21 de março de 2016

Frase do dia

À primavera segue-se o verão. Ao verão o outono. Ao outono o inverno, e assim vai o tempo nesse constante girar. (Miguel de Cervantes)

Em risco

Manifestação enviada através da área de comentários do blog. “Quero deixar a minha indignação com esta administração, em especial com o Sr. Prefeito e o Sr. Secretário de segurança. Pois colocar o pessoal do GPA no bairro cachoeiral, desarmados e sem terem como se defender dos traficantes que ali pertencem. Não é segurança pública e sim uma covardia , pois já houve disparos de arma de fogo, não se sabe se em cima deles ou como forma de intimidação. Então, o que acontecer com esses chefes de família será de responsabilidade suas! E tem mais, se os Srs. quiserem que o município participe da segurança pública, cumpram a lei 13.022/14 e acabem com o cabide de emprego, onde o Sr. sabe que até agosto termina o prazo para que a prefeitura se enquadre na nova lei federal, ou responderá por improbidade administrativa. Chega de tornar a Guarda Municipal um curral eleitoral. Lei 13.022/14 cumpra-se.” (Anderson Nogueira)

A propósito

Será que, aqui em Mangaratiba, estão sendo seguidos todos os ditames da Lei 13.022/14, em especial o artigo Art. 15 que determina que: “ Os cargos em comissão das guardas municipais deverão ser providos por membros efetivos do quadro de carreira do órgão ou entidade.”  

Só no Brasil

Policiais do 5º BPM prenderam, ontem, três homens acusados de participar de uma quadrilha que clonava cartões. Um deles, Sidarta Hermano Mendes Fonseca, de 32 anos, usava sua página do Facebook para protestar contra a corrupção. Dois dias antes de ser preso, o jovem compartilhou convocação para a “Parada geral até a queda do governo”. (Ancelmo Góis)

Pior do que está, não fica…..

O trecho mais surpreendente da delação de Delcídio é o que cita o deputado federal Francisco Everardo, o Tiririca. Segundo Delcídio, o deputado Tiririca teria sido convidado a fazer parte dos deputados que teriam como missão barrar a CPI da Petrobrás. Foi oferecido R$ 500 mil para ele votar contra a instauração da CPI que investigaria o escândalo da estatal. Ele imediatamente teria se alterado e ameaçado bater no operador do petrolão que já estava com a mala de dinheiro para suborna-lo. O operador foi expulso com empurrões e xingamentos. Imediatamente após o fato Tiririca mandou para o senador a seguinte mensagem: “Delcídio, não te chamo de excelência, porque você não é excelente. Nunca mais mande ninguém pra me oferecer dinheiro em troca de votos. Voto com minha consciência pensando no que pode ser melhor pro povo. Nem meu partido tem moral de me fazer mudar um voto, quanto mais seu dinheiro sujo. Não entrei pra política atrás de dinheiro. Já passei fome na época do circo. Fiz sucesso e ganhei muito dinheiro. Perdi todo meu dinheiro e todo meu sucesso. Voltei pro circo sem nenhum constrangimento porque lá é minha casa. Me reergui graças ao povo e ao Tom Cavalcante. Mesmo na miséria não roubei dinheiro de ninguém. Não seria agora que sujaria minhas mãos e minha história. Posso estar sendo chamado de otário por todos os outros deputados que aceitaram fazer isso. Não tem problema se ser otário é seguir os passos de Cristo, eu serei pra sempre um otário. Só que meus filhos nunca irão precisar me visitar num presídio. Entendeu Delcídio?”

