18 de outubro de 2017

Frase do dia

Eu proporia que se substituíssem todos os capítulos da constituição decretando: artigo único: todo brasileiro fica obrigado a ter vergonha. (Capistrano De Abreu)

Pisou na bola

Quem será o “lobo mau” dos idosos de Mangaratiba que provocou essa postagem? “Gostaria que o eleitor mangaratibense fosse como o grupo de de terceira idade que esteve hoje na Câmara em protesto contra um certo vereador de Muriqui que será conhecido a partir de agora como o “Lobo mau das vovozinhas”. Geração corajosa esses idosos nascidos nos anos 40 e 50. Os jovens que se calam hoje têm muito a aprender com eles.

O esclarecimento

Os créditos da informação do vereador “lobo mau” devem ser creditados a um amigo da Praia do Saco, seu Toninho. Foi ele quem noticiou uma foto no Facebook que mostra o cartaz de protesto ontem na Câmara. Ontem de manhã, escutei o som do grupo de terceira idade na hora do início a sessão que, como sempre, começa com atraso. O motivo da manifestação foi porque o vereador tinha feito ataques aos encontros festivos dos idosos que, embora apoiados pela Secretaria de Ação Social, são custeados pelos seus frequentadores com recursos próprios.

Cultura

A prefeitura Mangaratiba através da parceria entre a secretaria de educação e a fundação Mário Peixoto, está realizando o projeto Mangaratiba Educação Musical. O projeto conta com aulas para crianças e adolescentes de 6 a 19 anos. As inscrições podem ser feitas no centro cultural professor Cary Cavalcanti. Um internauta sugere, no entanto, que, para termos uma maior divulgação e trazer os jovens para a musica, seria preciso também ter as aulas em Itacuruça, Muriqui, Conceição de Jacareí e Serra do Piloto.

Tomando as rédeas

O movimento pela renovação de Mangaratiba convida 

Quase poesia

E essa Mangaratiba que está despontando! É simplesmente encantadora! Quem tem olhos de ver, sensibilidade em organizar suas memórias e vivências, percebe o adubo e o revolver da terra árida de cidadania. Movimentos naturais, iniciativas de participação política e cultural que começam a atrair a população e acender o fogo de construção de nossa cidadania. O Beco Livre, a Ong Mangaratiba Transparente, a Acecem e o Gap são movimentos legítimos que devem ser divulgados e abraçados por todos, contribuindo para que a sociedade ocupe seu espaço sem deixar brechas para que “aventureiros” descaracterizem movimentos de tal importância. Crises, sejam elas de qualquer natureza, são as precursoras de grandes mudanças sociais. Cabe a nós legitimizar o legítimo! (Leila Castro)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

8 comentários em “18 de outubro de 2017”

  1. Boa noite Prof. Lauro e demais leitores.

    É com muita satisfação que retorno hoje da reunião de apresentação da ONG Mangaratiba Cidade Transparente, ocorrida entre o final da tarde e o começo desta noite na Subseção da OAB.

    Sem dúvida, como bem comentou a blogueira Leila Castro nas redes sociais, Mangaratiba vive um novo momento em que uma parte da sociedade começa a se organizar e a brigar por transparência na administração da coisa pública. Outros, porém, ainda se acomodam ou se acovardam, preferindo não participar mostrando o rosto. São cidadãos que deixam se controlar pelo medo incutido dentro de si. E, como bem escreveu William Reich, no manifesto “Escuta, Ze Ninguém”, “Tu és o teu próprio [navio] negreiro”

    Porém, chegou a hora de Mangaratiba romper com esse medo e se posicionar, resgatando a nossa democracia há tempos perdida por falta de exercício participativo.

    A ONG, como instituição apartidária, não terá participação na política eleitoral, mesmo que alguns de seus membros como eu possam ser filiados a partidos. E acredito que essa desvinculação com um atuar independente, como um organismo não governamental, é o que possibilitará uma fiscalização eficiente. Seja com relação a governos, empresas que prestam serviços públicos, conselhos de gestão e demais autoridades.

    No momento, há um começo com uma longa estrada a ser percorrida. Tem-se com isso uma oportunidade de aprendizado para todos que resolvem se interessar pelas demandas de abrangência coletiva.

    Ótimo descanso para todos

    1. Entrando no assunto…
      Para que estes movimentos sociais sejam “legitimados”, cabe a nós, como população, tomar parte e agregar conceitos e ações.
      Em todo processo de busca de identidade cultural, não se pode alijar parte com ideologias políticas diferentes.
      Todo esse processo, transcende a política partidária e seus efeitos nocivos a esta busca.
      Portanto, acertando ou errando, sem a participação, estaremos fadados ao fracasso social.
      E discordo do Rodrigo, quando escreve em resgatar algo. No nosso caso, estaremos construindo. Afinal, essa condição que nos levou a tudo isso, não é de agora.
      Assim, que cada um se movimente, como escrevi, acertando ou errando, mas agindo.
      Ser mero espectador, é dar aval para as consequências das ações alheias em nossa vida comunitária.

