22 de julho de 2016

Frase do dia

Não conte os seus problemas às pessoas. Metade não acredita. A outra metade não se importa. (Samuel Colt )

Sem férias

Como previsto, devido ao atraso no início do ano letivo e diante da obrigação legal de carga anual de duzentos dias de aulas, os alunos da rede municipal de ensino não terão férias neste mês de julho. Os que não estão nada satisfeitos com isso, além dos alunos, é claro, são as famílias. Há pais que programam suas férias do trabalho para a mesma época dos filhos e, como nas empresas nem sempre é possível mudar o mês de férias, também acabaram “ficando de castigo”.

Empurrãozinho

Uma leve “cutucada” da justiça fez com que a prefeitura retomasse a convocação dos aprovados no último concurso público para tomarem posse em seus cargos. Já houve chamada para a Guarda Municipal e para a educação, especialmente professores.

Intempestivo

Decisão da desembargadora Gizelda Leitão negou ao município de Mangaratiba participar como embargante do processo do ex-prefeito Capixaba. Diz a decisão: “Trata-se de embargos de declaração opostos pelo Município de Mangaratiba, onde é alegado o vício de OMISSÃO no acórdão proferida na ação penal originária nº 0018465- 33.2015.8.19.0000, em que figuram, dentre outros, como réus os servidores daquele município de nomes: Luiz Carlos de Oliveira, Helton Jorge Braga; Daniele dos Santos Coellar; Yasmim de Oliveira Conceição e Eli Vieira Peixoto. Referidos servidores restaram condenados. Ocorre que o exame dos autos informa que o Município de Mangaratiba não pleiteou seu ingresso nos autos como assistente de acusação. Daí, d.v., carece de legitimidade para oposição dos declaratórios.”

Curiosidade

É rodeada de amigos e familiares que vive, no Norte do Paraná, a idosa que quer provar que é a de mulher mais velha do mundo. Aos 120 anos, dona Jesuína dos Santos Cardoso mora no distrito de Porto União, no município de Rio Branco do Ivaí, a 300 quilômetros de Curitiba. O impulso para entrar no livro dos recordes veio de um dissabor enfrentado pela dona Jesuína: ela teve a aposentadoria cancelada porque o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) achou que era impossível uma pessoa estar viva com aquela idade. Ela precisou viajar centenas de quilômetros para provar que estava viva e continuar recebendo o benefício. A neta Dalíria Amaral de Siqueira Franco, 53, relata que a família desconfiava, mas imaginava ser difícil comprovar que dona Jesuína é a mais idosa do mundo. Isso só foi mudar por causa da aposentadoria cancelada. “Pediram para comprovar que ela estava viva, que não era fraude. O posto do INSS mais próximo é em Apucarana, a quase 200 quilômetros daqui. Tivemos que viajar com ela até lá”, diz. Depois que os funcionários do INSS viram dona Jesuína no carro, não só reativaram seu benefício, como incentivaram Dalíria a ir em busca do título para a idosa. Um vereador, amigo da família, é quem está lidando com a documentação da moradora junto ao Guinness Book, o livro dos recordes. A data de nascimento trazida no registro da idosa é 30 de janeiro de 1896.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s