Esperneando

Diante do risco de perder o foro privilegiado com a suspeição de sua nomeação para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil, o ex-presidente Lula recorre a mais uma manobra para tentar fugir do juiz federal Sérgio Moro. No documento, Lula “se desculpa” pelos “tristes e vergonhosos episódios das últimas semanas” que protagonizou ao ofender os membros da Suprema Corte, quando chamou os ministros de “covardes”, mas afirma em seguida que “tais atos” “não me farão descrer da instituição do Poder Judiciário”, “Nem me farão perder a esperança no discernimento, no equilíbrio e no senso de proporção de ministros e ministras da Suprema Corte”.  “Justiça, simplesmente justiça, é o que espero, para mim e para todos, na vigência plena do estado de direito democrático”, acrescentou Lula, insinuando estar acima de qualquer cidadão e que a justiça do STF é mais “justa” que a justiça do Ministério Público Federal. Na carta aberta, Lula criticou o vazamento de grampos autorizados pela justiça, que captou conversas que teve com parentes e políticos, como a presidente Dilma Rousseff. “Não me conformo que se palavras ditas em particular sejam tratadas como ofensa pública, antes de se proceder a um exame imparcial, isento e corajoso do levantamento ilegal do sigilo das informações.”, afirmou. (Fonte: Manchette)

Valem sim

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot se manifestou sobre os grampos autorizados pela justiça e sinalizou que todos os áudios foram gravados com autorização da justiça e que os grampos serão validados, incluindo a gravação entre Dilma e Lula. Janot, disse nessa sexta-feira, em Paris, que a interceptação da conversa entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff não afronta as garantias constitucionais da Presidência da República, Janot joga um balde de água fria no espetáculo protagonizado pela presidente Dilma Rousseff contra o juiz Sérgio Moro. O procurador informa que foi avisado e deu aval para a divulgação das conversas telefônicas do ex-presidente Lula horas antes de os procuradores da Lava Jato, em Curitiba, pedirem o fim do sigilo sobre a investigação do petista. Segundo o procurador, não houve violação dos direitos da presidente, já que o alvo das gravações era o presidente Lula, tudo perfeitamente legal.  Moro pediu autorização para tornar as gravações  públicas. O aviso foi feito pelos investigadores de Curitiba na manhã da última quarta, dia em que os grampos vieram a público.

Caldeirão fervente

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, tem deixado interlocutores de cabelo em pé. O relator da Operação Lava Jato repete o discurso de que o pior ainda será revelado. Aos seus colegas, o ministro afirma que a teia dos negócios envolvidos no esquema de corrupção é muito mais complexa do que o que já foi revelado até o momento. No entanto, Zavascki não avança em seus comentários, o que acaba deixando os outros ministros do tribunal tensos. A informaçãoé da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Ainda no Supremo

Para a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal, o governo da presidente Dilma Rousseff acabou. Ainda assim, o ministro Celso de Mello tem duas preocupações: indicar para a opinião pública que o Tribunal será rigoroso nas possíveis investigações contra Lula e Dilma por tentativas de obstruir o trabalho da Justiça, e reforçar a imagem de que os ministros não são suscetíveis a pressões de políticos, seja quem for. Essa preocupação motivou a divulgação da delação premiada do senador Delcídio do Amaral, em que ele narra uma tentativa do governo de interferir no trabalho da Justiça ao indicar um ministro para o STJ. Os ministros do STF estão furiosos com o fato de os investigados usarem indevidamente seus nomes. “Já mostramos que a Corte protege o estado de direito, mas será necessário ser mais contundente nos próximos meses”, diz um ministro. (Fonte: Revista Época)

Nem tudo o que reluz…

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal  Joaquim Barbosa informou através de sua página no Twitter que o áudio que circula nas redes sociais não é de sua autoria, “é falsificação pura”. No áudio, alguém que se faz passar por Barbosa, expressa sua opinião sobre o cenário político atual, pede à população que apoie o juiz federal Ségio Moro, “eu peço a todos cuidado, tranquilidade e vigilância com o nosso país, o juíz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato precisam de cada brasileiro consciente”. Sobre a posse de Lula para chefe da Casa Civil, “hoje a nomeação de Lula para ministro, ao contrário do que se discute na mídia, não tem apenas o objetivo de torná-lo imune ou com foro privilegiado. Lula ministro tem um grande objetivo colegas, implodir a Operação Lava Jato”.

Anúncios

Uma resposta em “21 de março de 2016

  1. A Propósito….

    A propósito é que os gestor municipal de Mangaratiba tá CAGANDO E ANDANDO p PL 13.022/14.

    só vai levar a sério quando for cassado por improbidade administrativa!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s