13 de outubro de 2016

Frase do dia

Educação não é o quanto você tem guardado na memória, nem mesmo o quanto você sabe. É, sim, a capacidade de diferenciar entre o que você sabe e o que você não sabe. (Anatole France)

Cabo eleitoral, água

Um especialista em Engenharia Ambiental e saneamento que trabalha com bioquímica na UFRJ Nupem. Informa ao blog que houve uma grande falta de disponibilidade hídrica devido ao stress hídrico estrutural e a falta CRHIR 16, que dá condições de monitoramento das sub bacias tanto na vazão como na qualidade a partir de testemunho de solo percolado. O Rio do saco sustenta 70% do município e o restante da população vive de solução alternativa coletiva. É necessário se criar um plano de recursos hídricos no município a partir do plano diretor e uma secretaria de saneamento e recursos hídricos, para dialogar com estado, meio ambiente e saúde, a partir de resoluções NR, Recorrência, e portaria criando um modelo de multicritério. (Fausto Luiz de Oliveira, especialista em Engenharia Ambiental e saneamento)

Para entender

Percolação é um termo de geotecnia que trata do movimento das águas sob o solo.  A água na terra move-se lentamente sem parar, como uma série de filetes.

Custava jogar limpo?

Durante meses, a atual gestão municipal usou e abusou de diversas justificativas para atribuir a outrem a falta de água no primeiro distrito. Chegaram, inclusive, a atribuir o fato a alguma “manobra” do ex(quase) candidato, deputado Pedro Augusto. Teria sido muito mais simples e direto (e sem traumas políticos) divulgar uma posição especializada a respeito do tema.

Daqui a 80 dias

Rola por aí uma “fofoca” de que um dos perdedores das últimas eleições para a prefeitura de Mangaratiba vai se mudar a partir de janeiro. Irá morar no Canadá. Vai daí que quem “embarcou na canoa dele” vai ficar no meio do mar, e sem bóia.

Desgovernado

Num dia, o prédio principal da prefeitura de Mangaratiba ficou sem energia elétrica por falta de pagamento da conta. No dia seguinte (ontem) o Hospital Municipal São Francisco Xavier, o único do município, ficou sem atender pacientes por conta de falta de água.itaguai-agua

Cana dura

É grave a situação do ex-presidente Lula, denunciado pelo Ministério Público Federal em ações decorrentes de três investigações distintas. As acusações contra ele, somadas, preveem penas de até 56 anos de cadeia. Ele já foi indiciado por crime de obstrução da Justiça, na Lava Jato, corrupção passiva no caso do tríplex no Guarujá. O terceiro caso é de corrupção e lavagem em contratos da Odebrecht em Angola. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Lula é acusado de corrupção, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, quadrilha, enriquecimento ilícito, exploração de prestígio e obstrução. Somadas, as penas podem exceder meio século de cadeia, mas há agravantes no Código Penal que podem elevar o tempo para 62 anos. No caso do tráfico internacional de influência, Lula será julgado pela Justiça Federal do DF. O caso do tríplex, pelo juiz-herói Sérgio Moro. As penas pelos crimes dos quais Lula é acusado também preveem multas e até o confisco de bens, a depender do juiz e da sentença. (Fonte: Diário do poder)

Anúncios

3 respostas em “13 de outubro de 2016

  1. Laurusss…Sinceramente meu caro!!Assim como ele, seu vice, seu Secretario, a famosa blogueira, sua esposa secretaria, sogro e tantos outros, poderiam sumir em definitivo de Mangaratiba.Mais antes aida poderiam levar uma pencade Itacuruca, q nada fizeram para Mangaratiba.
    Vereador da Ilha, Adv verdureiro, e mais um mundo de gente q nao serve nem acrecenta em nada no crescimento de Itacuruca e Mangaratiba.

  2. Cabo eleitoral, água.
    Pelo o que eu pude não entender não foi só falta d´água,foi muito mais grave.
    Estou muito impressionado com o”testemunho de solo per colado”.
    Seja lá o que isto for,deve ser gravíssimo…

  3. Com toda vênia, caro Prof. Lauro. Sobre a falta d´água. Realmente um dos problemas foi a estiagem. Ao longo da campanha, fui a Serra do Piloto e deu para constatar a grande estiagem que se abateu em nosso município, contudo acredito que o problema a falta d´água foi a junção de alguns fatores: estiagem, sabotagem e falta de manutenção preventiva. Isto porque foram achadas pedras e raízes nas tubulações o que impossibilitava o fluxo da pouca água que ainda tinha nos reservatórios. Defendendo a administração, houve sim sabotagem, se feita por candidato ou pelo governo estadual isso nunca saberemos. O certo é que a cedae é uma péssima empresa com péssimo serviço e devia fazer a manutenção dos nossos recursos hídricos. Outra coisa. O Ribeirão das Lages, que abastece a Capital, tem tubulações que se conectam aos nossos reservatórios, contudo a Cedae tem que pagar por essa água à Light (outra empresa de primeira)… por isso ficamos sem água, dependendo única e exclusivamente de São Pedro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s