      1. Boa tarde, Leila, Prog. Lauro e demais leitores

        Realmente está correta em me corrigir quanto ao uso do termo resgatar. Pois a cultura da participação é algo que precisa ser ainda construído dentro de Mangaratiba. Pois, caso houvesse em nossa população uma sólida formação política, as pessoas se posicionaram de outro modo.

        Há quem diga que o passado da nossa política local teria sido melhor, mas não tenho como avaliar um tempo que não vivi e sem fontes suficientes de informações pesquisadas. Pois meu período de morador aqui é datado de agosto de 2012, mais ou menos a época que a tenho nos meus contatos do Facebook.

        Todavia, houve quem já me dissesse ter havido um tempo de mais liberdade e participação em Mangaratiba nos anos 90. Mas, na época, eu era só veranista. E a minha tendência geralmente é de não alimentar enganos quanto ao passado, mas de olhar para frente e focar no horizonte.

        Um abraço e fico feliz em encontrar você por aqui.

      2. Tremendo engano comete a senhora ex-secretária do governo Ruy quando ignora o requisito ideológico. Mangaratiba está desse jeito porque a população até hoje só elege políticos da direita. Depois do Emil de Castro, que pra mim foi de centro-esquerda igual o Brizola, TODOS os nossos prefeitos, sem exceção, foram representantes da direita. Pra direita nunca vai interessar uma livre participação do trabalhador.

  2. Reparem que pararam de bater as panelas dos golpistas e desses movimentos sem representatividade entre os trabalhadores como o MBL. Desculpe dona Leila (acho que o nome verdadeiro dela é Lilian) porque não sou nem um pouquinho fã das Ongs que dizem combater a corrupção porque por trás dessas entidades tem um quê de direita. Dizem as más línguas que os fundadores da Mangaratiba Transparente são tucanos ligados ao Alan Bombeiro.

  3. A juventude de hoje e também os caras de meia idade como eu não passamos de um bando de frouxos. O Senado ontem absolveu o Aecim com a ajuda descarada do presidente e ninguém vai pras ruas protestar. Acho que merecemos ser governados por caras como Michel Temer, Luiz Fernando Pezão e Aarão de Moura Brito Neto.

  4. Os créditos da informação do vereador “lobo mau” devem ser creditados a um amigo da Praia do Saco, seu Toninho. Foi ele quem noticiou uma foto no Facebook que mostra o cartaz de protesto ontem na Câmara. Ontem de manhã, escutei o som do grupo de terceira idade na hora do início a sessão que, como sempre, começa com atraso. O motivo da manifestação foi porque o vereador tinha feito ataques aos encontros festivos dos idosos que, embora apoiados pela Secretaria de Ação Social, são custeados pelos seus frequentadores com recursos próprios.

    1. Pra não roubar a fala de outro:

      “Crônica do Dia”
      “O Lobo Mau das Vovozinhas”
      “Doutor Davi”
      É triste e vergonhoso que um “Vereador” (se é que assim podemos chamá-lo), membro da COMISSÃO DE ÉTICA E DECORO PARLAMENTAR de nossa Câmara, tenha perdido a linha, a educação a compostura e saindo pela rua a fora a maltratar pessoas idosas. Dr. Davi onde esta seu “Decoro Parlamentar” ? O Senhor por um acaso foi eleito só para maltratar os Idosos de nossa cidade? Foi eleito para compartilhar a “Pouca Vergonha” dos “Cursinhos de Turismo ? O Senhor pensa que nunca irá para a terceira idade ? Pois olha : “A muito que o Senhor já não deveria estar mais ai, pois sua mente é poluída, e tem mais ….”O Senhor já nasceu sabendo ou aprendeu, o “POUCO” que sabe com seus pais (não acredito que tenha aprendido com eles maltratar idoso), pois nos idosos temos composturas, sabemos respeitar os mais velhos, coisa que o Senhor até hoje não aprendeu. Procure ter mais compostura, mais educação. Vou Le levar o endereço de um Curso de Como Ter Mais Educação Com os Mais Velhos, só que não conte com a graninha que o Senhor RECEBE (pouca vergonha) aquela dos “Cursos de Turismo”, porque essa o Senhor nem os demais nunca prestaram conta pois segundo o Jornal O Dia, iram prestar não para nos e sim para o MP. O mais triste ainda que vemos É QUE TEMOS 13 Vereadores menos o Senhor …temos 12 que nenhum ….FALEI NENHUM (nem os novos) tiveram a hombridade de defender nos idosos, mais na hora do VOTO, vem sinicamente pedir o nosso. Mais um dia o Senhor vai precisar de alguém (por já esta indo para lá) para lhe dar a mão e não terá nem um que queira lhe ajudar pois ira se lembrar desta sua postura.
      Tenho dito.
      Antonio Carlos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: