05 de fevereiro de 2019

Frase do dia

Os homens quase sempre são surdos aos conselhos, mas não aos elogios. (William Shakespeare)

Sensatez

Ainda não sabemos, mas creio que somos suficientemente aptos a perceber que é hora de agregar informações e contribuir para que não haja pânico, mais também não haja negligência! Claro que sabíamos que poderia chegar ao nosso município por todos os aspectos de nossa geografia e fauna. Então, a hora é de informações verídicas, de incentivo a vacinação, da propagação de atitudes pró ativas e de prevenção doméstica. Vacinação, uso de repelentes, explicar aos que estão com receio da vacina, quem pode ou não ser imunizado e buscar orientação com profissionais da saúde caso as dúvidas persistam, é a nossa melhor contribuição. Cabe aos gestores informar sua população, gerir a logística de vacinação e de acolhimento aos que necessitarem de esclarecimentos, sem esquecer do combate ao mosquito. No mais, é juntar forças, colocar-nos disponíveis para ajudarmos a passar por todo esse retorno ao início do século passado, com o menor dano possivel. (Leila Castro)

Sensatez II

Febre amarela

Insensatez

Algumas pessoas estão divulgando que há a morte por febre amarela de um morador da Serra do piloto e que seu filho encontra-se internado no hospital do servidores do estado com os mesmos sintomas. Mas, até o momento, a secretária de saúde não se pronunciou sobre as suspeitas. É importante lembrar que há uma morte confirmada pela secretaria estadual de saúde em Angra dos Reis. Gostaria de dizer aos gestores da saúde de Mangaratiba, melhor dizendo os políticos que ocupam esses cargos, que quando não há esclarecimento dos fatos deixa-se margens para especulações, ainda mais em tempos de redes socias. Apesar dos políticos dizerem que cuidam do povo, a todo momento temos certeza de que isso não é verdade é só procurar os postos de saúde e o hospital onde a realidade é outra. Com o carnaval se aproximando o caos será instalado. (De um internauta em rede social)

Insensatez II

Foi necessária a intervenção policial num quiosque da orla de Muriqui para assegurar níveis civilizados de som num dos quiosques.

Choque de ordem Muriqui

Balneabilidade

De acordo com o primeiro boletim do Inea em 2018, apenas Ibicuí, Praia Grande e uma parte da Praia do Saco estão em condições satisfatórias para o banho de mar no município.

A balneabilidade

Vem aí o sítio

O casal de marqueteiros, João Santana e Mônica Moura, prestam depoimento nesta segunda-feira (5) como testemunhas de acusação em ação da Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.O caso está sob a responsabilidade do juiz federal Sérgio Moro. Ambos foram convocados e vão abrir a sequência de depoimentos no processo sobre o sítio de Atibaia (SP), no qual o seu ex-cliente, Lula, é acusado de ter recebido propina das empreiteiras OAS, Odebrecht e Schahin por meio de reformas no local. O Ministério Público Federal  também convocou outros delatores como testemunha de acusação. Também prestarão depoimento nesta ação o ex-senador  Delcídio do Amaral, o ex-deputado Pedro Corrêa,  Fernando Baiano, Alberto Youssef, Nestor Cerveró, Paulo Roberto Costa, Milton Schahin, Dalton Avancini e Rogério Araújo. (Fonte: Diário do poder)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

2 comentários em “05 de fevereiro de 2019”

  1. Boa tarde, Prof. Lauro e leitores.

    Impressionante como que a maioria das prias do Município não estão balneáveis sedo que a informação não é amplamente divulgada pela Prefeitura e nem pelo INEA, o qual tão somente disponibiliza em seu website a análise periódica da água, muito embora, na maior parte do verã,o a frequência de turistas nesses locais deva ser considerada intensa.

    Segundo a Lei Estadual n.º 6.496/2013, cujo projeto foi da autoria da então deputada verde Aspásia Camargo, o governo estadual tornou-se obrigado a divulgar as informações sobre a balneabilidade das praias na internet e também em painéis físicos. Senão vejamos, pois, o que dispõe texto do do artigo 2º caput da norma em comento:

    “Caberá ao órgão do Estado responsável pelo monitoramento divulgar a condição de balneabilidade das praias em boletins disponibilizados em seu portal na internet e, em relação às praias de frequência intensiva, também mediante a colocação de painéis informativos, de ampla visibilidade, na orla respectiva”

    Também diz a Lei que esses painéis deverão indicar, além da data das últimas coletas de amostras, do endereço eletrônico em que se encontram os resultados completos das análises e outros dados relevantes, se a balneabilidade do local seria “Praia Própria /condição satisfatória para o banho” ou “Praia Imprópria para o banho”.

    Dentre os balneários mais procurados do Município, podemos citar Itacuruçá, Muriqui, Praia Grande, Ibicuí, Praia do Saco e Conceição de Jacareí. E, lamentavelmente, como bem nos informou, nem Itacuruçá, nem Muriqui e nem Conceição de Jacareí podem mais ser considerados balneáveis, lembrando que, quanto ao Sahy, Santo Antônio, Junqueira, Itacurubitiba, outras praias menores do continente e as ilhas, o INEA nada tem informado.

    Não custa frisar que praias do nosso Município que foram analisadas pelo INEA têm um uso intenso em boa parte parte do ano, principalmente durante as férias escolares de verão, Carnaval, outros feriados e nos finais de semana ensolarados. Só que, infelizmente, os banhistas não estão sendo satisfatoriamente informados acerca da poluição tanto do mar quanto da areia! E a situação se agrava pelo fato de que nem todo mundo ainda tem ciência dessa norma estadual e quase ninguém acompanha as publicações do INEA em seu portal na internet, inexistindo qualquer painel em Mangaratiba e nos seus distritos capaz de alertar o público.

    Diante desses fatos, não tenho algo a mais para sugerir senão que a população lute de todas as formas possíveis pelo seu direito de ser corretamente informada. E ainda que alguns tenham receio de ocorrer uma fuga de turistas em nossa região, não podemos tapar o sol com a peneira fingindo que o problema não existe. Pois, se deixarmos a situação como está, em breve Mangaratiba inteira estará condenada para fins de banho. Sem falar que é uma questão de saúde e que interessa também a nós residentes porque qualquer um, até uma criança, pode acabar contraindo doenças de pele e/ou hepatite A.

    Portanto, deixo aqui o meu alerta e que sejam cumpridas essa e outras normais jurídicas ambientais!

    Bom descanso a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: