29 de fevereiro de 2016

Frase do dia

A segurança é indivisível. Ou existe igual segurança para todos ou não há segurança para ninguém. (Mikhail Gorbachev)

Semana quente

O site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro esteve em manutenção durante todo o final de semana. No entanto, segundo uma fonte que esteve no TJ na última sexta-feira, há um forte “zum-zum-zum” de que podem ser disparados, nesta semana, algo em torno de vinte e cinco mandados de busca e apreensão, condução coercitiva e até mesmo de prisão nos autos do processo a que responde o ex-prefeito Capixaba.

Mancha criminal

Mancha criminal é um termo utilizado pelos órgãos de segurança para identificar regiões onde ocorram aumento da criminalidade em qualquer tipo de crime. Pois, nas últimas semanas, Muriqui passou a merecer constar desses registros. Em poucos dias, a casa lotérica, a farmácia e o mercado Zé da Bota foram assaltados, além de diversos furtos de veículos. Há notícia, até, de um assalto com troca de tiros. Em vista disso, o vereador Charles Graçano promete, para esta segunda-feira, cobrar providências tanto do poder público municipal quanto do sistema estadual de segurança.

Desabafo

Estou indignada. Depois de anos, as artesãs de Mangaratiba estão sendo ameaçadas de ter que sair da praça em frente à prefeitura. Estamos lá há muito tempo e temos o direito de trabalhar nas praças, por lei. Não fazemos mal a ninguém e em época de crise e de tanta corrupção um idiota querer fazer isso é cruel. Somos artesãos, não bandidos. Produzimos nossos trabalhos com sacrifícios. (Hilda Martins)

Toma lá, dá cá?

Um internauta denuncia, e apresenta, em rede social, uma tabela que supostamente confirmaria o fato. “Sem correção anual da inflação desde 2011 e com defasagem salarial na ordem dos 25%, os servidores municipais conseguiram da Prefeitura de Mangaratiba míseros 15% de reposição, e a data base foi transferida para janeiro. Este ano, só isso mesmo! Segundo o Doutor Ruy, não há verba para reajustes, pois a folha de pagamento da prefeitura já está bastante inchada. Então explique, como assessores demitidos da Câmara dos Vereadores, justamente os dos gabinetes da situação, dos aliados, estão sendo contratados por suas secretarias municipais, muitas vezes para receber pagamento sem trabalhar?contratados

Carta de Repúdio

No dia 12/02/2016, na Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá, houve uma reunião, com a participação de representantes de diversas instituições. A reunião foi solicitada pelo Procurador da República Sérgio Suiama, do Ministério Público Federal do município do Rio de Janeiro, com o objetivo de esclarecimentos sobre o problema das áreas de fundeios e das dragagens do canal de acesso ao Porto de Itaguaí, bem como a questão da duplicação do canal de acesso. Foi debatido sobre a expansão industrial e portuária na Baía de Sepetiba, o que tem gerado crise junto aos pescadores artesanais e também a intensificação da morte dos Botos. Os pescadores, sempre conviveram com os botos de forma harmônica e pacifica. A expansão da indústria, o tráfego de navio e dos portos têm gerado crises tanto para os pescadores, como para os botos. Todos os pescadores estão temerosos devido à abordagem dos agentes do IBAMA e da Polícia Federal, fazendo com que os mesmos deixassem de exercer sua atividade de trabalho e renda, pois foram ameaçados que se continuassem pescando,  eles levariam (levarão) os pescadores presos. (Texto original editado) Assinam a carta: Associação de Pescadores e Lavradores da Ilha da Madeira; Associação de pescadores artesanais Galpão dos pescadores Waldemiro Joaquim Coelho – Itaguai; Associação dos Pescadores e Maricultores da Ilha da Marambaia; Associação de Maricultores de Mangaratiba; Associação de Pescadores e Aquicultores da Pedra de Guaratiba; Associação de Pescadores e Maricultores do Sahy; Diretoria Geral de Pesca da Prefeitura do Município de Itaguaí; Núcleo de Pesquisa e Extensão Urbano, Território e Mudanças Contemporâneas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Quanto mais mexe…

