04 de novembro de 2016

Frase do dia

Você vê coisas e diz: por quê? Eu sonho coisas que nuca existiram e digo: por quê não? (George Bernard Shaw)

Responsabilidade social

Para todos os que se depararem com a situação apresentada a respeito de jovens adultos que têm a esperança de avançar nos estudos, um leitor do blog encaminhou, via área de comentários, uma boa possibilidade de curso preparatório logo ali em Itaguaí. Informa o comentarista: “o estado do Rio de Janeiro tem um sistema de estudo para os que querem recuperar o tempo perdido nos estudo chamado ceja que funciona o ano todo com professores para auxilio,e com cartão para passagens gratuita para os estudantes, isso para primeiro e segundo grau, o local mais próximo deste município funciona em Itaguaí, na rua Elvira Ciuffo Cicaranos /n Vila Margarida, através da Fundação Cecierj.”

Choque de ordem

A respeito das churrasqueiras nas praias e ilhas, comenta outro leitor do blog; “A verdade é que desde que os comissionados ficaram proibidos de usar o uniforme por causa da lei 13.022. O choque de ordem acabou, porque além de perderem a autoridade fiscalizadora, perderam a eleição e com isso estão pouco se lixando para a desordem no município. Por isso a luta para que se cumpra a lei e se tenha somente efetivos, porque independente do governo, estarão sempre em suas funções. O choque de ordem por estar sem identificação, é comum vê-los postando fotos fazendo churrasco nas ilhas ( proibido por lei), em bares na orla . Ou seja, livres para fazer e ir onde quiserem . Só pra lembrar que as viaturas continuam com eles  usurpação da função pública) viatura essas que eram para estarem com os efetivos em patrulhamento, mas vão para só Deus sabe onde. Lei 13022/14

O poder que pode

Dizia o falecido general Golbery do Couto e Silva, a grande “eminência parda” do regime militar e que chegou a ser chamado pelo cineasta Glauber Rocha (adversário do regime) de “gênio da raça”: “triste do poder que não pode”. Pois, o primeiro round do embate entre o senador Renan Calheiros e o STF demonstrou o que pode um poder. Investigado pelo supremo há quase dez anos por conta de processos envolvendo amante sustentada por empreiteira, o senador, que vinha “empurrando o processo com a barriga”, deu de cara com a presidência da ministra Carmen Lúcia. No primeiro momento, ele tentou criar uma crise institucional chamando um membro do judiciário de “juizeco”.  A presidente do STF colocou em pauta a possível decisão sobre se quem for réu pode integrar a linha de sucessão presidencial (Renan é o segundo na linha). A maioria dos ministros entendeu que não pode. No entanto, “aos 45 do segundo tempo”, o ministro Dias Toffoli pediu “vistas”, o que paralisa o andamento processual por prazo indefinido.

Anúncios

2 respostas em “04 de novembro de 2016

  1. LAURO DE ITACURUÇÁ VENHO AQUI DENUNCIAR UMA PALHAÇADA QUE TA ACONTECENDO! A PREFEITURA APESAR DE TA COM O FINANCEIRO EM DIA TA NEGANDO FERIAS AOS SERVIDORES E A DESCULPA DELES E QUE NAO TEM DINHEIRO PARA PAGAR MAS MISTERIOSAMENTE SO TA SENDO APROVADO FERIAS PARA QUEM TRABALHOU PARA O DR RUIM NAS ELEIÇÕES, APENAS SERVIDORES QUE O APOIOU DURANTE A CAMPANHA. MESMO DEPOIS DAS ELEIÇÕES AINDA FAZENDO COVARDIAS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s