05 de agosto de 2017

Frase do dia

As grandes massas cairão mais facilmente numa grande mentira do que numa mentirinha. (Adolf Hitler)

Sede de poder

Como diz a fonte que enviou a matéria ao blog, é tamanha a sede de poder de alguns vereadores que foi necessário um secretário municipal oficializar um “puxão de orelhas” em suas excelências.

Pega na mentira

No retorno às atividades da câmara dos vereadores. Por volta das 13:30 ocorreu um encontro com representantes da Vale para tratar de diversos assuntos de interesse público, como por exemplo a arrecadação que é repassada ao município. Dentre os assuntos, o mais debatido no plenário da Câmara foi a questão do repasse aos cofres públicos. Os vereadores Wlad da Pesca e Cecília, afirmaram que, segundo o Executivo, o repasse da Vale para os cofres públicos seria de 5 milhões de reais por mês. E que a queda brusca na arrecadação afetaria brutalmente a cidade de Mangaratiba. Segundo a vereadora Cecília, o Prefeito informou que o repasse da Vale passaria a ser de 5 milhões ao ano, sendo parte em repasse ao erário e a outra parte em execução de obras. Os representantes da Vale fizeram questão de afirmar que nunca houve qualquer redução no repasse que é feito a prefeitura e que nunca houve qualquer conversa que diga respeito a execução de obras ou coisa do tipo. Segundo a Vale, o repasse é feito em cima do que é prestado ou contratado. Não existe a possibilidade de se estipular um valor fixo de repasse uma vez que o imposto em questão é o ISS, onde a alíquota já é definida. Existe um processo transitando na esfera judicial, onde alguns municípios, inclusive o de Mangaratiba, solicitam o aumento de repasse, que segundo a Vale seria um aumento exorbitante.
Do mais, enquanto o processo está em andamento, todos os tributos devidos a nossa cidade pela empresa Vale do Rio Doce está sendo devidamente paga. A Vale se propôs a retornar ao plenário da câmara com os dados de todo repasse feito pela empresa e solicitou aos vereadores que convocassem um técnico no assunto tributário que pudesse estar junto no próximo encontro para verificar qualquer possibilidade de irregularidade, o que realmente parece não existir. (Da página Mangaratiba em Pauta)

Novos caveirões

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio e responsável pelo julgamento das ações da Lava-Jato no estado, colocou à disposição da Secretaria estadual de Segurança do Rio 46 blindados da transportadora Trans-Expert. Os veículos estão se deteriorando em um galpão da empresa. O magistrado encaminhou um ofício nesta sexta-feira ao secretário estadual de Segurança, Roberto Sá, comunicando sobre a disponibilidade dos blindados. De acordo com investigações da força-tarefa da Operação Lava-Jato, o ex-governador Sérgio Cabral e seu grupo contavam com um “banco paralelo” para movimentar o dinheiro da corrupção. Esse papel era desempenhado pela transportadora Trans-Expert Vigilância e Transporte de Valores, que tinha um cofre no bairro de Santo Cristo, no Rio, usado para guardar e distribuir o dinheiro do grupo. O nome da transportadora Trans-Expert também foi citado em delação pelo doleiro Álvaro José Novis, como uma das empresas que recolhiam dinheiro de propina paga pelas empresas de ônibus a agentes políticos, num esquema investigado na Operação Ponto Final. (Fonte: O Globo) O Negro gato

A morte de Luiz Melodia na madrugada de ontem, aos 66 anos, deixa a música brasileira órfã de uma de suas figuras mais originais. Melodia não gravou muito nos 44 anos que separam a estreia discográfica de sua morte. Foram 11 álbuns de estúdio (alguns com regravações de suas próprias músicas) e mais dois ao vivo, além de alguns compactos, participações especiais e faixas para coletâneas ou trilhas sonoras. Seus dois primeiros trabalhos, “Pérola Negra” de 1971 e “Maravilhas Contemporâneas” de 1976, são os seus grandes discos, mas em todos trabalhos posteriores é possível encontrar grandes momentos. Abaixo, uma das mais marcantes interpretações da música do Cazuza, Codinome Beija-flor.

 

Anúncios

7 respostas em “05 de agosto de 2017

  1. Em virtude da Lei 13022/2014?
    Parece brincadeira esse ofício. Mas já que tocou no assunto… Quando a prefeitura pretende de fato cumprir a lei?
    Um carregamento de óleo de peroba é pouco pra tamanha cara de pau!

  2. Tem vereador só de figurante nem sabe como chegou ali , nao sabe se portar e muito menos o q fazer…Mais com certeza sera o primwiro a sofrer as consequencias.
    Triste Mangaratiba.
    Agora Elad da pesca ta de parabens.

    • Tem vereador que, quando foi secretário no governo passado, não estava lá tão preocupado com a Guarda…

  3. É de muita má fé do prefeito que desde antes de assumir o cargo , já garantia a guarda municipal que daria o nosso plano de cargos e carreira. Depois de eleito a desculpa passou a ser o repasse da Vale que havia sido cortado , são oito meses de conversações, uma reunião por mês e o mesmo informando que quando a Vale pagasse , no dia seguinte mandaria o nosso plano pra Câmara. E agora Sr. Prefeito? Qual a desculpa agora?. Dia 15 estaremos todo efetivo na porta da prefeitura, assim como fizemos com o Ruyim, para cobrar o que o Sr. Nos prometeu, e esperamos que seja sujeito homem de cumprir, coisa que não tem sido até agora.

  4. A nossa Guarda de Mangaratiba é muito complicada e a categoria desunida. Esse enquadramento já poderia ter saído se os antigos vigias não tivessem a pretensão de serem promovidos na GM antes de se aposentarem. O único jeito de se resolver isso é o novo presidente do SISPMUM convocar outra assembleia geral para decidir o que fazer, mas chamar só dos guardas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s