20 de abril de 2017

Frase do dia

Todo efeito tem uma causa. Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente. A potência de uma causa está na razão da grandeza do efeito. (Allan Kardec)

Contramão

Publicado originalmente no blog do Elizeu Pires e repercutido nas redes sociais a matéria a seguir sobre Mangaratiba. “As funções de exercício permanente, as chamadas de provimento efetivo só podem ser ocupadas por servidores aprovados em concurso público ou – em casos específicos de uma situação de emergência – através de processos seletivos simplificados necessários para sustentar as contratações temporárias. Entretanto isso não estaria valendo para o município de Mangaratiba, onde o prefeito Aarão de Moura Brito Neto (foto), é acusado de nomear em cargos comissionados profissionais para, na verdade, exercerem funções administrativas de caráter permanente. Denúncia nesse sentido já foi encaminhada ao Ministério Público para que seja investigada a possibilidade de os 1322 candidatos aprovados em concurso público ainda em vigor estarem sendo descartados para que os nomeados possam ser encaixados nas vagas.As nomeações levantaram suspeitas a partir da aprovação da Lei Complementar nº 41, no dia de 31 de janeiro deste ano, em pleno recesso da Câmara de Vereadores, transformando em assessoria 1970 cargos de livre nomeação em um universo de 2600, com salário base de R$ 1.785,38, mas com direito a um abono especial, a critério do prefeito, de até R$ 3 mil. A concessão do abono seria uma manobra para que a Prefeitura pudesse contratar um profissional especializado sem concurso público e complementar o vencimento dele. Com essa manobra, o assessor sem nomenclatura específica, pode acabar ocupando qualquer função e ter o salário complementado de acordo com o cargo que estiver realmente exercendo, dentro do limite definido pela tal lei.” (Fonte:Elizeu Pires)

Contramão II

Apesar de ter ciência de que a merenda escolar é para o aluno, nunca passamos por isso no Município. Pelo contrário, o professor sempre foi incentivado a merendar com a criança para ensinar bons hábitos. E os outros servidores sempre se alimentaram na escola. Já pensou uma merendeira ter que sair da escola para almoçar? E com o parco salário do apoio, será que vão conseguir se alimentar? Cada vez mais desconheço a Mangaratiba de hoje. (Elizabeth Antunes, via Facebook)

A propósito

Será? Diz um internauta: “a Lei do plano de Cargos do Magistério exige que diretor de escola seja servidor efetivo. Infelizmente muitos não são. A Lei não está sendo respeitada?”

Nota do Sepe – Mangaratiba

Os profissionais de educação da rede municipal participaram de assembleia realizada na praça Robert Simões, Centro de Mangaratiba, com paralisação de 24 horas. A assembleia foi iniciada com informes concernentes à negociação em curso sobre a lei da data base (988/2015), das queixas envolvendo professores e funcionários da educação que sofreram ameaças veladas e deliberadas de suas direções por terem aderido ao legítimo movimento paredista. Por aclamação os profissionais de educação decidiram se incorporarem voluntariamente ao movimento nacional de greve geral convocado para o dia 28 de abril no Rio de Janeiro. Em seguida abrimos para as avaliações e deliberou-se pela formação de nova comissão de negociação com representantes dos seis distritos e membros da direção do Sepe. Essa comissão se dirigiu imediatamente à prefeitura a fim de buscar respostas quanto ao estudo de impacto orçamentário solicitado, concluído pela secretaria de finanças e foi, horas depois, recebida por representante do governo (gabinete) e não pelo prefeito que se recusou a receber a comissão de negociação, alegando compromissos com assessores. Cabe ressaltar que enquanto a comissão aguardava ser recebida pelo prefeito na antessala do gabinete, a categoria se manifestava democraticamente nas ruas e na praça. O representante da ocasião, interpelado pela comissão, se comprometeu a levar ao conhecimento do prefeito as demandas do movimento, porém sem garantias de datas com vistas à nova audiência. Nesse momento de suspensão da assembleia com ida ao gabinete, acontecia o Encontro de aposentados no Centro Cultural que também encaminhou um conjunto de propostas, todas apreciadas e referendadas coletivamente. Reaberta a assembleia, dessa vez contando com ativos e aposentados, votou-se a manutenção da mobilização com reuniões por distritos (a começar por Conceição de Jacareí), sem paralisação, culminando no dia 03 de maio no Centro de Mangaratiba, às 10 horas, na mesma praça central, com paralisação de 24 horas. Finalizada a assembleia, os profissionais de educação caminharam rumo à Câmara com o intuito de marcar presença e sensibilizar os vereadores reunidos em sessão quanto à disposição do movimento de manter aberto o canal de diálogo e negociação com a prefeitura. Os profissionais de educação ocuparam as galerias da casa e acompanharam pacientemente o expediente ou ordem do dia. Todavia, somente dois vereadores se manifestaram no tema livre, tecendo considerações (um mais, outro menos) acerca da luta dos profissionais de educação ávidos por respostas objetivas às suas justas reivindicações. O Sepe é o agente legal de negociação que atingiu a sua maturidade política com uma história de mais de 30 anos de luta! E nesse sentido seremos implacáveis com aqueles que, porventura, desrespeitarem os direitos dos trabalhadores. (Direção do Sepe-Núcleo Mangaratiba)

