14 de outubro de 2017

Frase do dia

Somos duplamente prisioneiros: de nós mesmos e do tempo em que vivemos. (Manuel Bandeira)

O boato e o fato

No feriado de quinta-feira, correu a notícia de que uma lancha teria explodido quando era abastecida no posto de gasolina do iate clube. Os detalhes davam conta de várias vítimas. Segundo consta, a lancha não explodiu, nem pegou fogo. O que aconteceu foi explosão dos gases que saem do tanque de combustivel na hora do abastecimento da embarcação,
ocasionando vitimas de queimaduras. Três crianças e quatro adultos ficaram feridos. Os
primeiros socorros foram feitos no posto de saúe de itacuruça. Posteriormente, todos vitimados foram removidos para hospitais do Rio de Janeiro.

E a água?

Continua o sofrimento da população do município com a falta de água e falta de um projeto de longo prazo para solucionar esse problema sempre recorrente em Mangaratiba. O assunto, dessa vez, chegou a ser objeto de matéria no Bom dia Rio e no RJ Tv.

Mudou o mundo e não ganhou nada

Morreu, aos 77 anos, o engenheiro eletrotécnico Nélio José Nicolai, inventor do Bina, sistema identificador de chamadas de telefones. O mineiro que adotou Brasília como sua casa foi sepultado nessa quinta-feira, no Cemitério Campo da Esperança. Segundo pessoas próximas, Nicolai tinha se recuperado de um acidente vascular cerebral há pouco tempo e já tinha recebido alta. No entanto, apresentou problemas pulmonares nos últimos dias. O engenheiro deixa quatro filhos e dois netos. Durante grande parte da vida, o engenheiro lutou na Justiça para ser reconhecido como inventor do Bina, tecnologia hoje presente em todos os aparelhos celulares do mundo. Nicolai desenvolveu o sistema em 1977, quando trabalhava na Telebrasília, operadora local da Telebrás. Seu objetivo inicial era diminuir o número de trotes, permitindo a quem recebesse uma ligação saber de qual número haviam discado. Após adaptar a tecnologia na década de 1990, ele passou 35 anos lutando para ser reconhecido como o inventor do aplicativo, adaptado por ele mesmo para uso em celulares. Ele, no entanto, nunca recebeu o direito de explorar economicamente a tecnologia.

Segue

Nicolai chegou a ganhar três ações em primeira instância e uma em segunda. Em 2012, recebeu, da operadora Vivo, o que considerava um “valor irrisório”, após uma decisão judicial da 2ª Vara Cível de Brasília. Por contrato, ele não divulgou os valores. Se vencesse os recursos que as empresas usam para protelar a decisão final, receberia uma quantia bilionária. Estima-se que ele ganharia aproximadamente R$ 10 por cada um dos quase 300 milhões de aparelhos celulares ativos no Brasil. Em junho de 2016, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal decidiu, em segunda instância, voltar o processo que Nicolai movia contra a Vivo para sua fase inicial. A ação contra a empresa era de aproximadamente R$ 5 bilhões — é o processo com a maior causa de indenização sobre propriedade industrial dos tribunais brasileiros, o que faria do inventor um dos homens mais ricos do país. Na época, o TJ reconheceu o recurso da operadora, que pediu uma nova perícia técnica no processo. Nicolai morreu sem ver a conclusão do processo na Justiça. O Bina, especificamente, tem um certificado e uma medalha de ouro do World Intellectual Propriety Organization, que reconhece e recomenda a patente, além de um selo da série Invenções Brasileiras, concedido pelo Ministério das Comunicações. Nicolai tem ainda outras 40 patentes registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), com as mais variadas funções, desde leitores óticos para deficientes visuais até sistemas de proteção contra clonagem de cartões de crédito. (Fonte: Correio Braziliense)

Autor: Prof. Lauro

Psicólogo, Professor Universitário, aposentado, e escritor, 72 anos, divorciado, três filhas e seis netos. Com residência de temporada em Itacuruçá desde 1950 e definitiva a partir da aposentadoria em 2001.

3 comentários em “14 de outubro de 2017”

  1. Soube que amanhã vai ser feriado do comércio. Por isso ainda tem turista que vai continuar na cidade até terça-feira. A chuva não adiantou de nada. Difícil puxar água da rede

  2. MENINA DOS OLHOS PARA A PONTE COBERTA
    Como todos nois sabemos a empresa ponte coberta agora detentora da linha itacuruça x nova iguacu, realmente e uma verdadeira mina de outro pra empresa em termo de lucro, pois agora com a passagem direta de itacuruça a nova iguaçu a apenas 4,55( todo trajeto), vem tendo lotaçao maxima em todo percurso da viajem, bem diferente da antiga expresso.
    O fator e que a linha se tornou otimo investimento pra viacao ponte coberta que nos fins de semana colocam entre 8 a 15 onibus na linha vizando o lucro, das pessoas que vem justamente a praia, retirando os onibus de outras linhas que nos fins de semana nao dao tanto retorno como campo grande x edson passos dentre outras, ou seja, agora eles faturam alto todos os dias da semana, fazendo sol ou chuva.
    Entanto isso onibus da empresa expresso recreio andar no maximo com movimento regular diario na linha que faz itacuruça, em todas as outras eles conseguem lotacao maxima nos fins de semana, mas em itacuruça com a ponte coberta fazendo integraçao direta da baixada isso nao acontece, tanto que e normal vermos onibus da expresso vazio ou com um movimento regular enquanto a ponte coberta sempre cheio na linha de itacuruça.
    Porem tem seus contras:
    os onibus da ponte coberta nao oferece nenhum conforto; sao quentes; sao lentos ( nao andar muito); sao sujos, param muito (nos pontos)
    Em comparaçao, a antiga expresso levava 1 h 40 m para fazer itacuruca a nova iguacu, a ponte coberta leva em media 2 h 30 a 4 hrs, ou seja, se tornou uma tortura ir ate nova iguaçu, a unica coisa boa e que a passagem de 4,55 e unica.
    Nada contra a empresa, pois onibus realmente nao falta, porem deveriam ter onibus mas rapidos na linha e em estado melhor de conservaçao.
    E com tudo isso criou uma situaçao inusitada a expreso recreio ( somente em itacuruça), começou a colocar menos onibus da empresa na linha, realocando para muriqui e mangaratiba, onde teoricamente a concorrencia e menos, e onde teoricamente a gama de passageiros e melhor que aqui em itacuruça, justamente por conta da ligaçao direta que a ponte coberta oferece pra baixada fluminense.
    A linha itacuruça x nova iguaçu e agora a menina dos olhos para ponte coberta, mesmo que chova, o trajeto entre itaguai a nova iguaçu continuara dando bons lucros a empresa, pois todos temos que trabalhar, ou seja, mesmo que na praia nao der ninguem, o restante do trajeto a oferta de passageiros sempre continuara alta.

  3. O povo sem água desde setembro e a Prefeitura não fez nada até agora pra tirar a população desse sufoco. O eleitor escolheu um prefeito com ficha suja e vejam só no que deu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: