15 de agosto de 2016

Frase do dia

As pessoas se dividem em dois grupos: as que seguem em frente e fazem alguma coisa e as que vão atrás criticando. (Sêneca)

Campanha

Começa amanhã a campanha eleitortal oficial. A legislação eleitoral está bem mais rígida do que na eleição de 2012. Passam a ser permitidas caminhadas, carreatas, distribuição de material gráfico, etc. Carros de som devem invadir as ruas com seus indefectíveis “jingles”. Nas conversas informais, diz-se que agregar o automóvel à campanha de algum candidato pode render até quatro mil reais por mês, mais a gasolina. A questão, nesse aspecto, é quem vai pagar a conta? Já que estão proibidas doações de empresas e o famoso “caixa 2” pode gerar impugnação da candidatura.

Campanha II

Alguns candidatos estão apresentando o protocolo de entrada no pedido de registro da candidatura como “salvo conduto” para afirmar que estão liberador para disputar as eleições. Esquecem de dizer que todos os pedidos registrados na justiça eleitoral estão na condição de “aguardando julgamento”.

Campanha III

Na disputa pela vereança em Mangaratiba, uma candidata se destaca entre os que já requereram registro de candidatura, a servidora municipal e “personagem” das ruas do município Sônia Catiço. Apesar de ter tido participação ativa nos protestos contra a administração Capixaba, suas chances de conseguir a vaga estão muito mais ligadas a um possível “efeito Tiririca”, dos votos de protesto.

Legado olímpico

Uma mãe, que levou seus filhos pré-adolescentes para assistir a diversas disputas esportivas na Rio 2016, assegura que o melhor resultado de seus esforços foi levar seus meninos a descobrir que existem vários outros esportes, além do futebol. Comentando o assunto, uma moradora de Itacuruçá lembrou que, nas escolas públicas e muitas particulares, já não mais existem programas de iniciação esportiva capazes de apresentar à criançada outras opções, além do futebol, voley e handebol.

Muy amigo

Nas alegações finais apresentadas anteontem por sua defesa ao juiz Sérgio Moro, o pecuarista José Carlos Bumlai afirma ter sido o “trouxa perfeito do PT” para viabilizar o empréstimo de R$ 12 milhões que captou no Banco Schahin, em outubro de 2004. O dinheiro, segundo o próprio pecuarista, foi destinado ao PT. Segundo a Lava Jato, em troca da operação financeira, o Grupo Schahin foi favorecido por um contrato de US$ 1,6 bilhão sem licitação com a Petrobrás, em 2009, para operar o navio sonda Vitória 10.000. As alegações finais foram apresentadas na ação penal em que Bumlai é réu por corrupção, lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta de instituição financeira. A defesa do pecuarista diz que ele “sabe ter cometido um grave equívoco, que redundou na acusação, tem consciência de seus atos e de muitos deles se arrepende” (Fonte: Revista Veja)

Anúncios

2 respostas em “15 de agosto de 2016

  1. Não fez nada pela educação, pela saúde reformou o hospital que já tá cheio d problemas com obra superfaturada, nada fez pela segurança e pelos efetivos da guarda municipal, não convoca aprovados do concurso público e etc! Porque continuar com o que está “RUYM”?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s