22 de abril de 2016

Frase do dia

Sabendo interpretar o que lê, o estudante organiza as idéias e produz bom texto. (Lygia Fagundes Telles)

Achamento

O Descobrimento do Brasil ocorreu no dia 22 de abril de 1500. Nessa data as caravelas da esquadra portuguesa, comandada por Pedro Álvares Cabral, chegaram ao litoral sul do atual estado da Bahia. Era um local que havia um monte, que foi batizado de Monte Pascoal. No dia 24 de abril, dois dias após a chegada, ocorreu o primeiro contato entre os indígenas brasileiros que habitavam a região e os portugueses. De acordo com os relatos da Carta de Pero Vaz de Caminha foi um encontro pacífico e de estranhamento, em função da grande diferença cultural entre estes dois povos. Logo de cara, os índios apontaram para objetos de prata e ouro. Este fato fez com que os portugueses pesassem que houvesse estes metais preciosos no Brasil. Neste contato os portugueses ofereceram água aos índios que tomaram e cuspiram, pois era água velha com gosto muito diferente da água pura e fresca que os índios tomaram. Os índios também não quiseram vinho e comida oferecidos pelos portugueses.

A propósito

Desde Cabral, aproveitar das relações com o poder para obter favores pessoais já era moda. Assim termina a Carta de Pero Vaz de Caminha ao Rei de Portugal: “E pois que, Senhor, é certo que tanto neste cargo que levo como em outra qualquer coisa que de Vosso serviço for, Vossa Alteza há de ser de mim muito bem servida, a Ela peço que, por me fazer singular  mercê, mande vir da ilha de São Tomé a Jorge de Osório, meu genro—o que d’Ela receberei em muita mercê. Beijo as mãos de Vossa Alteza. Deste Porto Seguro, da vossa Ilha da Vera Cruz. Pero Vaz de Caminha.

Em Mangaratiba

Rola, nas redes sociais, uma possível “delação premiada” do ex-prefeito Evandro Capixaba que envolveria o atual prefeito, Dr. Ruy, e o vereador José Luiz do Posto.  Pelo que foi possível apurar, isso não passa de contrainformação, até porque, caso houvesse alguma delação premiada do ex-prefeito, ele detonaria a própria família, vez que teria de explicar o envolvimento do cunhado, do sobrinho e da irmã.

Queda da ciclovia

É notícia em todos os jornais e televisões a queda de um trecho da ciclovia “Tim Maia”, obra realizada para “tirar onda” com os gringos que virão para as olimpíadas. O inesperado do caso é que o desabamento ocorreu exatamente no trecho onde foi construído o viaduto Rei Alberto, em 1920. A construção, com quase 100 anos, resistiu ao tempo, às marés e às ressacas. Já a moderna, desabou na primeira ressaca, três meses depois de inaugurada. Custou mais de quarenta milhões. Dá pra se ficar com “uma pulga atrás da orelha”.São Conrado1

Cautelas e precauções

Quando a ponte Rio x Niterói foi construída uma parte também caiu e para isso houve mudanças drásticas no projeto. A previsão de uso já ultrapassou há décadas o esperado.
No caso da ciclovia esqueceram de prever que uma ponte sobreposta a pilares receberia uma carga de baixo para cima. Estas pontes não são presas e sim colocadas sobre pilares para evitar que se quebre. Esqueceram que o mar tem suas ressacas e com isso lançam uma pressão enorme sobre as costeiras. A ponte Rio-Niterói quando chega a uma determinada velocidade de vento é fechada, com toda sua segurança. Não seria viável que está ciclovia fosse fechada com a ressaca? Obras do passado duram centenas de anos e as de hoje caem com facilidade. Já vimos isso em Minas Gerais e outros lugares. Seria por quê? (Antonio Carlos Aniceto)

Desenredo

A respeito dos últimos acontecimentos no Brasil e no Rio de Janeiro, vale lembrar o que dizia Gonzaguinha em 1979.

Anúncios

Uma resposta em “22 de abril de 2016

  1. seria uma noticia muito boa ver a justiça se estendendo a familia capixaba.O ruy por si só esta se afundando nas ruas e com funcionalismo..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s