02 de setembro de 2016

Frase do dia

Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos, quero ver brotar o perdão onde a gente plantou. (Sol de primavera – Beto Guedes)

Hora da verdade

Desde a noite de quarta-feira, mais de cem candidatos à vereança tiveram seus pedidos de registro de candidatura deferidos pelo juiz eleitoral. Outra parcela, ainda maior, continua aguardando o julgamento. Há o registro de pelo menos três que renunciaram. Os casos mais complicados foram enviados ao ministério público.

Hora da verdade II

Para as candidaturas a prefeito do Dr. Ruy e do ex-prefeito Aarão, que receberam pedidos de impugnação, foi concedido prazo de cinco dias para a apresentação de manifestação por parte das defesas e do ministério público. A partir da próxima terça-feira vai chegar, finalmente, “a hora de a onça beber água”.

Notificação

No último dia 23 de agosto de 2016, há pouco mais de uma semana, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, através do promotor Alexander Veras Vieira, o mesmo que enfrentou a quadrilha formada no governo Capixaba e que resultou em sua condenação a cinquenta e dois anos de prisão, notificou o atual prefeito do município, Dr. Ruy Quintanilha e o presidente da câmara municipal, vereador Vitor Tenório para que providenciem, imediatamente, a exoneração de diversas pessoas.

Segue

Na visão do MPERJ, restou evidenciado que os poderes legislativo e executivo do município de Mangaratiba desrespeitaram o entendimento do STF no que se refere às nomeações de parentes para ocupação de cargos públicos e, por conta disso, resultaram em procedimentos investigatórios. Entre os apontados como ocupantes irregulares de cargos públicos, estão alguns sobrenomes conhecidos  da população, como “Freijanes”,  “Bondim”, “Cabral”, “Jordão” “de Pinho”, “Graçano”, “Tenório”,  entre outros.

A determinação

A resolução da promotoria de tutela coletiva recomendou que a câmara municipal e a prefeitura, no prazo de quinze dias, efetuem a exoneração de todos os ocupantes de cargos comissionados que detenham relação de parentesco em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com as autoridades públicas municipais, sob pena de caracterização de improbidade administrativa.

A vida continua

Por causa da campanha eleitoral, diversos moradores reclamam que alguns serviços públicos estão paralisados, sem continuidade. O síndico de um edifício situado na esquina das ruas evelina e Orlandina, em Itacuruçá, procurou o blog para reclamar que há mais de um ano tenta, junto à prefeitura, solucionar o entupimento da rede de esgoto que serve ao conjunto residencial. À época, o então secretário da pasta esteve no local e reconheceu a existência de várias manilhas quebradas na rua e que providências seriam tomadas. O dito secretário afastou-se do cargo para concorrer à vereança municipal. Seu substituto, no entanto, alega que o problema não é da prefeitura e, portanto, não toma qualquer providência. As fotos, a seguir, mostram pontos em que há afundamento do piso, indicando manilhas quebradas e a água esverdeada minando na sarjeta. Os moradores já pedem que o prefeito paralise sua campanha por algumas horas e venha ao local constatar o fato.aOrlandina

A propósito

Alguém precisa avisar ao responsável pela instalação de novos pontos de ônibus que não basta cravar quatro postes e erguer um telhado para resolver o problema de abrigamento de quem espera um transporte público. É preciso pensar, também, onde esse ponto será instalado. O da imagem a seguir está sendo instalado na rua Evelina. O problema é que, do jeito que está sendo construído, ocupando toda a calçada, pessoas com dificuldades de locomoção, mães empurrando carrinhos de bebês e quetais, terão de transitar pelo leito da via, correndo riscos.Ponto de ônibus

Bem colocado

Gostaria de fazer um questionamento para todos os candidatos de Mangaratiba (Prefeito e Vereadores) crendo que poucos “candidatos” pensaram ou se importarão com o tema. Vejo muita campanha em torno do básico, básico este, que já deveria estar implícito em sua campanha, pois é uma obrigação da administração publica fomentar a saúde, educação e infra estrutura básica, dirimindo a necessidade de fazê-la. Agora pergunto, e as propostas de fomento aos empresários (MEI, ME, EPP) do Município de Mangaratiba, o que se fará para fortalecer estes empresários, pois estes pagam uma pesada carga tributária e geram riqueza para o município, além de emprego e renda para os moradores na forma de vagas de trabalho. Estes sim deveriam ter a atenção, pois se não todos se voltarão para um sistema politico assistencialista que tem na prefeitura a sua unica fonte de receita, tornando-o viciado em um ciclo que se repete de 4 em 4 anos para garantir o seu quinhão. Qual é a proposta pra fomento do empreendedorismo já que Mangaratiba tem um alto numero de Microempreendedores individuais?  (Thiago Ruivo Fernandes)

Anúncios

Uma resposta em “02 de setembro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s