15 de março de 2017

Frase do dia

Você tem o direito de falar o que pensa, mas não tem o direito de julgar quem não conhece. (Anônimo)

Rio de Janeiro

Os motoristas e cobradores de ônibus do Rio anunciaram, na noite desta terça-feira, uma paralisação de 24 horas a partir de 0h desta quarta-feira. A greve, de acordo com o sindicato da categoria, faz parte do protesto nacional contra as reformas previdenciária e trabalhista propostas pelo governo do presidente Michel Temer. De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro, a paralisação vai afetar ainda o funcionamento do VLT e do BRT. (Fonte: Jornal Extra)

Atualização (07:00 horas)

O noticiário das primeiras horas da manhã mostrou que nenhuma linha de ônibus ficou paralisada. Os transportes funcionavam como em todos os outros dias, inclusive VLT e BRT.

Descalabro da Expresso

Ponto final do ônibus Mangaratiba às 15:25 horas. O despachante da foto informou que o ônibus da linha ItaguaixMangaratiba, via Axixá, estava regressando da Praia do Saco. Às 16:15 manteve a informação. Inquirido novamente às 17 hs, informou que o ônibus seguiu direto, pela Rio Santos. A essa altura, vários passageiros que aguardavam todo esse tempo, procuraram outra alternativa, porque o despachante já não tinha qualquer previsão.  (Severo Diniz)

Bem lembrado

Tenho visto os vereadores do nosso município preocupados com a Ampla com a Expresso Mangaratiba e com a Cedae recolhendo assinaturas. Muito boas as iniciativas. Agora, o nosso povo quer o mesmo empenho que os senhores tem em fiscalizar as empresas privadas com relações com máquina pública. Não vi nenhuma indicação dos vereadores sobre postos de saúde, hospital, creches, reforma de ruas, etc. (Leo Pinto, via Facebook)

Ma como?

Reclamação contundente de um morador do município acostumado a acompanhar as redes sociais. “Ontem, na minha timeline do facebook apareceu uma postagem do senhor Marcos Pontes acompanhada de fotos do prefeito Aarão, em Brasília, visitando o deputado federal Sóstenes Cavalcanti. Em princípio, fiquei imaginando tratar-se daquela última viagem do prefeito à capital federal em fevereiro, que custou quase seis mil reais aos cofres públicos. Depois, “caiu a ficha” de que a postagem se referia ao dia de ontem. Daí, me veio a indignação de que minha rua continua sem iluminação pública há mais de seis meses e eles continuam a gastar com viagens quase turísticas a Brasília, e eu aqui no escuro.” (De um morador de Itacuruçá)

Correios

Infelizmente, a notícia se confirmou. Em 21/02, recebi a seguinte resposta da ECT a respeito do fechamento da agência dos Correios em Muriqui: “Prezado Senhor. Atendendo à V.S.ª acerca do questionamento sobre o possível fechamento da Agência de Correios Vila Muriqui no Município de Mangaratiba/RJ, cumpre-nos esclarecer o que segue. Esclarecemos que as políticas e diretrizes para a Rede de Atendimento dos Correios estão sendo reavaliadas, visando manter a sustentabilidade da empresa e assegurar um atendimento postal perene e adequado às exigências do mercado, bem como, em aderência à diretrizes ministeriais, especialmente no que concerne à Meta de Universalização estabelecida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTI. Diante disso, estão sendo experimentadas novas possibilidades de atendimento, relocalização de unidades, ajustes nos horários de funcionamento das agências e em alguns casos o encerramento de atividades de alguns pontos, sempre observando a premissa de que tais ações gerem o menor impacto possível à população. Nesse caso os serviços de correios continuariam a ser prestados por outra(s) agência(s) localizada(s) nas proximidades ou, quando a demanda de serviços justifiquem, pela instalação de unidade postal prestadora de serviços básicos. Os Correios agradecem a sua compreensão. Rachel Machado Loureiro Chefe de Departamento VIREV Eventuais recursos devem ser dirigidos ao Vice- presidente de Rede de Agências e Varejo de acordo com o Art. 21 do Decreto 7.724/2012 que regulamenta a Lei de Acesso a Informação – Lei 12.527/2011, no prazo de 10 dias, a contar do recebimento desta resposta. Serviço de Informação ao Cidadão Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.” (Rodrigo Âncora da Luz)

Gafes políticas

Marcelo Crivella nomeou ontem no Diário Oficial, como assessor da Casa Civil, o irmão de Marcelo Freixo, Guilherme Freixo. Guilherme já fez parte da prefeitura, no time de Eduardo Paes, há três anos. Mas a nomeação será desfeita hoje. Ao saber que o assessor era irmão de Freixo, a Casa Civil decidiu desfazer a nomeação na edição de amanhã do D.O.

