Câmara licenciado. O interino assume a prefeitura, e é o suplente do interino que o substitui na Câmara, no caso Chicão da Ilha?

    1. Respondi você mais cedo essa mesma pergunta. Se o prefeito for afastado e presidente da Câmara também, assume o juiz que nem eleito foi. Não será o vice de nenhum deles. Só não entendi essa pergunta sobre o Chicão que só assume uma cadeira no Legislativo se o titular da coligação dele cair. Não tem nada haver com o Vitinho que veio pela coligação do PDT com o PPS. Se o presidente da Câmara renunciar ou for preso, entra no lugar dele o Humberto Costa do PPS que teve 1.39% dos votos e ficou em 21º na colocação dos mais votados.

    2. O Chicão veio pela coligação PSC / PTN (PODE) / PT do B / SD, mesma coligação do Carcará e do Charlies . Teve 2.28% dos votos e ficou em 14º. nada haver mesmo.

    3. Só não vamos achar que o Vitinho está morto porque não está. O cara apenas virou réu na denúncia. Pelas regras da democracia burguesa vai ter que ser condenado pela desembargadora que ferrou com a vida do Capixa. Enquanto isto não acontece, ele pode ser candidato a prefeito. A lei da ficha limpa não impede réus de concorrer. Só condenados em segunda instância. Aposto que Vitinho vai fazer tudo pra se segurar no cargo e perturbar as eleições pra prefeito. Podem escrever o que estou dizendo.

    4. Os planos do Vitinho apenas são afetados porque isso mexe com a credibilidade de uma candidatura numa cidade onde a política já anda bem desgastada. O Aarão caindo, o povo vai estar tão traumatizado que se o candidato tiver um processinho contra ele no Fórum ou no Tribunal de Contas, as pessoas vão ficar com medo.

    5. Acho errado esse sistema democrático burguês prever que um juiz assuma interinamente a prefeitura na ausência do prefeito, do vice e do presidente da Câmara. Deveria ser o vice presidente da Câmara. Falo isto sem ter nenhuma simpatia pelo Shrek. Juízes e promotores não têm legitimidade democrática porque não foram eleitos pelo voto popular.

    6. Também não suporto o Aarão mais acho que ele tinha que ficar até o final do mandato pro povo de Mangaratiba aprender a parar de votar em políticos da direita. A lei da ficha suja é anti-democrática. Quem tem que julgar o político é o povo quando vai às urnas. Qualquer um tem que ter direito de se candidatar. Não podem me impedir de eleger o Lula.

  4. “Causou espanto e surpresa, repercutidas nas redes sociais, a presença do prefeito Aarão nas ruas do primeiro distrito no dia de ontem, após quinze meses de mandato. Os que conhecem seu comportamento político afirmam que ele já está se posicionando para influenciar nas eleições suplementares ou tentando ser ele mesmo o candidato, ou apoiando alguém.”

    Isso pra mim foi pré-campanha feita por esse sujeito. Na certa o Aarão vai querer lançar a mulher e ser candidato novamente em 2020. Fez aquela carinha de vítima pra depois ser lembrado com saudades pelos eleitores sadomasoquistas de mente colonizada. É a velha Síndrome de Estocolmo que muitos eleitores dos políticos da direita têm. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Síndrome de Estocolmo:
      “Síndrome de Estocolmo é o nome normalmente dado a um estado psicológico particular em que uma pessoa, submetida a um tempo prolongado de intimidação, passa a ter simpatia e até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o seu agressor”
      Quer maior vítima que os “muitos eleitores dos políticos da ESQUERDA têm. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk”
      Lula viril aos 72 tentando continuar fudendo-nos.
      Não falo em Aarão nem em cachorro morto

      1. Nos 13 anos de PT o Brasil só melhorou. Lula defendeu a combinação entre crescimento econômico, desenvolvimento sustentável e inclusão social, com distribuição de renda, ampliação do emprego, redução da pobreza e promoção da soberania nacional. Com a eleição de Dilma, teve início um novo período político marcado pela superação do neoliberalismo e pela possibilidade de consolidação de um novo projeto para o Brasil, com o aprofundamento das mudanças iniciadas no governo Lula. Isso incomodava as elites brasileiras. Por isso tramaram o impeachment contra uma mulher honesta e eleita pelo voto popular.

      2. Quero montar um comitê em Mangaratiba em defesa da democracia e de Lula ser candidato. Quero o Lula livre! Marielle vive!

      3. Se prenderem o Lula, a ONU vai considerá-lo um preso politico. A falta de provas no julgamento do ex-presidente justifica tal posição.

  5. “Confirmado o motivo do afastamento do vereador e presidente da câmara municipal de Mangaratiba do cenário político municipal.”

    Um cenário eleitoral sem Vitinho, Aarão e Ruy abre campo para a esquerda crescer em Mangaratiba que passa na ter mais chances de concorrer com o Bombeiro depois que o TSE afastar esse prefeito do cargo junto com seu vice. Outro que na certa vai querer crescer nas suplementares é o dono do supermercado Costa Verde, o seu Evandro, que pode lançar candidatura. Acho que vem pelo PP, partido de direita com o qual o PSOL não coliga, como n~çao se coliga com o PSDB do Bombeiro. Dos vereadores nenhuma dessas coisas emplaca. Estão todos bem queimados com a população por terem se beneficiado com o governo esse tempo todo. Só agora que os ratos resolveram abandonar o navio que vai à pique. Quem colocar qualquer figurinha dessas como vice na chapa estará lascado. Só conseguem espaço se vierem com o Bombeiro. É hora da verdadeira esquerda se unir e trabalhar com foco numa renovação para 2020. Por uma Mangaratiba socialista!

    1. Insano cumunista,desejas uma “Mangaratiba socialista”?
      Não basta o que fizeram com o Brasil???

      1. Basta o que fizeram com o Brasil nos seus primeiros 502 anos e agora nestes últimos 22 meses e governo golpista. Fora Temer!

      2. Para termos uma Mangaratiba socialista só com um Brasil socialista primeiro. Isto não está longe de acontecer. Prendam Lula e o trabalhador fará uma revolução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: