30 de junho de 2016

Frase do dia

Viva o hoje, porque o ontem já passou e o amanhã talvez nem chegue. (Antoine de Saint Exupéry)

Updating

Aquela mãe grávida, que o blog noticiou há dias ter sido mandada de volta para casa com a recomendação de tom ar remédios para “segurar” a hora do parto, finalmente teve seu bebê no dia de ontem. Mãe e criança passam bem, lá no hospital de Acari, bem longe de Mangaratiba.

Morto a facadas

As versões foram muitas. O fato é que o morador de Itacuruçá conhecido como “Lito”, foi morto a facadas na noite de terça para quarta-feira. De acordo com as primeiras informações, seus algozes, que já estão foragidos, foram dois irmãos, seus vizinhos, e o pai deles. Os primeiros indícios também apontam para problemas relacionados a drogas.

Em dobro

No correr do dia de ontem circularam informações de ter havido um segundo homicídio em Itacuruçá, dessa vez na Vila Benedita. Nas apurações levadas a efeito pelo blog, ao que parece, a vitima, dada inicialmente como um trabalhador do distrito que divide seu tempo entre a Locanty, e a venda de doces caseiros em um carrinho de mão. Não era ele. Seu encarregado conseguiu localizá-lo, de férias, e confirmou que ele voltará ao trabalho amanhã.

Guerra aberta

Convocação via redes sociais: “Eu, Vitinho convoco os servidores públicos municipais e seus dependentes (filhos e cônjuges) a comparecerem à sessão ordinária da câmara municipal de Mangaratiba, dia 30/06/2016, às 14h30min, para assistirem a votação de emenda à Lei Orgânica Municipal, proposta pela mesa diretora, já aprovada por unanimidade em primeira votação, aguardando a segunda votação. Assunto: manutenção de direito dos servidores e ampliação de direito aos inativos e pensionistas. Venham lutar pelos seus direitos.” (Vereador Vitor Tenório em rede social)

Guerra aberta II (O outro lado)

Qual objetivo de se emendar a Lei Orgânica do município, em ano eleitoral, em que não foi pedido o impacto orçamentário, que onera o próximo mandatário em sua administração, que fere a LRF, que rasga a Lei eleitoral, que com toda certeza será objeto de ação de improbidade administrativa, que mais uma vez USA o servidor como no passado, estabelecendo a tentativa de estelionato eleitoral, que mesmo se todas as premissas não existissem, ainda assim, seria absurdamente leviana, pois o país, está em crise financeira, onde o ajuste fiscal afetará áreas do serviço público de forma contundente, sendo mais uma vez educação e saúde as que mais sofrerão? Leviandade que usa a boa fé, leviandade que sabe que tal ação faria com que muitos fossem exonerados, leviandade que sabe que o impacto orçamentário ultrapassaria os limites permitidos para despesas com pessoal, leviandade que sabe que mais uma vez a educação não seria beneficiada, quando precisamos atender metas do PNE e PME, quando precisamos rever o piso de categoria dos professores! Quero crer que foi somente ignorância,  pois se pensar em outra coisa, talvez pensasse que defecam e andam para a população! (Leila Castro, via facebook)

Sinuca de bico

Sem entrar no mérito da legalidade ou legitimidade do assunto a ser posto em pauta no dia de hoje, a primeira análise sugere que se trata de uma bela “armadilha política” contra o prefeito Dr. Ruy pois, se aprovadas as medidas, ele ficará com o ônus de não sancionar tais mudanças, e perderá muitos votos por conta disso. Se sancionar, incorrerá em violação a dispositivos da legislação eleitoral, que proíbe aumentos ou concessão de vantagens em período eleitoral.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s