18 de maio de 2016

Frase do dia

As leis que não protegem nossos adversários não podem proteger-nos. (Rui Barbosa)

No limite da paciência

Relato de uma moradora que já se diz a ponto de invadir o gabinete do prefeito em busca de respostas. “Você já viu alguém surtado com ataque de fúria? Pois quem vai ter de novo ataque de fúria sou eu. A lenga-lenga da prefeitura continua. Fui marcar van para paciente idoso, com câncer, para o dia 24 de maio. Fui informado que teria vaga sim, mas não teria van porque o motorista dos dias pares está com pneumonia. O interessante é que acabei de conversar com minha vizinha que está marcada para o dia 24 às seis horas da manhã em frente à igreja de Santana para fazer exame de ouvido num hospital no RJ. Pelo visto, ninguém ligou avisado a ela que não vai ter van no dia 24 de maio. Se ela confirmar que vão vir pega-la dia 24, eu vou ter um ataque de fúria. Afinal não sou parente de barata para ter que ficar parada esperando me esmagar. Se for confirmado eu vou lá no secretário, que nem sem quem é.” (Glória Alzira Pereira, de Itacuruçá)

Quem diria!

Na gestão anterior, quando a maioria dos vereadores se curvava aos desígnios do ex-prefeito Capixaba, sempre votava contra qualquer proposição oriunda dos vereadores de oposição, mesmo que o interesse último fosse o da população. Pois, agora, o prefeito Dr. Rui Quintanilha “colocou uma azeitona” na empada do seu adversário direto, o vereador Alan Bombeiro e este, em contrapartida, também “colocou uma azeitona” na empada do prefeito. O primeiro, não interferindo no andamento e aprovação de duas propostas do vereador. O segundo, tornando público que suas propostas foram apreciadas e aprovadas na casa legislativa e sancionadas pelo prefeito, sem qualquer tipo de bloqueio de caráter político.

O fato

Comunicado do vereador Alan Costa (Alan bombeiro) publicado em sua página de rede social. “Em 27 de abril foram publicadas no Diário Oficial do Município duas leis de minha autoria que visam melhorar a segurança da população de Mangaratiba. A primeira, previne acidentes ao obrigar as empresas de fornecimento de energia elétrica, telefonia e afins a retirar dos postes o excedente de fiação sem utilidade, após a instalação ou reparação dos serviços. A segunda, autoriza o Poder Executivo a reforçar o sistema de segurança de Mangaratiba instalando câmeras de segurança nos logradouros públicos com maior incidência de ocorrências policiais e infrações de trânsito. Tais câmeras serão dia e noite monitoradas pela guarda municipal, assim como pelas corporações de polícia militar e civil.” (Vereador Alan Costa)

Utilidade pública

Bandas, grupos musicais e DJs de Mangaratiba podem se cadastrar na Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer para participar de futuros eventos. O objetivo da Prefeitura é valorizar a produção artística da cidade e, para isto, a ideia é inserir estes artistas na programação de shows e eventos do calendário turístico. Para se cadastrar, basta comparecer à secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Avenida Célio Lopes, s/nº – em frente ao DPO) com identidade, CPF e comprovante de residência. Não há prazo para o encerramento dos cadastros. (Fonte: PMM)

Utilidade pública II

A Secretaria de Educação e Cultura de Mangaratiba realiza, até o dia 20 de maio, o recadastramento de todos os beneficiários que já possuem o passe universitário. O passe garante transporte gratuito aos moradores do município que cursam faculdades fora da cidade. Após a data-limite, os usuários só poderão embarcar nos veículos com suas carteirinhas carimbadas. A secretaria alerta que a medida não é a abertura de inscrição para novos passes, e sim para os que já utilizam o serviço. O objetivo é a regularização dos dias em que o usuário usa o transporte e as possíveis desistências que aconteceram desde o mês de janeiro. Para fazer o recadastramento os universitários devem se dirigir ao Departamento de Transporte Escolar e Universitário até o prazo final (dia 20), das 8h30 às 15h30. Os alunos devem preencher a ficha cadastral com nome completo, data de nascimento, endereço, telefone, e-mail, instituição de ensino, período, itinerário e os dias da semana que utiliza o transporte.  Se o aluno não puder comparecer, pode enviar um representante desde que esteja com a ficha devidamente preenchida. (Fonte: PMM)

Nem tão inteligente assim

A Polícia Civil estourou, ontem, um depósito de material escolar que foi desviado da Prefeitura de Itaguaí. No galpão foram encontrados cadernos, pastas, canetas, uniformes numa quantidade que daria para abastecer a rede municipal, com mais de 20 mil alunos, durante um ano. A Prefeitura soube do desvio por meio de uma denúncia via Facebook e acionou a polícia. O material serviria para a montagem de kits escolares e foi comprado em gestões anteriores. A maioria dos produtos tinha o logotipo com o slogan Cidade Inteligente, criado pelo ex-prefeito Luciano Mota, que foi cassado sob acusação de corrupção. (Fonte: Ancelmo Góis, o Globo)

Uso político

Todos os que acompanham as manobras políticas na região sabem que todo esse material foi adquirido no governo Charlinho e entregue a seu sucessor. No entanto, o prefeito então eleito, Luciano Mota, preferiu não dar continuidade às ações de seu antecessor, preferindo contratar uma empresa que mal tinha sede, para produzir uniformes e demais itens escolares e que, pior ainda, não conseguiu atender às requisições.

Danos colaterais

O afastamento do poder central da presidente Dilma e, por via de consequência do partido dos Trabalhadores, tem efeitos práticos que vão muito além do que “a vista alcança”. A juíza federal de Brasília Adverci Rates Mendes de Abreu atendeu ao pedido do Ministério Público Federal e considerou nulo o ato do governo federal que concedeu permanência no Brasil ao ex-ativista italiano Cesare Battisti. A magistrada determinou que a União inicie o procedimento de deportação para a França ou para o México, países pelos quais ele passou após fugir da Itália e antes de chegar ao Brasil. Na avaliação dela, Battisti está no Brasil em condição irregular. Battisti foi condenado na Itália à prisão perpétua por homicídio quando integrava o grupo Proletariados Armados pelo Comunismo. Em 2004, fugiu para o Brasil e foi preso em 2007. A Itália pediu extradição, e o Supremo concordou, mas destacou que a extradição é competência do presidente da República. Em 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva considerou Battisti alvo de perseguição e negou a extradição. O Supremo voltou a discutir o caso, mas considerou que a decisão do presidente tinha que ser respeitada. Para a juíza, o conselho de imigração contrariou a lei ao conceder a permanência. Além disso, ela afirma que não se pode confundir deportação com extradição. A deportação visa enviar o estrangeiro ao seu país de origem ou procedência caso esteja em situação irregular, enquanto a extradição é determinada para permitir o cumprimento de uma pena. (Fonte: G1)

Danos colaterais II

Uma verdadeira legião de petistas, que estavam acomodados em cargos comissionados de segundo e terceiro escalão do governo federal vão aumentar as filas do seguro desemprego. O ministro do Planejamento, Romero Jucá, afirmou que o corte de 4 mil cargos comissionados, de confiança ou funções gratificadas proposto pelo governo Michel Temer é um piso. Segundo ele, o governo vai continuar trabalhando para enxugar a máquina pública e que “quanto menos gasto público, melhor”. (Jornal O Globo)

Anúncios

2 respostas em “18 de maio de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s