2 de março de 2017

Frase do dia

Nunca é tarde para tentar o desconhecido. Nunca é tarde para ir mais além.(Gabriele Dannunzio)

Balanço geral

Ao final do carnaval, venho me desculpar com a população de Mangaratiba por não ter conseguido corresponder com todas as espectativas e necessidades, mesmo tendo consciência do trabalho desempenhado. Também faço agradecimento público a toda minha equipe, aos Guardas Municipais, aos Agentes de Trânsito, aos Polícias civis da 165 DP e Policiais Militares do 33° BPM. Todos foram incansáveis nas suas respectivas atribuições, apesar do efetivo reduzido e da falta de comprometimento do governo, no pagamento dos seus direitos, no caso das polícias estaduais. Aproveito para comunicar o que as forças de segurança tiveram que enfrentar, para tentar manter a Ordem Pública. Verdadeira guerra de insanidade urbana e falta de educação. Se a sociedade não se unir ao poder público para se estabelecer em nosso município tolerância ZERO, para que no mínimo tenhamos um lugar decente para viver, não sei o que vai acontecer com as famílias. Precisamos parar para pensar e refletir. O que queremos almejar para nossas vidas? (Vitor Carvalho Santos)

Balanço geral II

Merece destaque a dedicação dos trabalhadores da limpeza pública. Em todos os distritos eles estiveram presentes todos os dias limpando as ruas. Tiveram seu trabalho atenuado por conta da ausência de blocos.

Balanço geral III

Ao inverso da profusão de ônibus trazendo visitantes de um dia para o município, na volta, não foram tantos os carros dispónibilizados. A volta pra casa dos que dependiam dos ônibus da Expresso foi demorada e dolorosa, especialmente para os que tinham de levar de volta, além das malas, travesseiros e ventiladores.

Utilidade pública

Agora, a licença-paternidade é de 20 dias, aumentando consideravelmente o período anterior que era de 5 dias. A lei foi sancionada em março de 2016 e começou a vigorar a partir de janeiro último. Apesar da conquista, ela não é para todos. Para que o empregado tenha direito à licença-paternidade é necessário que a empresa para a qual ele trabalha esteja vinculada ao Programa Empresa Cidadã. O programa, criado por meio da Lei 11770, destina-se originalmente à prorrogação da licença-maternidade mediante concessão de incentivo fiscal. Agora, também é para a licença-paternidade para os empregados das empresas que adotam o Programa Empresa Cidadã. Para conseder o benefício, a empresa deve se inscrever no site da Receita Federal para poder entrar no Programa Empresa Cidadã. Os empregados das empresas que não fazem parte do Programa Empresa Cidadã continuam tendo direito a apenas 5 dias de licença-paternidade, não sendo beneficiados pela mudança na legislação trabalhista. Importante destacar que a licença-paternidade também é direito do pai que adotar uma criança, assim como já existe este direito para as mulheres que adotam.(Fonte: direitodetodos)

Campanha da Fraternidade

Com o tema Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil abriu ontem a Campanha da Fraternidade 2017. Segundo a CNBB, o objetivo da ação é dar ênfase à diversidade de cada bioma, promover relações respeitosas com a vida, o meio ambiente e a cultura dos povos que vivem nesses biomas. “Este é, precisamente, um dos maiores desafios em todas as partes da terra, até porque as degradações do ambiente são sempre acompanhadas pelas injustiças sociais”, disse o papa Francisco, em mensagem ao Brasil. O papa destacou que o desafio global pela preservação, pelo qual toda a humanidade passa, exige o envolvimento de cada pessoa junto com a atuação da comunidade local. Para ele, os povos originários de cada bioma ou que tradicionalmente neles vivem oferecem um exemplo claro de como a convivência com a criação pode ser respeitosa.

Anúncios

2 respostas em “2 de março de 2017

  1. Até hoje não dá para entender como até pessoas sem condições financeiras para pagarem em dia suas contas do cotidiano e de viverem dignamente onde moram ainda gastam o pouco que lhe restam para passarem um sufoco no Carnaval de Mangaratiba, sofrendo com o calor, escassez de água, trânsito na estrada, ônibus lotado, filas enormes nos supermercados, e pagando muito mais caro do que perto de suas respectivas residências. Se bem que muitos trazem a comida e a bebida que consomem, mas, se pararmos para refletir, é preferível descansar em casa. Confesso que, nessa época, preferiria passar os dias de festa até num bairro periférico da cidade do Rio de Janeiro do que em Muriqui. E olha que minha preferência de lugares para viajar, caso tivesse o suficiente, seria ir para a roça, principalmente onde não haja turismo e possamos desfrutar de um agradável clima serrano para abrandar o calor do verão. Neste sentido, digo que a família real é que sabia mesmo como descansar. Pois, entre os meses de outubro e março, D. Pedro partia para Petrópolis considerada, no século XIX, a Versailles brasileira. Nós, porém, fazemos o inverso na atualidade, buscando as praias no calor e as serras no frio. E quando falo nós, refiro-me ao comportamento da galera que, ao vir para Mangaratiba, perturba o modo de vida dos que vivem aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s