O ocaso de um vice-rei

Levantamento do Paraná Pesquisa a pedido do portal Diário do Poder mostra que se a eleição para senador fosse hoje, em Alagoas, as duas vagas ficariam com Ronaldo Lessa, que lidera com 35,3% das intenções de voto, e Teotônio Vilela Filho, com 27,8%. O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, ficaria em 3º lugar, com 25,1%. Foram ouvidos 1500 eleitores em 46 municípios entre os dias 5 e 9. Detalhe importante: Ronaldo Lessa lidera como primeira opção de voto para o Senado e Teotônio Vilela lidera como segunda opção. Também são fortes em Alagoas o senador Benedito de Lira e os ministros Maurício Quintela e Marx Beltrão. Maurício Quintela soma 18% das intenções de voto para senador, contra 17,8% de Benedito de Lira e 16% de Marx Beltrão.

Anúncios

3 respostas em “15 de março de 2017

  1. Bom dia a todos!

    Sobre os comentários do internauta no Facebook, publicados na edição de hoje, o qual disse não ter visto nenhum vereador apresentando indicação “sobre postos de saúde, hospital, creches, reforma de ruas, etc”, posso dizer que, até agora, tenho acompanhado TODAS as sessões da atual legislatura já que estou colaborando com os dois edis do meu partido, o PSDB, indo, no mínimo, duas vezes por semana em seus respectivos gabinetes.

    Bem, as sessões ordinárias iniciaram-se em 16/02, dia seguinte ao término do longo recesso de um mês e meio, e foram cinco até agora (duas em fevereiro e três em março), sendo que já houve indicações pertinentes a esses assuntos partindo de vários representantes da cidade. É que, devido ao fato das atas não estarem ainda divulgadas na internet e tão pouco as sessões serem transmitidas, o público muitas vezes fica sem saber o que acontece lá. Também, acrescente-se que as proposições não foram atualizadas no portal da Câmara desde que os trabalhos começaram!

    Todavia, posso falar do que os vereadores tucanos já apresentaram porque tenho tentado anotar o que é anunciado na leitura do expediente quanto a eles. Pois, além de terem apresentado matérias sobre outros assuntos nos demais dias de fevereiro, eis que, em 21/02, no uso do “Tema Livre”, Renato Fifiu tocou sobre o problema do TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO que, até o momento, não está sendo prestado. Na mesma ocasião, o nosso colega de partido, Hélder Rangel, lembrou que os estudantes matriculados no turno da manhã também precisam desse serviço. E, na sessão de ontem, houve uma reiteração de ambos, sendo que Fifiu formalizou no SIC da Prefeitura o pedido de informação n.° 2017.0148.000246, solicitando esclarecimentos à secretária de educação sobre a indisponibilidade do transporte universitário e perguntando qual a previsão para que o serviço comece a ser executado este ano, acrescentando que tal requerimento está sendo encaminhado também por ofício do próprio gabinete, com referência ao protocolo no SIC, para que haja uma agilidade maior na resposta. Esta, se for negada ou demorada (prazo da Lei de Acesso à Informações é de 20 dias), poderá ser cobrada por meio de requerimento da própria Câmara, o que vai precisar da aprovação da maioria dos presentes…

    Na sessão de 07/03, Renato pediu o cumprimento da legislação municipal (uma lei cujo projeto foi do Zé Maria) para que haja professores de educação física prestando assistência nas academias ao ar livre criadas pela Prefeitura. Para tanto, foi aprovada a Indicação n.° 40/17.

    Já na sessão do dia 09/03, Helder pediu a volta de um transporte para Rubião (Ind. 51/17) enquanto Renato solicitou que fossem executados reparos na estrada de acesso para essa localidade rural da Serra do Piloto (Ind. 60/17).

    Finalmente, ontem, na sessão de 14/03, Fifiu reivindicou reparos no trecho da RJ-14 entre Muriqui e Itacuruça, pois o asfalto está cheio de buracos, e requereu a desapropriação de um campo de futebol ao lado da escola de Ingaiba, sendo os respectivos números dessas indicações 61/17 e 62/17. E, quanto ao Helder, foi pedido a reforma do cais na Praia do Sul, na esquecida Ilha de Jaguanum, onde o transporte aquaviário é indispensável para a comunidade locomover-se (perto, na Praia do Catito, tem uma escola e um posto de saúde).