Utilidade pública

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Itaguaí em parceria com SENAI abrem inscrições a partir do dia 24, de cursos profissionalizantes de Ajustador Mecânicos, Pedreiro e Soldador. Os interessados devem ter 18 anos e cursar o Ensino Fundamental. As inscrições podem ser feitas no Centro de Oportunidades (Rua general Bocaiúva, 636 – Centro), entre os dias 24 a 28 de abril. Os candidatos devem apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de escolaridade.

Maledicência

Esse é o texto divulgado de forma massiva pelos que são contrários ao governo Temer, por diversos motivos. “ Em uma carta a Michel Temer, o pontífice recusa um convite para visitar o Brasil, feito formalmente no fim de 2016, para as celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, e cobra o presidente para evitar medidas que agravem a situação da população carente no País.”

Maledicência II

A verdade publicada pelo Vaticano. “A Sala de Imprensa da Santa Sé confirma que “dias atrás o Santo Padre enviou uma carta pessoal ao Presidente do Brasil. A missiva não foi publicada por ter caráter privado”, afirma o comunicado. A direção da Sala de Imprensa vaticana acrescenta “tratar-se da resposta do Papa a uma carta do Sr. Michel Temer na qual o Chefe de Estado convidava o Pontífice a visitar o Brasil em 2017 por ocasião dos 300 anos de Aparecida. O Papa respondeu infelizmente não poder ir porque outros compromissos não lhe permitiam”. “Ademais, como o próprio Presidente Temer em sua carta fazia referência a seu compromisso no combate aos problemas sociais do país, o Papa ressalta tal aspecto e encoraja a trabalhar pela promoção dos mais pobres”, lê-se no comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé. (Fonte: Rádio Vaticano)

Anúncios

3 respostas em “20 de abril de 2017

  1. Sobre a postagem feita pela professora Elizabeth Antunes no Facebook, sendo educação algo de enorme importância e os salários geralmente pagos ao professor brasileiro uma vergonha, dar aos docentes e servidores nas escolas o direito de se alimentarem da merenda seria o mínimo a ser feito.

    • É um verdadeiro absurdo impedir o profissional de educação de se alimentar em seu local de trabalho com alimentos que sao adquiridos com dinheiro dos impostos pagos pelos pais dos alunos que só querem ver seus filhos serem educados por profissionais saudáveis e alimentados. Faço aqui uma sugestão aos pais dos alunos que colaborem com quentinhas a serem servidas para esses profissionais que sem alimentação não podem oferecer aos filhos dos munícipes uma educação de excelência.

  2. O engraçado é que boa parte dos funcionários efetivos tem a impressão de que esse governo voltou tão somente para se vingar pela cassação na primeira gestão. Tamanha a voracidade em tirar benefícios e descumprimento a todas as regras trabalhista, tais como: data base e plano de carreira, e na contramão seguem os altos salários a funcionários comissionados, benefícios e regalias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s