11 de março de 2017

Frase do dia

Quando aprendemos a usar a inteligência e a bondade ou afeto em conjunto, todos os atos humanos passam a ser construtivos. (Dalai Lama)

Utilidade pública

Ali em cima, na guia “serviços”, atualizamos os telefones úteis para que mora ou visita o município.

Diário Oficial

O número 678 de 2017 do Diário Oficial de Mangaratiba ratificou a decisão de adiamento “sine die” da licitação para resolver o problema da iluminação pública. Diz o tecto publicado no DOM: “Pregão Presencial n° 001/2017 Objeto: Iluminação Pública Processo n° 01267/2017 Aviso de Adiamento “Sine Die” A Comissão responsável pela realização de Licitação na modalidade Pregão no município de Mangaratiba, designada pela Portaria n°218/ 2017, publicada em 27 de Janeiro de 2017 no Diário Oficial do Município, vem através deste informar a suspensão do Pregão Presencial n° 001/2017, tendo como objeto a manutenção do serviço de Iluminação Pública no município de Mangaratiba, tendo em vista o pedido de impugnação impetrado pela empresa Perfil – X Construtora S.A, CNPJ: 08.733.497/0001-69, no dia 23 de Fevereiro de 2017, pois a mesma alegou que identificou erro na formulação da planilha orçamentária e como não houve tempo hábil para avaliação do pedido por este pregoeiro juntamente com a equipe de apoio para julgar a impugnação, este resolveu suspender o certame para avaliação da mesma. Mangaratiba, 02 de Março de 2017. Luís Alberto Marques Kede Pregoeiro

Drummond

Vai daí que, como dizia o poeta Carlos Drummond de Andrade: “E agora, José?” Ficaremos também com inúmeras ruas às escuras por “sine die”? Será que também cancelarão a cobrança das tais “taxas de iluminação pública” durante esse período, até se normalizar a situação?

Concurso Itaguaí

Uma disputa judicial ameaça as contratações temporárias abertas pela prefeitura e o processo seletivo que atraiu mais de três mil pessoa. O problema se deve a  um impasse entre a prefeitura e o Ministério Público. Acontece que, em dezembro, na gestão do ex-prefeito Wesley, o MP conseguiu, na Justiça, uma liminar pra que a prefeitura não contratasse servidores comissionados e temporários por causa da calamidade financeira. Os funcionários do município ainda não tinham recebido o salário de dezembro, nem o 13º. Caso a prefeitura desobedessece a ordem e contratasse gente nova, teria que pagar uma multa de R$ 10 mil para cada nomeação ou contratação. Na terça-feira, o juiz Adolfo Vladimir Silva da Rocha concordou com o MP e, no despacho, questionou como a prefeitura vai conseguir pagar os novos funcionários. Disse ele: “Considerando a ampla divulgação na mídia de iniciativa da atual administração municipal de contratar, sem concurso público, por volta de 600 novos funcionários, em momento em que o próprio município de Itaguaí anuncia aos quatro ventos dificuldades financeiras que o impedem de honrar o pagamento integral e tempestivo dos salários de seus atuais servidores”.

Concurso Itaguaí II

A prefeitura recorreu e a desembargadora Valéria Dacheux, da 19ª Câmara Cível, concordou com o município. A nova decisão, dessa quarta-feira, suspende a liminar do juiz de primeira instância até o dia 15 de março, quando haverá uma audiência especial entre a prefeitura de Itaguaí e o Ministério Público. Até que essa audiência seja realizada, o processo seletivo continua sua tramitação. Esse processo é para contratar 580 pessoas para trabalhar na secretaria de educação, cujos quadros estão severamente desfalcados por conta de demissões promovidas pelo governo Wesley logo após perder as eleições.

Concurso Itaguaí III

Nos bastidores da política de Itaguaí, todos têm certeza de que tudo não passa de uma guerra de guerrilha política, vez que quem está capitaneando a tentativa de impugnação do processo seletivo é um vereador que faz oposição ao atual prefeito. Mais ainda, ele nem está tão assim preocupado com o “interesse público”,  vez que,  a não contratação emergencial desses profissionais afetará, diretamente, os cerca de vinte mil estudantes da rede municipal de ensino. Há escolas, por exemplo,com mais de mil e duzentos alunos, onde só existe uma merendeira. Absolutamente impossível uma única pessoa cuidar da merenda escolar de mil e duzentos alunos.

Anúncios

Uma resposta em “11 de março de 2017

  1. Professor.
    Vamos por tópicos.
    Fiat Lux.
    Vai demorar.
    Concurso Itaguaí
    LAMBANÇA,seja qual for o desfecho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s