    Fora as indicações relacionadas aos temas mencionados pelo internauta, gostaria de compartilhar outras que esses dois atuantes edis do PSDB já apresentaram:

    – Ind. 14/17 (proposta por ambos), em 16/02: solicitando que o Município passe a ter um calendário de esportes com menção na justificativa de que sejam realizadas as “Olimpíadas Escolares” (proposta de campanha do Helder).

    – Ind. 25/17 (Helder), em 21/02: solicitando ofício do prefeito ao governador para aumentar o efetivo da Polícia Militar (PM) no Município.

    – Ind. 38/17 (de ambos), em 07/03: pedindo ofício do prefeito para a AGETRANSP, que é a agência reguladora estadual, a fim de que, na baixa temporada, haja uma tarifa promocional nas barcas da Ilha Grande exclusivamente para os moradores dos municípios Costa Verde já que os valores hoje praticsdos são altos e privam muitos mangaratibenses de curtir o lazer num parque ambiental perto de nós.

    Ind. 39/17 (Hélder), 07/03: pedido de ofício do prefeito ao governador para reabrir a unidade da FAETEC em Mangaratiba. Algo muito importante para a formação e a qualificação do nosso trabalhador.

    Ind. 59/17 (Fifiu), 09/03: para a Prefeitura por placas de alerta aos banhistas nas cachoeiras a fim de prevenir acidentes.

    Ind. 78/17: pedido de ofício do prefeito ao DER para que seja feita a poda das árvores na RJ-149 até à divisa de Mangaratiba com Rio Claro.

    Ressalto ainda que, na sessão de ontem (14/03), Hélder entrou com um requerimento de n.° 02/17 para que seja realizada audiência pública na Serra do Piloto a fim da sociedade local e autoridades discutirem o que deve ser feito em relação aos três trechos não pavimentados da RJ-149 acautelados pelo IPHAN, os quais, apesar do considerável interesse histórico, estão sendo um terrível problema para os moradores do 5° Distrito e usuários da estrada. Isto porque, além dos atolamentos bem frequentes, motoristas estão sendo abordados por assaltantes quando precisam reduzir a velocidade para trafegarem ali. E, apesar de existir um antigo projeto para a construção de um viaduto na Cachoeira dos Escravos, diga-se de passagem que tal proposta do Estado jamais saiu do papel e tão cedo o Pezão ou outro governante poderá executar por razões financeiras que bem conhecemos. Logo, mais do que justo e democrático darmos voz à comunidade local deixando ela expressar o que deseja ser feito com a rodovia.

    Enfim, posso dizer que, na atual legislatura, há vereadores trabalhando! Só que, infelizmente, o portal da Câmara não tem sido devidamente atualizado e nem alimentado com notícias para o cidadão poder acompanhar. Aliás, era não só para as atas das sessões serem publicadas e todas as proposições apresentadas, como também divulgado com antecedência as matérias da Ordem do Dia e do Expediente. Do contrário, as boas e más propostas vão deixar de ser suficientemente conhecidas contribuindo negativamente para a imagem do Legislativo Municipal com prejuízo para todos os seus 13 membros.

  2. Em tempo!

    Sobre a citada resposta oficial recebida dos Correios em fevereiro, pelo SIC do governo federal, já escutei informalmente de funcionários neste mês de março que a agência de Muriqui tanto poderá ser extinta quanto reaberta em outro lugar distinto de seu endereço atual. Porém, não há certezas expressas por eles quanto a isso nas falas desses servidores que me atendem no caixa.

    Sendo assim, encaminhei o caso ao Ministério Público Federal (MPF) na expectativa de que seja tomada alguma providência porque, do contrário, os moradores do 4° Distrito precisarão viajar até à sede do Município ou à cidade vizinha de Itaguaí só para postarem suas cartas ou pagarem presencialmente suas contas, tendo em vista que a casa lotérica fechou no ano passado e a Drogaria da Praça há muito tempo terminou seu convênio com o Bradesco. Claro que a atuação da Procuradoria da República dependerá do entendimento interpretativo do procurador capaz de vislumbrar algum direito das comunidades aos serviços postais em face da liberdade da Administração Pública de organizar a sua estrutura e trabalho quanto aos postos de atendimento. Claro que a melhor via de solução disso será uma saída política.

    De qualquer modo, quero agradecer a esse site de notícias por dar voz a simples cidadãos como eu no partilhar de suas opiniões e de atividades de interesse coletivo.

  3. Quero saber onde anda os verradores de itacuruca e seus planos, indicações e até mesmo qq coisinha que pelo menos façam.eles a sairem do anonimato..Ta feio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s