21 de abril de 2017

Frase do dia

“Manda quem pode e ODEBRECHT quem tem juízo” (Anônimo)

Repercussão

A respeito da postagem de ontem denunciada pela moradora Elizabeth Antunes a respeito da proibição de profissionais da Educação se alimentarem com a mesma merenda dos alunos, assim se manifesta um leitor, através da área de comentários do blog; “É um verdadeiro absurdo impedir o profissional de educação de se alimentar em seu local de trabalho com alimentos que sao adquiridos com dinheiro dos impostos pagos pelos pais dos alunos que só querem ver seus filhos serem educados por profissionais saudáveis e alimentados. Faço aqui uma sugestão aos pais dos alunos que colaborem com quentinhas a serem servidas para esses profissionais que sem alimentação não podem oferecer aos filhos dos munícipes uma educação de excelência. (Carlos Melo)

Lei 8.666/93 LEI DAS LICITAÇÕES

Só para registro. “Art. 9 – Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação ou da execução de obra ou serviço e do fornecimento de bens a eles necessários:
I – o autor do projeto, básico ou executivo, pessoa física ou jurídica;
II – empresa, isoladamente ou em consórcio, responsável pela elaboração do projeto básico ou executivo ou da qual o autor do projeto seja dirigente, gerente, acionista ou detentor de mais de 5% (cinco por cento) do capital com direito a voto ou controlador, responsável técnico ou subcontratado;
III – servidor ou dirigente de órgão ou entidade contratante ou responsável pela licitação.
§ 1o É permitida a participação do autor do projeto ou da empresa a que se refere o inciso II deste artigo, na licitação de obra ou serviço, ou na execução, como consultor ou técnico, nas funções de fiscalização, supervisão ou gerenciamento, exclusivamente a serviço da Administração interessada.
§ 2o O disposto neste artigo não impede a licitação ou contratação de obra ou serviço que inclua a elaboração de projeto executivo como encargo do contratado ou pelo preço previamente fixado pela Administração.
§ 3o Considera-se participação indireta, para fins do disposto neste artigo, a existência de qualquer vínculo de natureza técnica, comercial, econômica, financeira ou trabalhista entre o autor do projeto, pessoa física ou jurídica, e o licitante ou responsável pelos serviços, fornecimentos e obras, incluindo-se os fornecimentos de bens e serviços a estes necessários.
§ 4o O disposto no parágrafo anterior aplica-se aos membros da comissão de licitação”.

Diário oficial 689

A principal função das publicações no Diário Oficial de qualquer ente público é a de tornar efetiva alguma decisão dando-lhe publicidade. Levando isso em conta, em Mangaratiba, ao que parece, houve uma mudança de nome de uma das secretarias. A conclusão advém da publicação no DOM 689, disponibilizada na internet nessa quinta-feira 20 de abril, já que todas as nomeações para cargos na Secretaria Municipal de Turismo, Cultura,Eventos, Esporte e Lazer, foram publicadas com o erro de digitação que “cria” uma nova atividade para o setor, qual seja, “EVENETOS”.

DOM 689 segue

O erro de digitação (e publicação) só pode (e deve) ser corrigido por outra publicação retificando o erro. Caso contrário, todos os atos serão considerados nulos.

DOM 689 segue II

Sugere um observador que, diante da profusaão de nomeações para cargos de livre provimento na administração pública municipal, o atual prefeito reserve ao menos um, para atuar como “revisor” dos textos que ele assina.

Seropédica x Mangaratiba

Essa semana a situação ficou tensa na câmara municipal de Seropédica, onde houve denúncias sobre a prefeitura. O ativista Miguel Angelo Steffan pediu espaço na tribuna livre e fez várias denúncias sobre a situação na prefeitura de Seropédica. Ele alega que atual governante vem efetuando licitações duvidosas e sua esposa teria sido nomeada num alto cargo para a prefeitura de Mangaratiba, entre outras acusações. O jornal perfil, da região de Seropédica, em sua página e no site, postou dois vídeos sobre o ocorrido. No segundo vídeo Miguelzinho, como é conhecido, declara que a mesma empresa Markleo de prestação de serviços estaria também atuando em Seropédica. Como já foi noticiado nas redes sociais de Mangaratiba, esse processo licitatório foi duvidoso e estaria suspenso. No processo os números de lâmpadas estariam muito acima da necessidade de reposição na cidade, ou seja, cada poste da cidade trocaria pelo menos três lâmpadas ao ano. Todos sabem que a vida útil de cada lâmpada vai além de um ano. Ate o valor do contrato causou estranheza e todo processo encontra-se suspenso. Este segundo vídeo cita inclusive que uma pessoa de Mangaratiba estaria fazendo as licitações de Seropédica. (Fonte: Jornal Perfil)

Vale o registro

Três feriadões seguidos.Primeiro, teve Cristo crucificado. Agora, Tiradentes enforcado.
Depois vem o trabalhador endividado. (Anônimo)

Anúncios

Uma resposta em “21 de abril de 2017

  1. SECRETARIO DA GUARDA VITOR É UM SAFADO!!! SE ODEIA SEUS COMANDADOS PQ CONTINUA SECRETARIO PEDE PRA SAIR CORRUPTO EXTORQUINDO COMERCIANTES!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s