03 de junho de 2016

Frase do dia

São raros os homens que sabem tolerar nos outros os defeitos que eles próprios têm. (Arturo Graf)

Caso Capixaba

De acordo com informações recebidas, terminou a fase de instrução do processo que envolve o ex-prefeito Capixaba e outras quarenta e três pessoas. A relatora, desembargadora Giselda Leitão já teria produzido seu relatório que foi encaminhado ao desembargador revisor para apreciação no último dia 31 de maio. É bem provável que a sessão de julgamento final seja marcada para a próxima semana.

Jogo sujo

A pré-temporada eleitoral em Mangaratiba, até mesmo por conta da forte penetração das redes sociais, parece estar voltando no tempo. Primeiro, foi o “factóide” atirado contra o vereador Alan Bombeiro. Agora, tentam atingir o deputado Pedro Augusto e, de quebra, o ex-prefeito Aarão com a divulgação de uma mensagem nitidamente montada em photoshop com a imagem do deputado ao lado da frase: “Servidor público contratado, pra mim, é tudo vagabundo. Pergunta para o pessoal do Aarão, eles pensam igual a mim.”. Uma visita à página do deputado não mostra essa mensagem como tendo sido oriunda dele, nem de seus seguidores, o que indica ter sido montada.

A propósito

Porque será ela e não ele? Quando um candidato é ficha suja? A alínea ‘g’ é a que tem originado o maior número de registros de candidaturas negados. Ela afirma que são inelegíveis para as eleições dos próximos oito anos, contados a partir da decisão, aqueles que tiverem suas contas de exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável por ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário. Ficam inelegíveis os condenados, em decisão transitada em julgado ou de órgão colegiado da Justiça Eleitoral, por corrupção eleitoral, compra de votos, por doação, arrecadação ou gastos ilícitos de recursos de campanha ou por conduta vedada aos agentes públicos em campanhas eleitorais que impliquem cassação do registro ou do diploma. Também ficam inelegíveis, pelo mesmo prazo de oito anos, quem tenha contra si representação julgada procedente pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou dada por órgão colegiado, em processo sobre abuso de poder econômico ou político. (Fonte: TSE)

Pode baixar

O novo Presidente da Petrobrás, Pedro Parente, acaba de anunciar que o governo não vai mais interferir nas decisões da estatal sobre o preço dos combustíveis no Brasil. Parente disse que essa foi a orientação do senhor Presidente Michel Temer quando o convidou. Assim, a política de preços dos combustíveis mantidoa artificialmente altos no Brasil enquanto o preço do petróleo  caía quase setenta por cento, pode mudar em favor dos consumidores.

Enquanto se discute o estupro

A cientista brasileira Thaisa Storchi Bergmann, professora em Porto Alegre e especialista nas áreas de física e astronomia, está entre as vencedoras do prêmio L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência. A láurea é um reconhecimento a mulheres que têm destaque no meio científico e que contribuíram para o avanço em pesquisas. Thaissa possui doutorado em física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fez pós-doutorado na Universidade de Maryland e no Instituto do Telescópio Espacial. Atualmente ela é professora associada do Instituto de Física da UFRGS e chefia o departamento de Astronomia e Grupo de Pesquisa em Astrofísica. Sua área de pesquisa é em astrofísica extragaláctica, com foco nos processos de alimentação e feedback de buracos negros supermassivos em galáxias. Segundo informações da Rádio ONU (Organização das Nações Unidas), além da brasileira, mulheres cientistas que trabalham no Canadá, China, Marrocos e Reino Unido também receberão o prêmio. Segundo a Unesco, ainda é preciso avanços para alcançar equilíbrio de gênero na ciência. Apenas 30% dos pesquisadores no mundo são mulheres. A agência da ONU anunciou que 2015 é o Ano Internacional da Luz e das Tecnologias baseadas em Luzes. Segundo a Unesco, esse ano celebra a ciência e o conhecimento em todo o mundo.

Roubando de pobre

Mais de 500 mil funcionários públicos receberam indevidamente o Bolsa Família. Essa fraude, descoberta pelo Ministério Público Federal já soma mais de R$ 2,5 bilhões. Os casos se multiplicam pelo país. Gente que não tem direito ao benefício tirando a vez de quem precisa, porque tem importância o benefício também. O Ministério Público cobrou uma fiscalização rigorosa. Essa não foi uma investigação superficial e levou em conta o cruzamento de dados da Receita Federal, de Tribunais de Contas, do TSE e do Ministério do Desenvolvimento Social, que é responsável pelo Bolsa Família. O programa pagou mais de R$ 2,5 bilhões entre 2013 e 2014 a quem não tinha direito. O valor corresponde a 4,5% do total pago pelo programa no período. Os municípios onde há mais casos suspeitos de fraude são Salvador, Brasília, João Pessoa, Manaus e Recife. No detalhamento da investigação, o Ministério Público, ao cruzar dados da Receita Federal, dos Tribunais de Contas dos estados, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e do Tribunal Superior Eleitoral, concluiu que os pagamentos onde há suspeita de fraude foram feitos a mais de 584 mil servidores públicos, 318 mil eram empresários, 89 mil recebiam a bolsa de R$ 160, mas tinham feito doação para candidatos que disputaram campanhas eleitorais, e 49 mil beneficiários estavam mortos. (Fonte: G1)

Anúncios

Uma resposta em “03 de junho de 2016

  1. E com isso Mangaratiba continua provinciana e atrasada na política.
    E pior de tudo, população ainda acreditando em falsas ilusões passadas.
    Árvore envenenada da frutos envenenados.
    Não esqueçam!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s