Na primeira explicação oficial que deu ao Supremo Tribunal Federal sobre o sítio frequentado por ele e sua família em Atibaia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sustenta que ele é de propriedade de dois sócios de seu filho Fabio Luis e diz que só soube da compra do sítio em 13 de janeiro de 2011, depois de deixar a Presidência. Reportagem da “Folha de S.Paulo” mostra que Lula disse, ainda, que seu amigo José Carlos Bumlai ofereceu a reforma do sítio, o que a defesa do pecuarista, preso na Lava-Jato, negou ao jornal. Os advogados dizem, porém, que Lula só tomou conhecimento da compra do imóvel em 13 de janeiro de 2011, quando já havia deixado a Presidência da República, e que foi ao local pela primeira vez dois dias depois. (Vera Magalhães, revista Veja)

Segue

Lula certamente terá de esclarecer a data que informou ao STF, em uma petição de seus advogados. Isso porque reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo” publicada em 6 de janeiro de 2011, uma semana antes, portanto, da data que o presidente informou à mais alta corte do país ter sabido da compra do sítio, já dizia que a mudança de Lula de Brasília seria levada para seu sítio em Atibaia. A mudança, paga pela Presidência, foi entregue dia 8 de janeiro, 3 dias antes de a defesa de Lula dizer ao STF que ele tomou conhecimento da compra da propriedade. (Vera Magalhães, revista Veja)

É bom saber

De acordo com o código de trânsito brasileiro, o condutor do veiculo com pneus carecas, lâmpadas queimadas, rebaixado, película solar, ou qualquer outra coisa irregular com exceção de documentação, tem o direito a um prazo de 3 dias uteis para se regularizar o veiculo e não ir ao pátio do depósito do DETRAN. Simplesmente o policial recolhe o documento do veiculo dando ao condutor um auto de apreensão de documento e este alto tem um prazo de validade de 3 dias úteis. O Proprietário deverá apresentar o problema sanado no batalhão do próprio policial no prazo limite. Se caso o policial se recusar a tomar este procedimento é simples, pegue o numero da viatura e nome do policial e entre com abuso de autoridade junto à corregedoria. Funciona sim. (Marcelo Galvão via facebook)

Anúncios

2 respostas em “29 de fevereiro de 2016

  1. BOATO

    Acabei de receber o BOATO que a relação entre o prefeito Dr Ruy e o “super secretário” Anderson Careca estão estremecidas desde a última sexta-feira devido a “problemas no trabalho” partindo do mesmo.

    Diz o BOATO que a culpada pelo possível futuro rompimento é a “esposa” do super secretário.

    Vamos aguardar.

  2. Boa noite professor, a respeito da tal “pesca artesanal” e o convívio dito pacifico entre pescadores artesanais, eu mesmo presenciei, denunciei, fotografei vários momentos em que pescam tartarugas presas nas redes de espera e acabam morrendo! Igualmente também com os botos! Moro no Axixá e fiz a denuncia ao grupo do boto, e eles informaram que não tinham embarcação, dinheiro para fretar uma etc , para dar o flagrante. É muito comum isso acontecer no Axixá, com os predadores artesanais que não respeitam camarão, tartaruga, peixe de qualquer espécie e tamanho, boto, etc… Basta ir na praia do Castelinho que se vê dezenas de metros de rede espalhadas com malha que não passa nem areia!
    Culpar a fiscalização, culpar obras do porto…. É FACÍL! Quero ver ALGUÉM, ir fazer “escola” e conscientizar os “predadores” artesanais no Axixá ! E detalhe se quer comer carne exótica, basta ir nos bares da RJ14 para comer de tudo quanto é animal silvestre! Mas a culpa é das autoridades! As autoridades que caçam? Matam? Vamos colocar um fiscal a cada 100m na via e nas praias! Se resolve com educação, em casa, nas escolas! sds

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s