6 de dezembro de 2016

Frase do dia

Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental. Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você! (Anônimo)

Complicações à vista

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro é acusado de realizar um julgamento simulado em junho deste ano. No dia 15 daquele mês, enquanto desembargadores ouviam a defesa de acusados de fraudar licitações em Mangaratiba, a polícia executava a prisão dos réus cuja defesa era ouvida. Os mandados teriam sido expedidos pela desembargadora Giselda Leitão Teixeira, relatora do caso. Um dos acusados, por exemplo, foi preso às 17h50 daquele dia, condenado a 17 anos de reclusão, mas o julgamento teria sido encerrado apenas às 18h50. “Isso só pode levar a defesa a desconfiar de que o destino dos acusados já estava selado desde antes do recebimento da denúncia”, afirma um dos advogados do caso, Rodrigo Martins. (Mauricio Lima, revista Veja)

Confundir para conquistar

A estratégia da defesa, que conseguiu engabelar o jornalista, não encontra amparo na realidade jurídica. O juiz, tendo motivos para isso, pode mandar prender o investigado a qualquer momento do processo. O próprio ex-prefeito Capixaba foi preso até mesmo antes da oitiva das testemunhas.

E se fosse aqui?

Os traficantes que controlam a favela do Sapo, que fica em Senador Camará, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, mandaram confeccionar uma faixa com um aviso aos moradores e a ergueram na comunidade. Segundo a coluna Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o recado diz que quem jogar entulho no chão será punido com um tiro em um das mãos. “Lixo no chão. Tiro na mão. Proibido jogar entulhos e móveis no chão”, diz o recado, com uma pequena observação abaixo: “Só é permitido às terças e quintas-feiras à noite”. A razão da exceção, ninguém sabe. A faixa é assinada como “Ordem superior”.lixo-trfE se fosse aqui? II

Ao que parece, terminaremos o ano e o mandato da atual gestão municipal com acúmulo de entulhos nas esquinas. Já há mais de quinze dias não há recolhimento desses materiais. O tal “choque de ordem” que, há alguns meses multou uma moradora por um lixo colocado indevidamente na esquina de sua casa (e que nem era de responsabilidade dela) parece ter desaparecido.wp_20161205_11_52_31_pro1

Fraude ou fantasma?

O ex-secretário de trânsito, Vitor de Carvalho Santos, foi exonerado do cargo bem antes das últimas eleições. No entanto, alguém notou (e divulgou) que uma autorização para um ônibus da empresa União de turismo ingressar em Conceição de Jacareí foi “assinada por ele” com data de primeiro de dezembro de 2016.fraude

A voz das ruas

Depois de ter sido o alvo preferencial das ruas no último domingo, quando protestos espalhados por todo o país exigiram o fim da corrupção e apoiaram as investigações da Operação Lava-Jato, o senador Renan Calheiros enfrenta agora uma perda política simbólica grave, sendo afastado por liminar da presidência do Senado. A Rede entrou nesta segunda-feira com o pedido de afastamento, alegando que já existe uma maioria firmada no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor da tese de que quem é réu não pode fazer parte da linha de sucessão do presidente da República – no caso, os presidentes da Câmara e do Senado e o presidente do STF. O pedido foi aceito pelo ministro Marco Aurélio e veio ao encontro da voz das ruas, impondo mais uma derrota a Renan. A liminar precisará ser ainda referendada pelo plenário do STF. No lugar de Renan, assumirá a Presidência do Senado o petista Jorge Viana. Segundo o Blog do colunista Lauro Jardim, caso o plenário do STF confirme a decisão liminar, Jorge Viana está disposto a convocar imediatamente uma nova eleição para a presidência do Senado. Segundo o petista, diante da instabilidade política por que passa o país, o Senado não pode prescindir de um presidente com total legitimidade. Na decisão de afastar Renan do cargo, o ministro Marco Aurélio explicou que não afastou o senador do mandato, apenas da Presidência do Senado. Renan planejava colocar para votação no plenário amanhã o projeto sobre abuso de autoridade, bastante questionado por juízes e membros do Ministério Público. (Fonte: O Globo)

Anúncios

4 respostas em “6 de dezembro de 2016

  1. A prisão antes da condenação pode ser decretada preventiva ou temporariamente. Ambas estão textualmente previstas em lei. A prisão, no caso relatado na revista Veja, seria a execução provisória da pena APÓS condenação em 2a. Instância. Parece fácil distinguir e entender…

  2. Sr. Lauro! Sou estudante de direito e apaixonado por Direito Penal, com relação a matéria da Revista Veja devo lhe dizer que no caso em questão os réus foram presos por Execução Provisória da Pena por Decisão Condenatória, antes do término do julgamento. Não foi prisão temporária nem preventiva como o senhor sugere. Portanto corretíssima a matéria.

  3. DESMASCARANDO OS FANTASMAS DO GOVERNO DR RUY!!!!!!!!!

    ALGUÉM PODE EXPLICAR COMO UMA PESSOA COMISSIONADA, TRABALHA NA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO E LOTADA NO GABINETE ONDE SEQUER ESTÁ UM ÚNICO DIA DA SEMANA???

    PORTARIA N.º 3002 DE 27 DE OUTUBRO DE 2016.
    O PREFEITO MUNICIPAL DE MANGARATIBA, no uso de suas
    atribuições legais,
    RESOLVE:
    Nomear o(a) Senhor(a) MAYARA RENATA DE SOUZA RODRIGUES,
    para exercer o Cargo de COORDENADOR ESPECIAL DE
    SEGURANÇA, Símbolo CE, do(a) SECRETARIA MUNICIPAL DE
    GABINETE DO PODER EXECUTIVO, com efeito retroativo a partir
    de 03 de outubro de 2016.

    Nome: Mayara Renata de Souza Rodrigues – CANDIDATA NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES NA COLIGAÇÃO PRTB/PV – MAYARA DA COMUNICAÇÃO – 2 VOTOS….ISSO MESMO!!! 2 VOTOS APENAS????

    Idade:27 anos
    Nascimento: 06/01/1989
    Naturalidade:Recife – PE
    Estado Civil: Solteira
    Ocupação: Comunicólogo
    Grau de Instrução: Ensino Médio Completo

  4. Por falar em fantasmas…
    Boa tarde a todos,
    Posso falar da sec. de segurança, como todos já sabem, sou Guarda Municipal.
    Nos meses que antecederam as eleições, houve uma farra de contratações na segurança, foram dezenas de “assessores de segurança”. Muitos dos quais nunca apareceram para cumprir um dia sequer de trabalho.
    E os que tinham um pingo de vergonha na cara (ou menos apadrinhados), tocavam o fo… no serviço, ou chegavam tarde, ou saiam cedo, outros faltavam descaradamente e não sofriam sanções. Vi de tudo um pouco, como efetivo que sou confesso que me senti um estranho em minha própria casa.
    Nós GMs efetivos respondemos ao decreto 504 e 505, basta dar uma folheada para ver que foram feitos para acabar com a vida do Guarda. E os comissionados? Respondem ao que?
    Quem está errado nessa história? O contratado que bagunça geral ou quem abona tais atos?
    Até agora nada de Lei 13022, nada de identidade funcional, nada de plano de cargos e carreiras, não temos nem uma cede própria, é sempre um prédio alugado.
    O contribuinte já deveria estar usufruindo do 153, número de discagem direto com a Guarda.
    Nada de rádios transmissores, para nós GMs, em caso de vida ou morte use seu próprio telefone para pedir socorro.
    Está complicado.
    SOS GM MANGARATIBA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s