11 de outubro de 2016

Frase do dia

O passado é uma missão para se meditar, não para se reproduzir. (Mário de Andrade)

De volta à insegurança

Relato de um morador através da área de comentários. “Na ultima sexta 07/10/2016, estava descendo a RJ-14 sentido Itacuruçá para trabalhar como de costume às 06:30 da manhã. Logo após o Axixa, entrou em frente ao meu carro um homem desesperado pedindo socorro. Num primeiro instante, pensei que alguém estava passando mal, só que não. Ele tinha acabado de ser assaltado. Colocaram a pistola na cara dele e levaram seu carro com a sacola de pão, a carteira e o celular. Eu o conhecia de vista e vi que era morador e o levei ao DPO. Chegando lá, nós acordamos o PM que estava de plantão, esses vagabundos sabem o que fazem. Eles também sabiam que não tinha segurança na localidade. O índice de roubo só está aumentando na cidade. Na semana passada, dois dias antes desse incidente, roubaram a moto e o celular de um amigo do meu filho na RJ-14. Enfim esse senhor  que foi roubado teve um final feliz, pois o seu carro tinha segredo e foi abandonado em frente ao Mercado Vitória, com tudo dentro.” (Elandro Oliveira)

Ecos da campanha

Moradores que não tiveram a prudência de esvaziar suas caixas de correio logo após as eleições, estão descobrindo que, inadvertidamente, acabaram jogando fora contas de consumo e correspondências importantes que estavam atoladas no meio dos “santinhos”,que nem foram lidos.

Prorrogação

Seguindo o prazo recursal, o Ministério Público Eleitoral interpôs Recurso Especial (Protocolo: 249.116/2016 de 07/10/2016) junto ao Tribunal Superior Eleitoral questionando a candidatura do ex-prefeito Aarão De Moura Brito Neto. Com isso, o feito seguirá para Brasília onde, conforme prometeu o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, deverá ser julgado antes do dia 19 de outubro vindouro. Na côrte superior não há como se prever prazo para julgamento, vez que afluem para lá todos os recursos especiais oriundos de todo o país.

Prorrogação II

A subida dos recursos ao Tribunal Superior Eleitoral não tem o propósito de qualquer tipo de reexame dos fatos específicos desse ou daquele processo mas, sim, para unificar, normatizar e pacificar a jurisprudência a respeito de situações similares. Um exemplo é o caso do candidato a prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto Carvalho, que teve sua candidatura indeferida por conta de irregularidades nas eleições de 2008 que lhe renderam, em primeira instância, inelegibilidade de três anos mas que, com o advento da lei 135/10, foi estendida para oito anos a contar do final do mandato que cumpriria. No mesmo caso se encontra o candidato a prefeito de Conceição de Macabu,Claudio Linhares, que teve sua candidatura indeferida no TRE no dia de ontem pelos mesmos motivos. Situações exatamente iguais à do ex-prefeito de Mangaratiba Aarão. Assim sendo, o que acontecer com um candidato, deve acontecer com os outros.

Deu ruim

O ex-prefeito cassado de Itaguaí, Luciano Mota, após tentar tumultuar o processo eleitoral “inventando” uma candidatura sem sequer dispor de filiação partidária, teve julgado ontem pelo TRE seu recurso denominado “embargos de declaração” no qual teve seu registro indeferido e, mais ainda, em que foi condenado por litigância de má-fé.

E o município?

Em 2004, um dos candidatos à prefeitura de Mangaratiba era o Dr. Niltinho. Nos meses anteriores à campanha todos os distritos viviam permanentemente “invadidos” por legiões de garis. Não sobrava, literalmente, um papel de bala nas ruas. Passado o dia das eleições, tendo vencido o outro candidato, o ex-prefeito Aarão, os garis sumiram. Junto com eles, aos poucos, os caminhões de coleta de lixo também desapareceram. No final de dezembro daquele ano, montanhas de lixo se acumulavam em vários pontos do município. No dia primeiro de janeiro de 2005, dia da posse do prefeito então eleito e apesar de ser feriado, caminhões e garis cruzaram o município recolhendo todo o lixo acumulado nos meses anteriores sob intensas palmas dos moradores.

E o município II?

Qual situação nos reserva esse final de ano? A equipe do atual prefeito cumprirá, de cabeça erguida, os pouco mais de oitenta dias que faltam para o término do mandato ou entraremos em período de “falta de tudo”?

Anúncios

3 respostas em “11 de outubro de 2016

  1. Inocente.hehehe
    A 20 dias atras para se falar com esposa e o proprio Prefeito era quase uma missao imposivel.
    Hj a Prefeitura esta as moscas, não bemos mais ninguem do primeiro e sehundo escalao.rsA esposa do Prefeito antes tão doficilnde ssr vista e nunca podendo sequer dar atencao aos seus subordinados agora é vista na Praça sem nenhuma preucupacao em ser incomodada.Me fez lembrar o sobrinho do ex prefeito cassado!Antes o rapaz era disputado na rua por varias pessoas, ele nunca sequer parava para dar atencao a nonguem.Os eleitores tinham q ir andando e falando atras dele..Agora ninguem mais quer nada com ele muito menos menos conversa.Vejamos pelo resultado da eleicao.hehehbe..Produto do Tio, mais q nao vingou! Nao tinha brilho proprio..Assim ezta sendo Ruy, e toda sua tropa..
    Mangaratiba nao esta sendo abandonada!Ja foi a muito tempo.

  2. Tem uma blogueira no Municipio q ficara novamente na berlinda.Pra quem sera q ela vai escrever seus lindos textos agora.hehehheheheh

  3. Quanto a observação que vc faz á respeito de honrarem com os serviços e politicas publicas municipais nos próximos quase 80 dias, já não está acontecendo. Pois eu mesmo ontem postei em minha rede social (Facebook) sobre a falta de manutenção com a iluminação da Orla da Praia do Saco.
    Uma escuridão absurda, que pode inclusive deixar vulnerável a população que utiliza como passagem a Orla, em possíveis casos de assalto ou violências

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s